Abrir empresa

Abrir empresa: tudo o que você precisa saber!

4 julho, 2016 2:56 pm | Criado por | sem comentários | 9 meses

Abrir uma empresa é o sonho de muita gente: trabalhar com o que se gosta, alcançar a independência financeira e oferecer produtos e serviços baseados numa forma de trabalhar que se acredita. Não é à toa que a cada dia os números de novas empresas abertas no país crescem consideravelmente: somos um povo que tem a criatividade e a ousadia necessárias para transformar uma boa ideia ou um sonho antigo em um novo negócio.

Mas, claro, abrir uma empresa vai muito além do desejo e demanda que uma série de requisitos e procedimentos sejam observados. Para iniciar uma empresa no caminho certo, é super importante executar um conjunto de ações que vão garantir que o seu negócio esteja dentro da lei e preparado para superar os desafios do mercado.

Confira aqui tudo o que você deve definir e realizar antes de abrir uma empresa.

01 - eBook-Dicas Fantásticas de Marketing para Micro e Pequenos Negócios-CTA-600x200px

Veja mais: 2 vídeos de empreendedorismo para quem quer abrir um negócio

Área de atuação

A primeira decisão relacionada à abertura de uma empresa é a sua área de atuação. É claro que é importante pensar no potencial de lucratividade de um negócio, mas a nossa orientação é que esse não seja o único fator de decisão no momento de começar um novo negócio.

É super importante que você trabalhe em uma área em que tem afinidade e conhecimento. Pense que, nos próximos anos, você vai passar muito tempo (provavelmente a maior parte do seu dia) se dedicando ao novo negócio – portanto, é essencial que seja um assunto de seu interesse!

Dica: quer abrir sua empresa? Então você precisa conhecer o Guru PME.

Se você detesta animais de estimação, nem pense em abrir um pet shop porque percebeu que as pessoas estão lucrando com isso – esse é o primeiro passo para uma empresa fracassar! Lembre-se: motivação faz toda a diferença.

Formação societária

Decidir abrir uma empresa significa, necessariamente, perguntar a si mesmo sobre a formação societária – essa é uma das decisões mais importantes do processo. Vai encarar o desafio sozinho ou pretende encontrar sócios? Cada uma das decisões têm seus prós e contras e, por isso, é importante refletir bastante sobre o tema.

E no caso de uma sociedade, assegure-se de se unir a pessoas que podem acrescentar ao negócio: que tenham know-how complementar ao seu, experiências válidas e cuja visão empresarial seja semelhante à sua, evitando atritos futuros.

Contrato social

O contrato social é o documento que dá início a um novo negócio. Ele traz os dados burocráticos indispensáveis (Razão Social, CNPJ, endereço etc.) e as informações sobre capital social, quadro societário e divisão de lucros. É o contrato social que determina como as decisões futuras serão tomadas e, por isso, deve ser elaborado com muito cuidado e atenção.

Baixe o ebook completo da Conube sobre como abrir sua empresa.

Plano de negócios

O planejamento é essencial na hora de abrir uma empresa. É importante definir quais são os objetivos e metas do novo negócio, e como se dará a estruturação de todo o processo. Por isso, não dá para abrir mão de um bom plano de negócios.

Ele deve abordar as informações essenciais relacionadas ao novo empreendimento, sobretudo sobre a área de atuação, missão e valores e sobre as decisões financeiras e operacionais. É preciso definir, então, quais são os processos de produção, a necessidade de mão de obra e estimar o investimento total. Essas são decisões essenciais que te permitirão enxergar melhor o seu negócio e quais devem ser os próximos passos.

Confira: Saiba tudo: como abrir uma loja de material de construção

Localização

A definição da localização é determinante para um novo negócio. São inúmeras as pesquisas que mostram que a maioria das decisões de compra é tomada já no ponto de venda. Por isso, é preciso que o cliente veja e acesse o seu espaço, não é mesmo?

Alguns fatores devem ser levados em conta na decisão do melhor endereço para o seu novo negócio. O primeiro deles diz respeito ao seu público: se o seu serviço ou produto for direcionado às classes mais altas, procure um lugar com bom espaço de estacionamento e que seja próximo a outros estabelecimentos mais luxuosos, por exemplo.

Avalie a concorrência na região, observe a facilidade de acesso, a segurança e os preços praticados no aluguel. Todas essas questões, em conjunto, vão te ajudar a definir o melhor ponto para a sua empresa.

Regime tributário

O nosso país oferece três tipos de regimes tributários para as empresas: Simples, Lucro Presumido e Lucro Real. A partir das especificidades do seu negócio, é necessário definir qual será o regime adotado.

Em tese, o Simples é a melhor opção para empresas de menor porte, enquanto os outros dois servem melhor às grandes empresas. Entretanto, a escolha não é tão objetiva assim e, por isso, é essencial a orientação de um profissional especializado. Um bom contador é um aliado indispensável nesse momento.

Baixe o ebook completo da Conube sobre como abrir sua empresa.

Procedimentos legais

Como se não bastassem todas as decisões estratégicas que são responsabilidade de um novo empreendedor, é necessário também estar atento a uma série de processos burocráticos e procedimentos legais para a abertura de uma empresa.

São taxas, licenças e registros que devem ser feitos para que a empresa possa operar dentro dos termos da lei – além do investimento financeiro que isso demanda, é preciso muita organização para correr atrás da papelada.

Networking

Muito se fala da importância de um bom networking para o mundo dos negócios. Para quem está começando uma empresa, então, ele é vital. São as pessoas que fazem parte do seu círculo que vão te ajudar na divulgação da empresa, na apresentação e indicação de novos parceiros e até mesmo na conquista de novos clientes.

Portanto, cuide de construir e manter bons relacionamentos profissionais, mostrando disposição para ajudar quando for preciso. No momento de começar um novo negócio, é você quem vai precisar dos seus contatos.

Veja também: 4 histórias inspiradoras de empreendedorismo em entrevistas

Identidade Visual

Essa é uma das decisões mais importantes para o novo empreendedor, uma vez que tem impacto direto na percepção dos clientes sobre o negócio.

Começar uma empresa significa definir um nome para ela e, a partir de então, determinar qual será a sua identidade visual. O logotipo, as cores, os elementos gráficos que dão personalidade e força àquela marca. É super importante contar com a ajuda de um time especializado e bem preparado nessa etapa, pois um bom designer é capaz de selecionar os melhores elementos para transformar a sua empresa em uma marca forte e única no mercado.

Para entender a importância desse fator, basta pensar que, na maioria das vezes, o logotipo e o cartão de visitas são o primeiro contato de um cliente com a empresa. E a primeira impressão sempre fica!

CTA-Blog2016-600x200px-logo-moda-loja-Acessorios

Veja mais: Cartão de visita pessoal: seu aperto de mão que fica

E então? Está pronto para encarar o desafio de começar o seu próprio negócio? É preciso planejamento e muita disposição para o trabalho, mas você vai ver que logo os bons resultados vão começar a aparecer.

Não deixe de compartilhar conosco a sua experiência em abrir empresa. É só postar nos comentários!

We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.

Comentários estão fechados.