como montar uma papelaria

Quer saber como montar uma papelaria? Entenda todo o processo

26 julho, 2017 1:00 am | Criado por | sem comentários | 3 semanas

A crise econômica pode ter atingido todas as camadas sociais do País, o que espantou o consumidor de diversos mercados. Como resultado, o Sebrae-SP aponta que o mercado de papelarias chegou a perder até 30% do volume de clientes no período de um ano.

Isso, no entanto, não deveria desanimar aqueles interessados em saber como montar uma papelaria de sucesso. Afinal, a onda de inovação que tem impactado todos os setores — muito disso potencializado pelos adventos de novas tecnologias — tem oferecido oportunidades ao empreendedor.

Independentemente do momento do País, portanto, existem ainda muitas maneiras de se manter relevante no mercado. E, para ajudar você, reunimos neste artigo tudo o que você precisa saber sobre como montar uma papelaria e, assim, cativar o seu público-alvo.

Saiba mais: Modelo de Negócio Canvas: Tudo para planejar sua empresa

Como montar uma papelaria e iniciar seu próprio negócio

Lápis, papel, canetas, cadernos, pastas… quem não usa tudo isso em seu dia a dia?

Seja para a atuação profissional ou para quem ainda está estudando, seja na escola ou na faculdade, papelarias ainda são um local onde as pessoas vão se suprir de diversos materiais que necessitam.

Veja como aproveitar esta demanda para montar uma bela papelaria e usufruir de uma boa renda.

Tenha, primeiramente, afinidade com o setor

O primeiro passo para os interessados em aprender como montar uma papelaria é ter — direta ou indiretamente — afinidade com o setor. Gostar do que faz é fundamental e entender do mercado onde vai atuara, também.

Isso porque o empreendedor não deve encontrar mais surpresas do que as habituais ao montar um negócio próprio. É importante que ele entenda com quem vai dialogar, quais serviços e produtos irão fazer parte do seu portfólio, além dos desafios do setor.

E isso inclui, logicamente, uma grande dose de planejamento para que nada no mercado apareça na forma de imprevistos. Para tanto, é mais que recomendável a elaboração de um plano de negócios para nortear você em todas as etapas do processo.

Acredite: planejar não é perda de tempo, pelo contrário, é fundamental.

Veja também: 5 dicas para planejar e criar a fachada de papelaria ideal

Procure agregar valor aos seus serviços e produtos

Trata-se do conceito de escolher os serviços e produtos que vai oferecer em sua papelaria, mas apenas aqueles que possam agregar mais valor ao seu negócio.

Que dizer: ao conhecer o seu público, você consegue reunir produtos e serviços que facilitem ainda mais a vida do consumidor, aproximando-o de soluções idealizadas por você.

Por exemplo: por que não incluir um serviço de fotocópias em sua palearia? Isso pode atrair consumidores que acabam comprando outras coisas também.

Consequentemente, eles vão procurar mais pela sua papelaria, diante de uma nova necessidade, enquanto você aperfeiçoa a qualidade e quantidade do seu portfólio.

Aproveite as sazonalidades do setor

Muitos já devem saber que, ao aprender com montar uma papelaria, uma das primeiras providências é criar um calendário do setor, para que o seu negócio cresça ainda mais durante os períodos sazonais.

No caso das papelarias, são os meses de:

  • Dezembro
  • Janeiro
  • Junho
  • Julho

Ou seja: aqueles que antecedem as férias e também o período de descanso. Mas, além disso, é possível aproveitar o portfólio de sua papelaria para gerar mais lucros em outras épocas comemorativos, como é o caso do Dia das Mães, Dia dos Namorados e até mesmo o Dia do Professor, entre outras datas em que as pessoas entregam cartões ou mesmo presenteiam com artigos de sua loja, por que não?

Confira também: Desenvolva seu negócio e aprenda como criar uma marca pessoal

Promova mais ações

Uma boa ação é a promoção de eventos, campanhas e workshops — como aulas de expressão artística para crianças — com o objetivo de divulgar a sua empresa, divertir e educar o seu público e, ainda, divulgar os produtos que vocês comercializam em suas lojas.

Invista em marketing convencional e no  digital

São conceitos diferentes, embora muito similares. O primeiro consiste nas campanhas presenciais e regionais, como a divulgação de flyers, panfletos e cartões de visita, enquanto o segundo se concentra em ações digitais, como:

  • A criação de um site com todas as informações do seu negócio
  • Um blog constantemente atualizado com conteúdos relevantes
  • Atuação nas redes sociais, para interagir e informar o seu consumidor
  • invista em uma loja virtual para se aproximar ainda mais dos clientes

Isso tudo, quando bem planejado, pode ser o diferencial da sua marca para se destacar diante de um País cujo cenário estipula a média de 30 mil outros estabelecimentos similares ao seu.

Confira: Venda online: por que investir em um negócio virtual? Saiba aqui!

Planeje-se com cautela e economia

Por fim, é importante definir uma rotina pautada por economia, praticidade e agilidade. Isso significa o investimento em softwares de gestão de produtividade e administrativos, por exemplo, que integram dados e tornam a visão macro do seu negócio muito mais prática, assim como um software para emissão de notas fiscais.

Além disso, o acompanhamento de todas as despesas é determinante para que, nos meses seguintes, você aprenda como montar uma papelaria econômica, funcional e cada vez mais inovadora.

DICA: Orçamento identidade visual: veja como fazer pela internet

Sua papelaria já tem um logotipo criado? Se quiser criar estes e outros materiais de divulgação de seu negócio com um preço justo e alta qualidade, pode contar com a We Do Logos.

Conheça mais sobre a We Do Logos:

We Do Logos

E você, tem outra dica que gostaria de compartilhar conosco? Ajude-nos a ampliar a discussão sobre como montar uma papelaria e deixe suas ideias no campo de comentários!

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.