quero montar meu próprio negócio

Quero montar meu próprio negócio, e agora?

6 novembro, 2017 1:00 am | Criado por | sem comentários | 3 semanas

Existem inúmeras maneiras de se tornar dono do próprio negócio e começar a trabalhar por conta própria, ou, até mesmo, montar uma equipe e iniciar uma pequena, média ou grande empresa.

Para todos os formatos, existem passos iniciais para começar um empreendimento de forma segura. Confira algumas dicas que vão ajudar quem está com esta frase na cabeça: – Quero montar meu próprio negócio!

Dicas de marketing

Saiba mais: 2 vídeos de empreendedorismo para quem quer abrir um negócio

Quero montar meu próprio negócio, por onde começar?

Você já começou bem, procurando informações e tentando se capacitar. Selecionamos neste post as 4 perguntas iniciais que qualquer pessoa que afirma “Quero montar meu próprio negócio”, deve responder o quanto antes.

Você já tinha se feitos essas perguntas que vamos apresentar?

Como descobrir qual é o público do meu negócio próprio?

É imprescindível analisar o mercado em que pretende iniciar o seu empreendimento, além de estudar o público da concorrência, para ter certeza de que seu investimento será recuperado e multiplicado, trazendo lucro e, consequentemente, a consolidação do seu negócio.

Conhecer o seu público-alvo é fundamental, crie uma persona para entender o que esse cliente espera do seu negócio, para isso, responda algumas questões simples sobre esse cliente:

  • Qual a faixa etária do seu público?
  • Na maioria, esses clientes são homens ou mulheres?
  • Qual a renda média desse público?
  • Suas famílias são grandes ou pequenas?
  • Em qual local moram?
  • Qual seu nível de escolaridade?

Em seguida, é necessário identificar como e quando consomem o tipo de produto ou serviço que pretende ofertar, para balizar se você conseguirá atender a possível demanda. Uma importante dica para quem está começando é encontrar um grupo específico de pessoas para atender, uma parcela desse público geral, para garantir a efetividade do início do projeto, isto é: comece por um nicho!

Por exemplo, se o seu intuito for abrir um e-commerce de roupas, comece trabalhando para atender somente o público feminino, masculino ou infantil, escolha um deles para direcionar seus esforços de divulgação e marketing e desenvolver aprendizados antes de expandir seu negócio.

Veja também: 4 histórias inspiradoras de empreendedorismo em entrevistas

Como devo analisar os concorrentes do meu negócio?

O primeiro passo é identificar quem são os seus maiores concorrentes e quais seriam os estabelecimentos ou profissionais de maior referência positiva no seu mercado.

Sua concorrência nada mais é que pessoas ou estabelecimentos que atuam no mesmo mercado que você. Observar suas técnicas de marketing e relacionamento com os clientes pode ser bastante útil para você que não cansa de afirmar: – Quero montar meu póprio negócio.

Nessa análise, responda às seguintes perguntas:

  • Qual a qualidade dos produtos ou serviços ofertados?
  • Qual o preço?
  • Como esses produtos ou serviços são disponibilizados?
  • Como o atendimento é feito?
  • Os clientes se mostram satisfeitos?

Como selecionar os fornecedores do meu negócio próprio?

Junto com a decisão de empreender, vem também a necessidade de encontrar e definir seus fornecedores. Isso significa escolher as matérias-primas, equipamentos e demais itens necessários para que você produza e venda seus produtos ou para que você realize seus serviços.

Se você decidiu vender doces, por exemplo, é essencial verificar em que local os produtos necessários para a produção serão adquiridos e estudar o melhor custo benefício para garantir a qualidade da sua produção.

Para escolher seus fornecedores, faça visitas presenciais, pesquise na internet, busque referências e, principalmente, faça testes com seus produtos antes de iniciar a comercialização dos seus itens.

Como devo fazer meu próprio planejamento de marketing?

O início de um planejamento de marketing deve ser a explanação sobre os tipos de produtos ou serviços. Descreva a característica de cada item para conseguir visualizar mais facilmente as vantagens do seu negócio e incluí-las em seus materiais de divulgação.

Esse é o momento também de definir os benefícios que seus produtos ou serviços possuem como forma de atrair e fidelizar seus clientes. O que sua empresa faz melhor que os concorrentes para que os consumidores escolham a sua marca?

Você que afirma “Quero montar meu próprio negócio”, saiba que está é a pergunta fundamental a ser respondida: O que seu negócio faz melhor que os concorrentes?

Esse é o famoso diferencial de sua empresa, aquilo que atrai seus clientes. Você já sabe qual é o seu?

Definido isso, atente para o fato que independente do material de divulgação utilizado: panfletos, anúncios em jornais ou publicações nas redes sociais, como Facebook ou Instagram, é preciso entender que os principais benefícios dos seus produtos são aqueles enxergados por seus clientes.

Por isso, a análise de público-alvo, concorrência e diferencial é tão importante, dessa forma se torna mais fácil fundamentar suas campanhas de marketing para que seus clientes percebam seu diferencial mais claramente.

Ao pensar em marketing, lembre-se também que esse é o momento de pensar também em estratégias promocionais, veja alguns exemplos de e ações interessantes para o lançamento de um novo negócio.

  • Amostras grátis
  • Descontos em momentos específicos, como na primeira compra
  • Brindes e sorteios
  • Participação em feiras e eventos da sua área
  • Benefícios para compras recorrentes, como cartão fidelidade que se transforma em um produto ao ser completado com carimbos, por exemplo.

Confira também: Seja o seu patrão: 4 dicas para abrir seu próprio negócio

Depois de todas essas informaçõe você continua firme em seu propósito: “Quero montar meu negócio próprio”?

Pois se você está decidido, a We Do Logos pode ajudar você de várias formas, criando logotipos, panfletos, layout de sites e diversos outros materiais promocionais e de marketing.

Basta entrar na plataforma, fazer seu pedido e receber online diversas opções de arte, pedir quantos ajustes quiser e escolher a melhor de todas para usar em seu negócio.

Veja mais sobre a We Do Logos:

We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.