apresentação da empresa

Planeje uma apresentação da empresa perfeita para conquistar investidores

18 novembro, 2017 6:54 pm | Criado por | sem comentários | 3 semanas

A apresentação da empresa deve contar tanto com a versão impressa quanto digital, e o ideal é que seja feita de forma presencial, com ajuda de um datashow que projeta as imagens que ajudarão a explicar aos investidores as ideias, vantagens competitivas e o plano do seu negócio.

E se você está pensando em apresentar seu empreendimento para investidores, saiba que o momento pode ser favorável.

Mas, ao mesmo tempo em que o mercado brasileiro se mostra propício para abrir sua própria startup e tirar uma grande ideia do papel, conquistar a atenção de investidores ainda é um grande desafio.

Um dos caminhos mais tradicionais para apresentar uma ideia para possíveis investidores é criar um pitch, que nada mais é do que uma apresentação da empresa produzida com o intuito de vender seu projeto.

É importante que esse pitch possa ser apresentado em um curto espaço de tempo, portanto, o grande desafio é prender a atenção do espectador nos primeiros minutos, para que ele tenha vontade de conhecer mais sua ideia.

Saiba mais: Modelo de Negócio Canvas: Tudo para planejar sua empresa

Como brilhar na apresentação da empresa

A apresentação da empresa precisa mostrar como surgiu a ideia da startup ou até mesmo de um novo produto ou serviço que depende de apostas financeiras para se concretizar.

Além disso, é fundamental mostrar que o retorno financeiro é viável e, quanto mais detalhada for essa estimativa, melhor. Ou seja, deixe claro em quanto tempo espera-se que o investimento retorne e quais as possibilidades de lucros.

O que deve constar na apresentação de uma empresa

Alguns tópicos são fundamentais e precisam ser abordados na apresentação da empresa:

Qual a proposta inovadora do seu negócio?

Deixe claro qual é o grande diferencial de sua ideia, como ela se destaca no mercado em que pretende atuar e qual seu planejamento estratégico para concretizar isso.

É importante apresentar qual o potencial de desenvolvimento no mercado e como pretende cativar os clientes e o público. Saliente que é possível se destacar no mercado sem a necessidade de grandes investimentos adicionais e sem correr grandes riscos, ou que os riscos são calculados.

Projeção financeira

Em uma apresentação da empresa para conquistar capital é indispensável demonstrar conhecimento e controle financeiro.

Crie um planejamento claro e viável mostrando exemplos de metas, o tempo necessário para o retorno dos investimentos e qual seria o valor do capital para dar início à startup.

O ideal é que a apresentação da empresa seja feita em slides, através de softwares como o Power Point, com uma identidade visual baseada nos direcionamentos do manual da marca.

Passar a ideia de unidade já linkando seu pitch com as cores do logo da sua marca é essencial para mostrar profissionalismo.

Confira: Conheça o melhor site para criar logotipo online

Quem são os sócios

Esta é um ponto fundamental que muitos empreendedores de startup se esquecem. Em primeiro lugar, os investidores, normalmente, querem que haja em torno de 3 sócios, sendo um focado em marketing, outro em finanças e operacional e um terceiro em tecnologia.

É preciso mostrar que todos são muito bem preparados, se dão bem entre si e têm a chamada resiliência, isto é, a capacidade de superar obstáculos e dificuldades inicias sem desistir do negócio.

Apresentação da empresa: organizando os slides

Primeiros slides

Aproveite o primeiro slide para identificar a oportunidade. Mostre pesquisas sobre o mercado em que vai atuar para dar embasamento a sua ideia, mostrando que é possível conquistar seu próprio espaço.

Se você não sabe como fazer uma boa pesquisa de marketing, lembre-se que hoje existem plataformas online que fazem isso.

Apresentar uma oportunidade no mercado ou mostrar qual problema seu produto ou serviço pretende solucionar também faz parte do embasamento de sua ideia.

O segundo e terceiro slides são dedicados a solução proporcionada por sua startup.

Aproveite para mostrar detalhes da tecnologia utilizada no desenvolvimento do seu produto ou serviço, revele como será sua produção, distribuição e o que garante o funcionamento de sua ideia.

Use mídias variadas

Inclua também imagens e protótipos, vídeos explicativos, tornando a apresentação não apenas técnica como também didática e de fácil entendimento para os possíveis investidores.

Exemplos e cases também ajudam

Não tenha medo de mostrar exemplos de ideias similares a sua. Essa pode ser uma forma de inspirar confiabilidade sobre o investimento.

Mostre um produto similar ao seu que já existe no mercado, aproveita para indicar alguma falha desse item e ressalte que sua inovação poderá se destacar por ser melhor que a concorrência existente.

Seja realista

Enalteça suas qualidades, reconheça as deficiências da ideia e mostre as soluções possíveis em curto e em longo prazo.

Tentar ludibriar os possíveis investidores dizendo que não existem desafios soa falso e pode ser extremamente prejudicial no momento de conquistar um investidor. Seja realista porém meticuloso quanto a sua vontade de ultrapassar as barreiras.

Encerramento

No slide de encerramento da apresentação da empresa foque nos diferenciais positivos e mostre em qual estágio do planejamento a concretização da sua startup está.

Justifique os valores necessários para a consolidação da empresa, mostrando quais investimentos serão aplicados em quais momentos.

Não esqueça de revelar quais retornos já foram conquistados e quais recursos você já possui como empreendedor, para assegurar aos espectadores sobre a viabilidade de sua proposta.

Fechar a apresentação de uma forma positiva sempre causa uma boa impressão, pendendo do público, use o bom humor.

Preparado para apresentar sua empresa? Confira mais algumas dicas de empreendedorismo de nosso blog:

We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.