Qual a importância de um banner para site?

21 abril, 2016 6:43 pm | Criado por | sem comentários | 2 anos

A criação de campanhas de banner para site foi uma das primeiras formas de fazer publicidade digital. Depois de anos o formato continua em alta pelas vantagens de segmentação (a empresa escolhe exatamente o público que quer falar), custo-benefício (o investimento é mais baixo que uma propaganda em televisão, por exemplo), maior visibilidade, facilidade de operação e ciclo de vida do anúncio.

O Banner é a estratégia de Marketing Digital que mais se aproxima da propaganda tradicional e quem sabe por isso ainda é o formato que recebe a maior parte dos investimentos. Uma campanha bem planejada é capaz de divulgar a marca, gerar tráfego para o site, blog ou redes sociais, e incentivar o fechamento de compra do cliente indeciso.

O acesso aos números em tempo real e sua fácil operação permitem que a sua marca faça adaptações e modificações ao longo da execução da campanha, por isso que ficar de olho no número de visitas trazidas para o site versus o números de impressões do Banner é uma maneira eficaz de comprovar se a campanha está despertando interesse no público ou não.

CTA27 - Criar Banners

Quais os tipos de banner para site?

Quando a receita investida é baseada na impressão dos anúncios, ou seja, na quantidade de vezes que aquele banner foi exibido, não levando em consideração o número de cliques, significa que a empresa optou pelo CPM (Custo por Mil), formato que expõe mil banners por vez e tem valor variado de acordo com o portal e espaço escolhidos. Muito popular em campanhas que envolvem blogs e portais de notícias, as visualizações únicas são contabilizadas (se um visitante for exposto 5 vezes, ele será contabilizado apenas 1 vez) e geralmente a empresa paga um valor fixo para cada mil impressões do banner. Por ser mais completa, é indicada para marcas que já possuem uma estrutura de marketing bem definida.

Já quando o formato é CPC (Custo por Clique) os números de impressões ou vendas não são levados em consideração e o anunciante paga um valor fixo para cada clique que o banner receber. É o modelo mais indicado para as marcas que estão começando a anunciar por ser fácil de controlar (a empresa pode determinar uma meta baseando-se na quantidade de cliques e adaptar o orçamento ao longo da execução, por exemplo), e se diferencia por mostrar o número exato de internautas que se interessaram pelo anúncio. Vem ganhando força também por ser o modelo mais utilizado pelo Google Adwords e Facebook Ads.

Por último temos o CPA (Custo Por Aquisição), formato mais caro e complexo de anúncios, onde o anunciante pagará para a plataforma apenas quando o objetivo da campanha for alcançado (venda, download de ebook, visualização de vídeo, preenchimento de cadastro, etc). Por ter custo mais elevado, a estratégia é recomendada para empresas que tenham clientes de longa vida útil ou com margem ampla de lucro dos produtos.

A melhor maneira de definir o formato de banner para site é conhecendo a fundo o público-alvo e a realidade da sua empresa, além de fazer testes A/B para encontrar o jeito mais eficiente de converter o anúncio.

Os formatos de banners para site

Quando se trata de banner, existem muitos formatos de anúncios:

  1. Estático: foi o primeiro tipo usado na internet e se resume em ter imagens fixas. Mesmo sendo fáceis de serem criados são considerados entediantes e ultrapassados em meio à tantas inovações, por isso acabam gerando um número inferior de respostas;
  2. Animado: é quando o banner tem mais frames e pode gerar algum tipo de ação com mais informação e impacto, por isso traz mais resultados do que o anterior;
  3. Interativo: se o objetivo é envolver o internauta em alguma ação, essa é a maneira mais popular. Você gera interação direta para preencher um formulário, responder uma pesquisa ou acessar uma landing page para baixar um material, por exemplo.
  4. Pop-Up: os anúncios pop-up são muito populares, mesmo que sejam considerados invasivos e incômodos. O formato expõe o usuário ao anúncio assim que ele faz a abertura de página, obrigando-o a removê-lo para continuar a navegar;

14 - eBook-Como-criar-LP-que-Converte-CTABlog01

Segmentação de público

Cada portal, site ou blog tem um público específico e graus de segmentação, assim como a sua empresa. Ao escolher um site com o perfil de visitantes certo maiores são as chances de acontecer uma identificação entre consumidor e produto oferecido, aumentando as chances de retorno em vendas.

Faça um mapeamento para entender bem os desejos do seu cliente e as soluções que ele busca, descubra quais as páginas que ele mais acessa e leve em consideração o número de visitantes únicos que essa página possui. Quanto mais parecido o perfil do visitante, melhores serão os resultados.

Impacto visual

As imagens valem por mil palavras, por isso lembre que um banner de site deve ser simples e relevante para chamar atenção e conquistar clientes. Ao criar um anúncio poluído você diminui as chances do usuário clicar nele e entrar em seu site, por exemplo. Ter um especialista em publicidade e design é a melhor maneira de fazer um planejamento digital gráfico ser assertivo e gerar bons números.

Mensuração financeira e de audiência

O banner é altamente mensurável por estimar quantas pessoas foram impactadas e quantas clicaram no anúncio. Ao ter acesso a esses números a empresa consegue calcular exatamente o valor financeiro do visitante e compreender qual o melhor modelo de negócio.

Com o valor financeiro de um visitante em mãos você deve analisar a viabilidade financeira de suas fontes de tráfego para saber qual canal trouxe mais resultados. Foi aquele grande portal de notícias, o Google Adwords ou o Facebook Ads? Analise seus números, crie testes, faça modificações e preste atenção no feedback do usuário para encontrar o caminho de sucesso dos anúncios.

Convencer os indecisos através de remarketing

O remarketing, ferramenta do Google Adwords, marca e identifica quais usuários já visitaram o seu site ou oferta, e passa a exibir os anúncios da sua empresa com mais frequência.

A ação acontece em sites que aceitam anúncios de display do Google e tem como vantagem principal ficar mostrando ao usuário aquele produto que ele está muito interessado mas que ainda não comprou, como um tênis ou acessório, por exemplo.

11 - eBook - Guia definitivo marketing startups-CTA-600x200px

Ser diversificado

Tenha em mente que o banner para site sozinho não chega nem perto de convencer o consumidor a fechar a compra, por isso que essa deve ser apenas uma das etapas das estratégias de Marketing Digital que a empresa deve investir para ter bons resultados.

Como o seu anúncio sempre redirecionará o cliente para outro endereço, faça os banners em conjunto com ações que sejam altamente interessantes como Marketing de ConteúdoE-mail Marketing, Landing Pages, Inbound Marketing, entre outros.

Agora que você entende mais sobre a importância de um banner para site, saiba mais sobre outras ações baixando o ebook gratuito “Marketing Digital: Faça você mesmo!”.

Sobre o autor dessa postagem

We Do Logos

Um pouco de Marketing, Design, Empreendedorismo e muita Inovação é o que você vai ver por aqui! Boa Leitura

Comentários estão fechados.