Como criar marca para empresa

GUIA: Tudo sobre como criar marca para empresa

18 janeiro, 2016 3:01 pm | Criado por | sem comentários | 11 meses

Uma marca para empresa pode ser comparada, em termos de importância, ao nome do empreendimento. Provavelmente, no momento de escolher o nome do seu negócio, você pensou muito, lapidou entre várias opções, teve muitas dúvidas e, ao mesmo tempo, queria algo que fosse inovador e impactante. Para saber como criar marca para empresa, todos esses questionamentos devem ser levantados e estudados. Porém, quando bem solucionado, esse “problema” pode ser revertido como principal ferramenta para disseminar e alavancar uma empresa.

04 - eBook-2015-11-06-Marca-forte-ajuda-a-vender-Blog-e-Email-CTA-600x200px

Saiba mais: Como conquistar mais vendas com um bom logotipo.

As vantagens de se ter uma marca firme e bem consolidada podem ser gigantescas. Mas a grande dúvida dos empreendedores é: como criar marca para empresa? Pensando nesse desafio, desenvolvemos este guia, abrangendo diversos pontos do assunto sob diferentes enfoques.

Como criar marca para empresa: comece pelo briefing

Primeiramente, vamos mostrar a importância de se fazer um briefing. Briefing é uma ferramenta essencial na hora do processo de como criar marca para empresa. Ele terá todas as especificações daquilo que você quer que sua marca seja. Um designer, por exemplo, não dispensa o uso do briefing. Ele fornece as diretrizes para a criação da marca. Pense nele como uma receita, onde todos os ingredientes necessários são citados para que ao final nada dê errado. Mas o que o briefing da sua marca deve ter?

Público-alvo

O briefing deve ser totalmente auto-explicativo e claro. Especificar o seu público faz parte das metas que ele deve cumprir. Ao criar sua marca, deve-se saber qual o público que ela quer atingir: sexo, poder aquisitivo, classe social, preferências pessoais e hábitos na hora de compra são informações iniciais que interessam muito na hora de preencher este item do briefing.

Cores

Especifique no briefing quais cores podem e quais não podem ser usadas. Isso ajudará o designer a saber mais sobre o empreendedor e o empreendimento. A cor gera personalidade e identidade para a marca, ou seja, é um item muito relevante.

Veja também: Conheça a psicologia das cores para aplicar no projeto da sua empresa!

Missão, valor e visão

Resumidamente, explique qual é a visão, missão e valores da empresa. Isso dará direção de como criar um marca para empresa que corresponda a esses itens.

Referências

Escolhas bons exemplos de marca para servirem como referência para a sua. Lembre-se de limitar o número de referência para pelo menos três. Toda grande criação tem sua referência e com marcas não é diferente.

Conceito

Defina exatamente o conceito da sua empresa. Isso é fundamental para quem tem o interesse em saber como criar marca para empresa. Definir o exato conceito da sua empresa ajuda não só na hora de se criar o seu briefing, mas para toda a vida do negócio.

Essas são alguns dos principais tópicos que seu briefing deve ter. De acordo com seu seguimento e propósito outros tópicos surgirão. Não economize ao descrever cada ponto do seu briefing: esse documento é valiosíssimo para o desenvolvimento de uma boa marca.

Há pessoas que gostam tanto de uma marca, mas tanto, que se tornam suas embaixadoras. São mais que clientes fiéis e assíduos na hora da compra; são seus verdadeiros representantes (assim, de graça). É com um discurso apaixonado que a indicam para os amigos, é com orgulho que exibem seus produtos e é com satisfação que consomem cada vez mais suas mercadorias e serviços. Quer saber como criar uma marca para empresa que consiga tudo isso? Confira as dicas desta postagem!

como criar marca para empresa

Confira: 4 Dicas imperdíveis para construir uma marca forte.

Como criar marca para empresa que apaixonam as pessoas

Você deve conhecer algum fã da Apple, ou ter um amigo que diz veementemente que “não, não pode ser Pepsi”. Estes são os clientes que todo mundo quer: consumidores que, após serem impactados de maneira positiva pela marca, transformam-se em seus defensores e passam a propagar seus valores, a divulgar seus produtos e a indicá-los aos amigos.

Mas como criar uma marca para empresa com esse poder? Por que algumas marcas são tão veneradas pelo seu público? O que faz com que elas sejam capazes de evocar a fidelidade além da razão?

Hoje, a relação de consumo segue critérios menos racionais e mais emocionais. Não basta ter produtos e serviços de qualidade, bom atendimento e o melhor custo benefício; é preciso vender conceitos, transmitir valores e proporcionar uma experiência de compra que faça o cliente sentir e se identificar com o DNA da empresa. Não há como criar marcas para empresas sem levar todos esses fatores em conta. Tudo isso é feito por meio da gestão da marca, também chamada de branding.

Mais do que simplesmente criar um logotipo ou uma identidade corporativa, o branding é o caminho idealizado para atrair o consumidor até a sua marca e, principalmente, fazer com que ele tenha um sentimento e uma opinião sobre ela. Este caminho é desenvolvido da seguinte forma:

Como criar marca para empresa: 3 etapas fundamentais

  1. Começa com o posicionamento da marca, ou seja, o que ela representa;
  1. Passa pela história que ela quer contar, que deve criar uma ligação emocional com o potencial cliente, e por um design que transmita por meios gráficos os conceitos e os objetivos da empresa;
  1. Termina por meio de um relacionamento construído com o público, para que ele se sinta especial e parte de algo maior.

Ao cumprir estas etapas, sua marca não só cairá no gosto do consumidor, como será amada por ele. Com o tempo, você sentirá os resultados desta relação na sua taxa de conversão. Isso porque, segundo um estudo desenvolvido pela empresa de consultoria inglesa Quali-Quant International, quando uma marca alcança a posição de amada, seu retorno pode ser dobrado de volume porque o respeito e o amor aumentam sete vezes a intenção de compra.

como criar marca para empresa

Até chegar a esse ponto, é preciso desenvolver um bom plano de ação e ter paciência, pois este processo não acontece da noite para o dia. Mas vale muito a pena investir nele. De acordo com a American Marketing Association, quando aplicado de forma eficaz, o branding não faz com que o consumidor escolha a sua marca porque ela é melhor que a dos concorrentes, mas sim porque ela oferece a única solução que ele busca.

Uma vez que o cliente tem esta sacada, ele passa a ter uma percepção da marca de acordo com as suas próprias experiências, mas é sempre possível influenciá-lo, dando uma ajudinha para que esta percepção seja positiva. No eBook gratuito que separamos para você, daremos algumas dicas de como criar uma marca para empresa para conquistar mais consumidores apaixonados por ela e, consequentemente, aumentar suas vendas.

Confira este interessante artigo de Conrado Adolpho: Gerando credibilidade para sua marca por meio do conteúdo.

Antes de partimos para um estudo mais aprofundado da matéria criação de marca, vamos passar uma dicas gerais. O objetivo é que você prepare sua mente para se despir de preconceitos e aceitar novas maneiras de pensar!

Como criar marca para empresa: dicas gerais

Além do valioso briefing e dos 3 passos citados acima, outras dicas são importantes para criar uma marca, são elas:

como criar uma marca própria

Não tenha preconceitos

É muito importante, na hora de qualquer tipo de criação, não ter preconceitos. Analise todas as ideias, não descarte nada, recolha o maior número de informações possíveis e não deixe nenhum ponto de lado.

Criatividade

Use a criatividade como principal ferramenta. A criatividade pode ser estimulada de várias maneiras. Um filme, uma música, enfim não há receita para esse item. Cada pessoa tem sua maneira de despertar a criatividade. Ela é o grande diferencial que determina o sucesso da marca. Não há como criar uma marca de empresa sem ser criativo!

Contrate um bom Designer

Na hora de escolher o profissional que vai dar vida a sua ideia, certifique-se de que ele absorveu todo o conceito da empresa. A escolha de um bom designer é muito importante para que sua expectativa como empreendedor seja correspondida.

Cada empreendimento tem sua história, a marca sempre vai refletir isso. Tome todos os cuidados necessários para que essa experiência seja proveitosa e totalmente eficaz no seu propósito.

Um bom exemplo que retrata isso foi a construção da identidade visual da marca Point do Macarrão. Os donos da empresa queriam investir em uma bela marca, mas os preços de agências pareciam proibitivos. Encontraram o site de concorrência criativa We Do Logos na internet e criaram um logo para seu restaurante. Gostaram tanto que logo em seguida já estavam criando cardápio, uniforme e até fachada de loja com a We Do Logos. Os resultados foram supreendentes!

Assista a esta história de sucesso contada por seus protagonistas:

Confira também: Como conquistar mais vendas com um bom logotipo.

Agora, vamos nos aprofundar em algumas técnicas mais elaboradas na criação de marca para empresas, levando em conta análises bastante importantes e que vão gerar insights interessantes na sua busca da marca perfeita!

Como criar marca para empresa utilizando a experiência do cliente

A melhor forma de estar presente na vida do seu público a ponto de ele querer ser exatamente o que o seu negócio representa (e, consequentemente, que ele ame a sua empresa) é apresentar a personalidade e a “cara” do empreendimento por meio de uma experiência de marca. Também chamado de brand experience, esta ação é muito bacana para que o potencial cliente interaja com a marca e tenha uma percepção dela por meio de sensações, sentimentos, memórias e associações.

Para garantir uma experiência positiva, grandes empresas realizam ações para instigar os cinco sentidos do consumidor. Independentemente do tamanho do seu negócio, você também pode traçar a sua estratégia de brand experience. Identifique as necessidades e desejos do público, analise em que contexto sociocultural ele está inserido e qual é seu estilo de vida. Só assim será possível oferecer um valor experiencial que esteja de acordo com o que os consumidores querem receber.

Depois, garanta que os sentimentos e ações que dão valor à sua marca estejam presentes em todos os pontos de contato com os clientes. Estes valores devem ser traduzidos por meio da estética dos seus produtos, logotipos, sinalização, embalagens, espaços de varejo e outros recursos promocionais.

A rede de lojas Farm, do Rio de Janeiro, utiliza o brand experience para traçar toda sua comunicação, ações e estratégias. Entre os atributos da marca estão o alto astral, as cores, a inspiração, a leveza e a naturalidade, conceitos ligados à essência da menina carioca. Por isso, em suas roupas, voltadas para um público feminino jovem de classe média/alta e que aprecia a natureza, a empresa utiliza a harmonia de cores, tons e tecidos.

como criar marca para empresa

Mais informação: Brand Book: sua marca pode ter muitas histórias para contar

O que se estende ao alinhamento de todos os seus pontos de contato – site institucional, e-commerce, redes sociais, lojas físicas –, criando um universo para a marca.

Mas como criar uma marca para empresa usando os cinco sentidos? A comunicação não se tornará muito complexa? É preciso que todos os cinco sentidos sejam trabalhados de forma harmoniosa para propor uma experiência diferenciada de compra. No caso das lojas Farm, as roupas e as lojas da rede possuem uma fragrância exclusiva e, tanto nas unidades físicas como em seu e-commerce, a marca conta com uma trilha sonora que tem tudo a ver com seu público e valores. As roupas possuem estampas e texturas específicas, que se relacionam com os conceitos da marca. Nas lojas há o famoso biscoito Globo e chá mate, muito consumidos pelos cariocas, para as clientes degustarem.

Estas experiências memoráveis geram a fidelização das clientes atuais e atraem novas consumidoras. Por isso, mais do que um local para vender roupas femininas, a Farm é um espaço que oferece uma experiência sensorial de consumo.

Outro exemplo de como criar marcas para empresa é a Starbucks, uma das pioneiras em atribuir valores à sua marca e geri-los para conseguir o posicionamento desejado na mente do consumidor. Graças a um trabalho de brand experience cuidadoso, a empresa se estabeleceu não como um lugar apenas para consumir bebidas quentes e geladas, mas como um espaço acolhedor e amigável, que permite a interação entre pessoas fora de casa ou do trabalho

como criar marca para empresa

Na Starbucks, a pausa para o café é uma verdadeira experiência para quem quer relaxar, conversar com os amigos, ler ou acessar a internet gratuitamente. Todas as unidades da rede contam com um ambiente pensado para envolver o consumidor em uma atmosfera única e convidativa: os espaços amplos, os painéis de preços interessantes, o formato do balcão, as mesas e assentos aconchegantes.

Já o tratamento oferecido pela equipe é um ponto estratégico para conquistar mais pessoas e fazer com que elas se apaixonem pela marca. Cada cliente recebe um atendimento personalizado, a começar pelos copos onde são servidos os cafés que, além de um design diferenciado, também são customizados com o nome dos consumidores. Graças a esses cuidados com a gestão da marca, a Starbucks transformou o consumo de um produto comum em um meio de convívio social.

marca vender mais

Outra empresa que vende mais do que produtos, mas um estilo de vida, é a Do Bem, marca carioca que comercializa, desde 2007, sucos “de verdade”, sem adição de açúcar, água e conservantes. Além de contar com um produto inovador, a Do Bem investiu na construção de uma identidade de marca bem definida: verdadeira, transparente e gentil. Ela soube como criar a marca para a empresa de uma maneira autêntica, atingindo em cheio os corações e mentes de seu público.

A começar pela estrutura organizacional da empresa, composta por um grupo de jovens com vontade de inovar e apaixonados pelo negócio. Quando se conta com uma equipe assim, transferir esta paixão para os consumidores fica muito mais fácil.

A Do Bem nasceu da vontade de comercializar suco 100% natural, o que não estava sendo oferecido no mercado até então. Bom, se o produto é assim tão diferente, então tudo em relação a ele precisa ser diferente também, certo?

É por isso que o design das embalagens não tem fotos das frutas, mas sim cores vivas e tropicais, para destacar os sucos nas prateleiras, e ilustrações divertidas e lúdicas. A linguagem utilizada tem como foco a aproximação do cliente e por isso tem um tom mais casual. Na parte de cima das caixinhas, onde geralmente fica a mensagem “fure aqui”, nos sucos Do Bem há a frase “vai com tudo”. Isto faz parte da estratégia para a construção de uma narrativa com a qual o público se identifique.

Esta linguagem também está presente no site corporativo, nas peças promocionais e em iniciativas que promovem experiências diferentes. Nas praias cariocas, é possível comprar o suco em galões coloridos. O produto também é distribuído em caixinhas por meio de um carro personalizado, o Frutomóvel, com as asas características da identidade da marca.

como criar marca para empresa

Saiba mais: Valorize a marca da sua empresa por meio do branding!

Estas experiências estão nos pontos de venda, em locais estratégicos da cidade e também nas redes sociais, por meio de ações de engajamento na internet.

A Starbucks também se diferencia por fazer a gestão da marca com uma pegada colaborativa. Em 2008, a empresa lançou a plataforma My Starbucks Idea, um site onde os consumidores podem dar ideias sobre novos produtos, formas de pagamento, atendimento, integração com tecnologias e dicas de consumo.

Esta é uma forma de fazer com que o cliente participe da construção de novas experiências nas unidades da rede e se sinta ainda mais ligado emocionalmente à marca. Mas não é só isso. Os responsáveis por avaliar as ideias, chamados de Idea Partners, são os próprios colaboradores da empresa, o que amplia a importância dos funcionários dentro da corporação e os motiva ainda mais. E equipe motivada contribui com novas e incríveis experiências para o consumidor. É o ciclo perfeito de gestão.

Como criar marca para empresa por meio de um design com personalidade

A definição do design é muito importante no processo de branding, pois a visão geralmente é o primeiro sentido a ser impactado quando o consumidor entra em contato com a sua marca. Na verdade, não há como criar uma marca para empresa sem dar especial atenção ao design.

Esta é a hora de pensar na imagem que você quer que seja percebida pelos clientes, nos conceitos que precisam ser representados na identidade visual, no logotipo que simule graficamente os valores do seu negócio, nas cores guias e em outros elementos que deverão ser usados de forma padrão em toda comunicação visual da sua marca.

As vantagens de investir em um design profissional são:

  • Fazer com que as pessoas captem rapidamente o posicionamento da sua empresa, se ela é um negócio inovador, de credibilidade e único. Afinal, muitas vezes as imagens falam por si;
  • Preparar-se para enfrentar a concorrência com uma estética que seja a cara da sua empresa, que fortaleça sua marca, que dê destaque aos diferenciais e às funcionalidades dos produtos
  • Otimizar custos e tempo, uma vez que toda a identidade visual será padronizada. Isso facilita a produção de peças de mídia, papelaria, fachada, embalagens e sinalizações. É importante fazer um manual para guiar e orientar a aplicação da sua marca em toda comunicação corporativa, para facilitar o trabalho e preservar as características e particularidades visuais estabelecidas no processo de branding;
  • Ter uma marca única e personalizada. Dessa forma, se a missão da sua empresa estiver bem estruturada, ela só precisará, com o tempo, dar um novo ar para a marca, fortalecendo e ampliando sua percepção no mercado.

Veja mais: 5 Dicas de Design para aumentar suas vendas 

O ideal é que o design da sua marca tenha um conjunto de regras visuais que façam a conexão entre o que você deseja comunicar e seu público. Até porque é impossível desenvolver uma peça de comunicação sem que haja uma marca bem construída.

Você mesmo pode começar a pensar em como traduzir os valores da sua empresa e os conceitos do seu nicho de atuação por meio do logo, das cores e de outros elementos gráficos, mas saiba que bom design não existe sem bom designer. Ele é o profissional gabaritado para passar para o “papel” todas as suas ideias e de quebra contribuir com muitas outras para deixar sua identidade visual “redonda”.

Na we Do Logos você pode contar com literalmente milhares de designers profissionais para criar a mara de sua empresa. Confira a qualidade de nosso trabalho dando uma olhada neste projeto para criação de logotipo para a empresa Lematt, de construção e engenharia. Foram enviadas 52 opções de logomaraca por 38 de nossos profissionais de comunicação.

O papel da construção e gerenciamento da marca no dia a dia

É nas ações cotidianas que a percepção da marca junto ao público é construída. A partir do posicionamento e dos valores da empresa, do design, da identidade visual e das experiências que você quer proporcionar aos clientes, é possível desenvolver um modelo de gestão que te orientará nas decisões para o fortalecimento da marca no dia a dia e determinará os investimentos que serão necessários para a conquista de novos seguidores. A gestão também é essencial para verificar se, de repente, não está na hora de fazer um reposicionamento, um novo logo e rever alguns critérios.

Quando falamos do design, citamos a importância de um manual da marca para orientar a comunicação visual da sua empresa. Porém, o gerenciamento da marca vai muito além do que é visto, por isso você deve estabelecer outros documentos de referência:

  • Brandbook: este é o documento que contém informações para guiar a personalidade e o comportamento da marca. Geralmente, é composto por diretrizes visuais e verbais para contar de maneira clara o que a empresa quer transmitir, por meio de diferentes ferramentas e pontos de contato. Por ter dados sobre direcionamentos do posicionamento e modelo de gestão, o brandbook norteará todas as ações de construção e desenvolvimento da marca. Não há um modelo padrão; você define a melhor forma de produzir o seu.
  • Guia de tom de voz: as informações sobre como produzir os textos relacionados à marca (para peças publicitárias, e-mails marketing, postagens em redes sociais, sinalizações no ponto físico) devem ser inseridas neste documento. Ele te apresentará os principais temas de abordagem e estilo de redação. Aqui também cabe definir guias em relação ao discurso dos colaboradores que entrarem em contato com seu público (saudações, tipo de abordagem)
  • Guia de ambientação: o manual da marca já conta com as orientações em relação à aplicação de sinalização e outros tipos de comunicação no ponto físico. Contudo, ter um guia de ambientação é um complemento importante para garantir que seu ponto de venda, por exemplo, tenha o projeto arquitetônico, a decoração e todos os elementos necessários para proporcionar uma experiência de consumo memorável. Quanto mais informações, melhor.

Saiba mais: A influência da marca na decisão da compra.

Ao fazer o gerenciamento da marca, é muito importante realizar avaliações constantes sobre os elementos que compõem o branding, com pesquisas de mercado e público-alvo e a análise da concorrência, que fornecerão estudos e relatórios para o fortalecimento do brand e, consequentemente, o aumento das vendas.

Como o time comercial usa a marca para vender mais

Com sua marca estabelecida e em pleno crescimento, seus clientes passarão a divulgá-la espontaneamente, seja na vida real ou virtual. Mas o trabalho de como criar marca para empresa nunca para! Você também pode aproveitar este fortalecimento para gerar buzz e usar isso a favor das suas vendas. A ideia é aumentar a percepção da marca em todos os seus canais de contato com o cliente:

  • Na mídia: cases de sucesso e inovação uma hora ou outra viram notícia. Se este for o seu caso, faça um clipping e o coloque à disposição no seu site. Programe na página uma área para a sala de imprensa ou um blog. Assim você concentra em um único lugar as publicações das notícias que mencionarem sua empresa e facilita o acesso a essas informações. Caso você ainda não tenha bombado na imprensa, que tal instituir um trabalho de assessoria, com disparo de releases?
  • Nas redes sociais: garanta a presença digital da sua marca nas principais redes sociais, como Facebook e Twitter. Além de elas serem mais um canal para divulgação do seu negócio e ações promocionais, você se aproxima do seu público, podendo coletar depoimentos positivos.
  • Depoimentos: divulgue na home do seu site os melhores depoimentos de clientes que você receber. Esta é uma forma bacana de divulgar suas soluções corporativas e propagar a percepção da sua marca. Oriente também sua equipe de vendas a coletar estes depoimentos durante uma experiência de consumo. Depois, reúna-os em um vídeo, por exemplo, e dispare o material na internet.
  • Prêmios e certificações: seu modelo de negócio é tão inovador que sua empresa recebeu um prêmio bacana da área em que atua? Divulgue esta informação na internet e exponha a premiação no seu ponto físico. Isso dará mais credibilidade à sua corporação e chamará a atenção de potenciais clientes

Seja o seu negócio um e-commerce, uma loja física, uma pequena empresa de bens de consumo ou mesmo uma firma de representação comercial, é importante utilizar o poder da sua marca para vender mais. Afinal, é para isso que você investiu nas ações de branding, certo?

site para criar logo

Conclusão

Depois de tudo que falamos sobre como criar marcas para empresas, ficou bem claro que construir e gerir uma marca de sucesso é essencial para potencializar suas vendas.

Mas, para isso, posicionamento estratégico, identidade visual e relacionamento com o cliente são aspectos fundamentais que você não pode negligenciar na hora de fazer o branding. Só assim você reforçará a reputação da sua empresa, conquistará a lealdade entre os consumidores, assegurará a qualidade em todas as etapas do negócio, transmitirá valores que farão seus clientes se apaixonarem pela sua marca e, consequentemente, crescer. Sem dúvida sua empresa entrará para o rol dos negócios que têm mais do que clientes, mas verdadeiros embaixadores da marca.

O que achou do artigo? Te ajudou a pensar em como criar uma marca para empresa de forma prática e objetiva?

E já sabe como funciona nosso site? O We Do Logos, é o maior site de concorrência criativa da América Latina! Você faz seu pedido – tudo online e muito prático -, e já começa receber em 24 horas dezenas de propostas dos materiais que necessita, como logotipos, folders e até nomes e slogans.

Em seguida, pede ajustes e escolhe o melhor. Rapidamente estará com uma ótima solução em suas mãos, por um preço excelente! E tem mais: se não gostar de nenhuma, recebe seu dinheiro de volta!

dicas imperdíveis para aprender a gerir seu tempo e aumentar a produtividade

Sobre o autor dessa postagem

Pedro Renan

CMO da We do Logos, founder da Logovia, especialista em Inbound e Marketing de conteúdo, certificado pela Hubspot, Rock Content e Resultados Digitais. Cursou Administração na FGV, com passagens pelas áreas financeira, comercial e atendimento. Pedro é apaixonado por empreendedorismo e inovação.

Comentários estão fechados.