Dicas de empreendedorismo

Turbine seu negócio com estas 14 dicas de empreendedorismo

28 fevereiro, 2016 8:20 pm | Criado por | sem comentários | 6 meses

O sonho de muitos brasileiros é abrir seu próprio negócio. Entretanto, eles enfrentam muitos problemas, inclusive de dinheiro. Para começar seu próprio negócio, a solução nem sempre é um empréstimo ou financiamento. Na verdade, sempre que um empresário começa seu negócio, a expectativa é que ele irá dar certo. Entretanto, 3 a cada 10 empresas vão à falência após 2 anos. Não é apenas uma, mas inúmeras causas para que uma empresa quebre. Confira a seguir 14 dicas de empreendedorismo que vão mostrar quais são os principais erros dos novos empreendedores e também como abrir uma empresa com pouco dinheiro.

Depois, confira 5 exemplos de negócios que deram certo.

eBook - Guia Definitivo de Marketing Digital para

14 dicas de empreendedorismo para seu negócio bombar

1. Visão a Longo Prazo

Planejamento é algo essencial para as empresas. Para se administrar naturalmente o negócio, é preciso manter a disciplina e todos os pontos do planejamento em ordem. Especialistas dizem que empreendedores normalmente apresentam problemas ao lidar com projetos de curto e longo prazo. Uma parte significativa destes empresários não consegue conciliar visão de longo prazo com metas de um curto. Planeje diária ou semanalmente, mas sempre mantendo em mente períodos de anos.

2. Controle Financeiro

Uma das mais importantes dicas de empreendedorismo: parcela significativa de empreendedores realiza planilhas de contas a pagar e a receber para compor o fluxo de caixa. Entretanto isto é apenas uma fração do controle financeiro, especificamente na tesouraria. Boa parte dos conceitos envolvendo finanças na área empresarial não são conhecidas pelos empresários. É preciso entendimento profundo dos números para uma melhor gestão na área, focando no passado, presente e futuro da empresa.

Veja mais: O que é ROI e como ganhar dinheiro com ele

3. Realismo x Pessimismo

Uma característica emblemática dos empreendedores é o otimismo, afinal, todos eles abrem sua empresa acreditando que sua ideia dará certo. Entretanto, alguns empresários perdem o senso de realidade e preferem não lidar com problemas por achar que estão sendo pessimistas, quando na verdade, deveriam ser realistas. Com este pensamento, os empresários acabam cometendo erros, como aceitar propostas com prazos e produções que não podem cumprir.

4. Dinheiro da empresa x pessoal

Um problema clássico é quando o empresário usa o dinheiro da empresa para pagar contas pessoais e vice-versa. Seja disciplinado e evite a mistura dos gastos. Além de simbolizarem uma fatia que não deveria existir na planilha financeira, ainda podem gerar alguns problemas com impostos.

5. Concorrência

Em qualquer setor, o empresário encontrará concorrência. Entretanto, por achar que seu produto pode combatê-los ou até mesmo por não querer gastar, o empreendedor pode sair atrás na disputa. É muito importante investir dinheiro em pesquisas de mercado, pois elas demonstram a situação do ambiente e podem lhe guiar.

6. Produto perfeito

Dados do SEBRAE indicam que em média se gasta 7 meses para o desenvolvimento do produto/serviço antes de ser posto à venda. Esta dica de empreendedorismo fundamental é a seguinte: O problema que pode aparecer desta situação é que, ás vezes os empresários gastam muito no desenvolvimento e as entradas financeiras acabam não superando o que foi gasto e, consequentemente, levam à falência.

Saiba mais: Como vender um produto: Venda valor, não produtos!

7. Estude as finanças da empresa

Enquanto a empresa não está aberta, faça um estudo bem detalhado de orçamentos em fornecedores que podem até mesmo ser de estados diferentes. Se você tem pouco dinheiro, ele precisará ser utilizado de uma maneira bastante sábia.

8. Comece a economizar

Se você ainda está trabalhando, mas já está pensando em abrir sua empresa, também tenha em mente que é preciso economizar para ter mais capital disponível no futuro. Faça uma conta separada e reserve uma parte de seu salário para a empresa.

9. Encontre investidores

Busque investidores para injetar recursos em sua empresa. Se seu projeto for realmente inovador, é possível encontrar alguém para financiar sua proposta. Mas tenha em mente que o projeto não se sustenta sozinho, por isso você deve apresentar de maneira firme e objetiva seu plano, além de estar apto a responder todas as dúvidas dos futuros investidores.

10. Reinvista sempre

Nos primeiros momentos da empresa, prefira sempre reinvestir o dinheiro. Esqueça o lucro nos primeiros meses de negócio. Empresários bem sucedidos dizem que, quem busca lucros muito cedo, provavelmente será dono de um negócio regular, isto é, se ele prosperar.  Muitos empresários compram um carro importado no primeiro ano de empresa, quando deveriam direcionar esse dinheiro para os negócios, por conta de erros como esse muitas empresas brasileiras vão a falência logo nos primeiros dois anos de existência. Tenha sempre em vista o futuro e os frutos que irão nascer depois.

11. Funcionários

Durante o começo da empresa, tome alguns cuidados com o pessoal contratado. É recomendável empregar funcionários temporários e que não trabalhem em tempo integral. Além disso, outras funções podem ser terceirizadas. Esta é uma das dicas de empreendedorismo que pode ser posta em prática com ajuda da internet.

Confira: Como cortar gastos na empresa com 7 sites de colaborativos

12. Permutas

Há milhares de anos, o homem negociava sem o uso de dinheiro, mas pela troca de mercadorias. Este esquema ainda pode ser feito hoje por empreendedores com pouco capital. Deve-se adotar a troca de serviços apenas se for útil. Também tente negociar com o outro lado se é possível dividir entre serviços e dinheiro, pois é sempre bom ter dinheiro circulando no caixa. Outra dica é, se for trocar produtos, tente esvaziar a parte do estoque que tenha mercadorias paradas.

13. Plano de Comunicação

Seu produto ou serviço precisa estar apto para conquistar o cliente, mas possivelmente ele não conseguirá realizar essa missão sozinho. Invista no plano de comunicação, para que o público esteja ciente da existência de sua empresa. Investir em comunicação e identidade visual é um  passo importante.

Comunicação e identidade visual são de extrema importância para sua empresa. Para resolver esta questão, pode incluir mais uma entre estas dicas de empreendedorismo: use a We Do Logos para desenvolver seus materiais! Confira este projeto em que 43 designers enviaram 88 sugestões de criação de logos para a empresa Barbella.

dicas de empreendedorismo: crie logo para seu negócio

14. Comece Pequeno

Esta é uma daquelas dicas que podem parecer desmotivadoras, mas são muitas as grandes empresas que começaram na garagem de casa. Arrisque-se, mas também seja racional. Estude o mercado e saiba o que realmente é um caminho perigoso. Além disso, esteja ciente que algumas coisas deverão ser cortadas no começo da empresa para não afetar seu futuro.

Como visto, existem várias medidas a serem adotadas no início de uma empresa com pouco capital. O que vale é estudar bastante e ter conhecimento de mercado, para poder lidar com os futuros obstáculos que aparecerão.

Inove e confie no seu negócio, se você acredita fielmente que seu projeto pode mudar a vida das pessoas, siga em frente, foi assim que grandes nomes como Steve Jobs começaram, sem uma moeda no bolso, mas com um projeto e determinação milionários.

A seguir, confira exemplos de 5 empresas que seguiram muitas destas dicas de empreendedorismo para conseguir chegar ao sucesso n os negócios!

5 exemplos de empreendedorismo que começaram pequenos

Ter mais tempo para si e para a família, economizar com aluguel de salas e ter horários flexíveis são alguns dos muitos motivos que levam uma pessoa a tocar seus negócios em casa.

Com o avanço da tecnologia, é cada vez mais fácil se comunicar e trabalhar de qualquer lugar. Além disso, os equipamentos de informática estão mais baratos e acessíveis, o que estimula muita gente a não querer deixar o conforto do lar para tocar os negócios.

Já existem muitos negócios de sucesso que começaram em casa. A revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios reuniu 5 histórias super bacanas que podem servir de inspiração para quem quer empreender. Confira abaixo.

Marketing digital

Com certa relutância em começar um negócio já alugando uma sala comercial, o publicitário Abner Joseph do Carmo usou o dinheiro da rescisão para abrir sua própria agência, a Alquimídia, em um home office na sua própria casa.

Para abrir o escritório, Abner fez uma reforma para separar o ambiente profissional do familiar. “Dessa forma, amenizo as chances de ter minha privacidade invadida e perder clientes”, afirma.

Veja uma dica de empreendedorismo deste empresário: quem decide trabalhar em casa precisa transmitir ao cliente a sensação de que ele não está em casa, mas em um ambiente totalmente profissional.

Veja mais: 10 Dicas de marketing digital para empresas: Guia definitivo

Beleza

Gislaine Marcandali começou atendendo clientes em domicílio e, ao fazer isso de forma improvisada, tendo muitas vezes que lavar os cabelos das mulheres na pia, ela vislumbrou uma oportunidade de negócios.

Com a ajuda do Sebrae e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), Gislaine patenteou sua ideia e criou um lavatório móvel. Sua empresa, a Dublê, vende cerca de 10 peças por mês, com preços que variam entre R$ 890 e R$ 2510, os produtos têm boa receptividade e renderam prêmios como o Prêmio Sebrae Mulher de Negócios.

Mercado pet

Roberta Camara e Jorgen Dehlbom passaram uma temporada na França e, quando voltaram, notaram que seus pets não tinham mais o mesmo apetite pela ração de costume.

Após procurar pelo mesmo tipo de comida, sem sucesso, eles decidiram que era hora de colocar a mão na massa e fazer comida caseira natural para cães.

O sucesso da ração entre os animais da vizinhança fez com que a Pet Delícia surgisse. O sucesso o produto, que ganhou espaço nas gôndolas dos supermercados, atraiu a atenção de um grupo de investidores, que deve deixar a marca premium ainda mais acessível ao cardápio animal.

Veja também: Como abrir um pet shop

Acessórios

Loliane Colpa aproveitou a dispensa do trabalho para ficar mais perto da filha e investir no artesanato. Assim, surgiu Loli Colpa, uma marca de ecojoias que usa o papel como a matéria-prima principal.

A empreendedora adaptou sua garagem para trabalhar. Lá, ela transforma papéis em acessórios de moda e já desenvolveu uma máquina específica para desenvolver suas peças.

Produtos naturais

Gandha Romenski é venezuelana, mas mora em Curitiba e é formada em marketing e projetos sociais. Durante sua licença-maternidade, ela decidiu desenvolver uma atividade que a permitisse trabalhar em casa, e foi assim que surgiu a Pura Chuva, uma empresa de sabonetes e cosmética natural, que tem produtos para bebês, crianças e gestantes.

A empresária fez um investimento inicial baixo para comprar a matéria-prima e os utensílios para fabricar os produtos em sua própria cozinha.

Lançada há poucos meses, a Pura Chuva vende, em média, 300 produtos por mês. “Eu me surpreendi com o retorno, pois ainda estou formando minha carteira de clientes”, diz.

Que achou de nossas dicas de empreendedorismo? Para ser bem sucedida, além de tudo isso, uma empresa precisa também de uma identidade visual forte, por isso, se você procura soluções criativas, como criação de nome para empresa, logotipo, cartão de visita ou slogan, venha para We Do Logos, o maior site de concorrência criativa da América Latina.

We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Pedro Renan

CMO da We do Logos, founder da Logovia, especialista em Inbound e Marketing de conteúdo, certificado pela Hubspot, Rock Content e Resultados Digitais. Cursou Administração na FGV, com passagens pelas áreas financeira, comercial e atendimento. Pedro é apaixonado por empreendedorismo e inovação.

Comentários estão fechados.