produtividade pessoal

Produtividade pessoal: 5 dicas para fazer mais e enrolar menos

24 dezembro, 2016 2:01 pm | Criado por | sem comentários | 10 meses

Produtividade, palavrinha de variada articulação, na ponta da língua, para conduzir a um objetivo claro: o aumento na produção, com menos recursos empregado para isso.

Ela, inclusive, é extremamente ampla. Afinal de contas, podemos ser mais produtivos em qualquer momento, lugar e circunstâncias de nossas vidas. Mas, em comum, todas elas passam pela sua produtividade pessoal, que é o motor para qualquer tipo de motivação.

Dessa maneira, não há como convencer o seu chefe de que você vai produzir mais e, muito menos, a si mesmo, se não existe nenhuma intenção de melhorar a produtividade pessoal em você. Para essas coisas ficarem comprovadas, mesmo, só usando bons indicadores de produtividade!

Por isso, que tal conhecer as nossas 5 dicas para você aumentar sua produtividade pessoal e mudar por completo seus hábitos? Confira!

23 - eBook - Metodologia Tarefa Zero - Nibo - CTABlog

Saiba mais: 10 dicas práticas para melhorar a produtividade no trabalho

1- Comece seu dia fazendo uma lista de tarefas

Parece improdutivo gastar alguns minutos do seu dia para planejar o que será feito, mas a mudança será brusca ao assumir essa nova postura no seu dia a dia.

Tente fazer o exercício e, enquanto estiver tomando o café da manhã, por exemplo, anotar em uma folha de papel, em formato de lista, tudo aquilo que você precisa fazer. Em seguida, basta priorizar cada tarefa por ordem de importância.

Dessa maneira, você tem menos surpresas, no dia a dia, esquece menos o que deve ser feito e aprende a trabalhar melhor sua produtividade pessoal com o tempo disponível, com excelentes ganhos de produtividade.

Confira: Como administrar o tempo: 22 dicas que funcionam

2- Faça do jeito certo, e não necessariamente bem feito

Caso o problema de sua produtividade pessoal e a demora para a conclusão de tarefas seja o perfeccionismo, aqui vai uma boa notícia: você não precisa fazer tudo da melhor manira possível e imaginável!

Em vez disso, analise a lista feita anteriormente e confira o que é uma tarefa burocrática, aquela do tipo que independe do seu esforço pessoal, e quais exigem melhor aplicação de suas capacidades e tempo.

Dessa maneira, você distribui melhor os seus horários ao longo do dia e produz bem mais, cumprindo suas metas sem preder o foco.

Veja também: A diferença de meta e objetivo e como atingir os dois!

3- Descomplique e comece pelo complicado

Todos os dias, as tarefas se dividem entre as mais fáceis e rápidas e as complexas e que demandam mais atenção, certo?

Como, às vezes, não há como simplificar certos processos, para melhorar sua produtividade pessoal, portanto, comece eles, comece pelas tarefas mais difíceis.

Assim, você aproveitara o início do dia, o momento em que você tem mais disposição e tempo para resolver os problemas, para se dedicar àquilo que mais pode trazer complicações. Em seguida, você pode relaxar e resolver as tarefas seguintes (e mais tranquilas de executar) com mais calma.

Outra opção é respeitar o horário em que você é mais produtivo. Há quem prefira as manhãs, outros, a noite. Conhecer -se melhor facilita essa divisão de tarefas de maneira mais harmônica e, principalmente, mais produtiva!

Veja mais: 5 dicas sobre como organizar sua agenda

4- Encontre as melhores ferramentas para a sua produtividade

Não faltam opções, hoje em dia, boladas para ajudar a transformar a sua produtividade pessoal em algo, de fato, elogiável.

Seja para manter o controle de sua agenda, para receber lembretes com relação aos prazos ou mesmo para se recompensar com 5 minutos de repouso, como é o caso da Técnica Pomodoro, dedique um tempo a conhecer as diferentes possibilidades de contar com um pouco mais de tecnologia para auxiliar na sua produtividade pessoal.

Aplicativos de CRM, automação de marketing, gestão financeira e mutos outros podem ser se grande ajuda em seu dia a dia profissional e na melhora de seu desempenho no trabalho.

Confira este exemplo: Cloud computing: todos os segredos revelados!

5- Encontre o melhor momento e lugar para trabalhar sua produtividade

Por fim, não há motivo para trabalhar a sua produtividade pessoal de maneira forçada e se desgastando sem necessidade.

Ou seja: é importante que você – e os outros ao seu redor – aprendam a respeitar os seus limites pessoais e momentos de intervalo. Isso significa que um pouco de privacidade, por vezes, é tudo aquilo que você precisa para se concentrar exclusivamente em determinada tarefa urgente ou importante.

E isso funciona em qualquer situação: seja em sua casa, no seu local de trabalho ou até mesmo em suas atividades de lazer. Tem horas que só funcionamos quando estamos em um ambiente silencioso e privado, à salvo de interferências externas e distrações.

Dessa maneira, convém procurar aliar um espaço tranquilo e privado com as tarefas que você deve concluir ao longo do dia. Isso, sem dúvida, pode ser de grande ajuda para aumentar a sua produtividade pessoal!

Que mais dicas de como se tornar ainda mais produtivo em seu dia a dia de trabalho? Então baixe nosso kit com 3 e-books: Como melhorar sua produtividade, dicas e quadros prontos para colocar em prática hoje mesmo.

produtividade

Confira também: Como ser mais produtivo trabalhando em casa, no escritório ou viajando

Compartilhe conosco suas experiências com produtividade pessoal.

Agora que você já tem algumas dicas complementares para trabalhar a sua produtividade pessoal de maneira ainda mais eficiente, que tal compartilhar as suas experiências conosco e nos dizer o que você tem feito em sua empresa e com suas equipes, ao longo dos anos, para trabalhar não apenas a sua produtividade pessoal, mas a da organização como um todo?

We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.