Como reduzir a conta de celular da sua empresa e gerar economia.

Como reduzir a conta de celular da sua empresa? Aprenda com essas 5 dicas

29 setembro, 2017 12:20 pm | Criado por | sem comentários | 3 semanas

Para pequenas e médias empresas reduzir a conta de celular é um dos principais pontos de controle de custo operacional principalmente porque essas possuem, normalmente, recursos mais escassos que grandes organizações. Você pode faturar alto e gerar muitas vendas, mas se o seu gasto for na mesma proporção todo o trabalho foi em vão.


Por ser uma ferramenta essencial em todos os departamentos da empresa e principalmente no processo de captação, venda e relacionamento com o cliente, telecom representa um gasto expressivo nas empresas e precisa ser gerenciado.

 

Após mais de 5.000 linhas gerenciadas a Telesimples elegeu essas cinco dicas de fácil aplicação para reduzir a conta de celular da sua empresa e poder investir cada vez mais para trazer mais oportunidades de negócio.

 

DICA 1 – ENTENDA O SEU CENÁRIO ATUAL

 

Assim como fazemos com as nossas finanças, o primeiro passo é entender o que está sendo gasto. Devemos colocar no papel, ou melhor, em uma planilha tudo que é cobrado pela sua operadora.

 

E sabe por que? Porque só podemos ajustar, mudar e melhorar aquilo que conhecemos. E o que você possui hoje não é mais a mesma coisa que você contratou no passado. Lá atrás a operadora te vendeu a melhor solução e você ficou feliz com o preço cobrado. Mas com o passar do tempo a sua conta vai aumentando e ficando cada vez mais distante do acordo inicial. E esses são os motivos possíveis:

 

  • Sua necessidade mudou e você está consumindo mais do que antes;
  • Reajuste de preço ou pacotes da operadora;
  • Falta de gestão e controle.

 

DICA 2 – BUSQUE PELO EXCESSO OU FALTA DE CONSUMO

 

Toda oferta de celular corporativo é baseada em volume entregue versus valor pago. Veja os exemplos:

 

  • Pacote de dados: 120MB (volume entregue) por R$ 14,90 (valor pago);
  • Franquia: 100 minutos (volume entregue) por R$ 28,00 (valor pago);
  • Pacote de SMS: 1.000 SMS (volume entregue) por R$ 135,35 (valor pago).

 

O ideal é que você fique dentro do volume entregue e o mais próximo do seu limite, caso contrário você vai pagar excedente ou pagar por algo que não usa. Vamos imaginar uma franquia de 100 minutos. Nesse exemplo teremos três cenários:

 

1 – Uso de 90 minutos e pagamento da franquia de R$28,00;

 

2 – Uso de 500 minutos e pagamento da franquia de R$28,00, mais R$276,00 de excedente. Totalizando R$304,00;

 

3 – Uso de 40 minutos e pagamento da franquia de R$28,00.

 

Veja que o primeiro cenário é o melhor. Você paga por quase todo o uso do serviço contratado. O importante é fugir dos extremos. Não devemos pagar o excedente, já que é mais caro e nem sub-utilizar, o que significaria jogar dinheiro fora também. Entenda que não necessariamente reduzir a conta de celular implica em reduzir o plano contratado.

 

No cenário 2 e 3 devemos solicitar ao atendimento da operadora uma mudança na nossa contratação buscando ficar sempre DENTRO e MAIS PERTO DO LIMITE do pacote contratado. Nessa hora dá até um frio na espinha, né? Falar com operadoras de telefonia é sempre um grande desgaste.

 

DICA 3 – LIGAÇÕES DE LONGA DISTÂNCIA NACIONAL E INTERNACIONAL

 

Quer gastar muito com celular corporativo? Use e abuse das ligações de longa distância.

Mas, como nosso objetivo aqui é justamente reduzir a conta de celular…

Vale o alerta, pois aqui está um grande vilão dos gastos Telecom e quase ninguém sabe o que fazer a não ser “usar rapidinho e desligar”.

Uma ótima opção para esses casos é negociar pacotes ilimitados, preferencialmente que não cobrem também por deslocamento (roaming). Ficando atento, é claro, à dica #1. Negocie de acordo com a sua real necessidade.

 

DICA 4 – PACOTE DE DADOS – VOCÊ SABE O QUANTO USA?

 

Inicialmente era ilimitado, passou a ser ilimitado com queda de velocidade ao atingir a franquia de dados e agora algumas operadoras vão bloquear o seu uso ao término do pacote.

 

Ficar sem acesso à internet pelo celular? Nem pensar! Para muitas pessoas é melhor ficar sem pacote de voz do que dados. Isso pode representar perdas econômicas muito importantes já que muitos negócios acontecem através do meio digital e ainda por ferramentas como Whatsapp, Skype e outras e para fazer uma compensação adequada pode ser importante reduzir a conta de celular para voz e aumentar para dados.

 

Mas seguindo nosso objetivo de gerar economia, vou te dar uma outra dica matadora.

 

Compre o pacote que vai atender a sua necessidade máxima dos últimos três meses. Sim, na conta de celular você vai verificar o volume de tráfego de dados das linhas. Veja qual foi seu maior volume nos últimos três meses, e caso não tenha sido um uso esporádico, esse é o seu pacote. Exemplo:

 

  • 1º Mês: 890 MB de uso;
  • 2º Mês: 990 MB de uso;
  • 3º Mês: 752 MB de uso.

 

Logo você precisa de um pacote de dados com mínimo de 990MB. Você NÃO PRECISA de um pacote de 3GB, muito menos de 10GB.

 

As operadoras tentam sempre vender pacotes maiores de dados, muitas vezes não esclarecendo para o cliente que existem outras opções menores, mas a Telesimples pode te ajudar a identificar esse valor e apresentar a solução ideal à sua necessidade.

 

Essa prática é mais comum do que você imagina. Nos últimos meses as operadoras vêm sofrendo uma queda acentuada na receita dos serviços de voz, e querem repor essas perdas vendendo pacotes de dados elevados.

 

Acontece que o nosso medo de ficar sem internet é tão grande, e as operadoras querem vender sempre os maiores pacotes, que muitas vezes o cliente compra um pacote de 10GB. Vamos fazer a conta do prejuízo?

 

1GB = R$47,90 (Necessidade do usuário)

10GB = R$89,90 (Plano vendido pela operadora)

 

Gasto excessivo anual somente com uma linha e um item: R$504,00!!!

 

Veja como a dica #1 é importante. Conhecendo nossos gastos e nosso perfil de uso, podemos contratar ofertas mais adequadas e principalmente mais econômicas.

 

E com a ajuda da Telesimples você vai adquirir conhecimento, receber as melhores ofertas e fazer uma gestão eficiente para reduzir a conta de celular da sua empresa.

 

DICA 5 – MANTENHA A CONSTÂNCIA

 

Feliz com as dicas? Tenho certeza que você vai economizar muito dinheiro com elas. Mas ainda temos a nossa última dica e não é menos importante. É muito comum que depois de conseguir reduzir os custos com telecom as empresas deixem de acompanhar os números.

 

Esse é o primeiro erro para voltar as contas erradas, faturamento indevido e o consumo inadequado e por fim toda a economia foi por água abaixo. As operadoras possuem sistemas de faturamento complexos e que trabalham com muitos dados, então se você não acompanhar dificilmente a sua operadora fará isso por você. Lembre-se: são mais de 70 milhões de usuários!

 

Executou as quatro primeiras dicas? Conseguiu reduzir a conta de celular da sua empresa e gerou economia? Chegou a hora de acompanhar mensalmente o resultado.

 

Lembre-se da planilha mencionada no início do texto, ela vai ser sua grande companheira a partir de agora.

 

VOU ECONOMIZAR? Muita coisa!!!

 

Contratar uma empresa especializada nisso é a melhor opção para que o levantamento e análise de dados se reverta nas melhores ofertas e em economia. Você vai se surpreender com a quantidade de dinheiro jogado fora em um ano.

Aproveite e reverta essa economia na conquista de novos clientes através de uma identidade visual certa e atraente.

 

Esse artigo foi escrito por Alessandro Pinto Pio, CEO na Telesimples – Gestão Telecom.

Sobre o autor dessa postagem

We Do Logos

Um pouco de Marketing, Design, Empreendedorismo e muita Inovação é o que você vai ver por aqui! Boa Leitura