Como usar comunicação visual nas fachadas

24 janeiro, 2016 3:58 pm | Criado por | sem comentários | 2 anos

Se, como diz o ditado, a primeira impressão é a que fica, toda a atenção é pouca para o tratamento a ser dado à fachada de uma loja, seja ela de qualquer tipo. Afinal, a comunicação visual é a identidade da loja apresentada ao consumidor.

A fachada e o ambiente da loja são os primeiros fatores a serem percebidos pelo potencial cliente. Entretanto, o impacto produzido pode ser positivo ou negativo.

Para determinar o estilo da comunicação visual nas fachadas, devem ser observados o segmento da loja, o perfil do consumidor e a filosofia de atendimento estabelecida. Esses fatores são chamados tecnicamente de merchandising, ou seja, é a forma correta de se comunicar, expor e se apresentar junto ao cliente.

A comunicação visual de uma loja, a começar pela fachada, é uma extensão de tudo o que representa a empresa. Portanto, ela precisa estar perfeitamente integrada com o operacional e com o marketing.

Isso porque é preciso comunicar ao cliente, logo na fachada, o que realmente ocorre na loja. Se o mote da empresa é preço baixo, esse deve ser o foco. Se a loja concilia serviço e preço, a comunicação também tem de conciliar esses dois fatores.

Dicas para determinar o estilo da comunicação visual nas fachadas das lojas

Logotipo

Deve estar acompanhado do nome da empresa, ser relativamente pequeno, de fácil assimilação e memorização e passar o conceito da loja e sua atividade.

Layout

É a utilização inteligente dos espaços disponíveis. A comunicação visual nas fachadas engloba, além da sinalização e da precificação, também a ambientação e a decoração. É preciso pensar, planejar a comunicação visual da fachada e construí-la de acordo com a imagem da empresa.

Será o layout interno que decidirá o externo, e a comunicação interna que ditará a cor do piso, o tipo de revestimento, a decoração, interferindo até nos tipos de equipamentos e mobiliários. Enfim, em todo o design da loja.

Contudo, a primeira lição da boa comunicação visual nas fachadas é: ofereça uma comunicação visual limpa, fácil, agradável e organizada, que estimule o cliente a comprar.

Higiene e limpeza

Não basta a loja estar limpa, ela tem que parecer efetivamente limpa. O lojista deve ter atenção especial com a parte externa da loja: chão, acessórios, paredes, pintura, displays, placas, tec..

Iluminação

Iluminar significa realçar loja e produtos. Esse é um dos aspectos mais importantes no ponto de venda. Além de clarear de forma geral a loja, a iluminação pode e deve ser utilizada para destacar produtos ou grupo de produtos, seja internamente ou nas vitrines.

Cores

A tendência geral e mais recomendável é utilizar em paredes, vitrines, acessórios e gôndolas, as cores da própria marca para reforçar a identidade da empresa.

Vitrine

O objetivo principal da vitrine é chamar a atenção do consumidor para os produtos que a loja vende, convidando-o a entrar. É muito importante que os produtos expostos sempre contenham os respectivos preços e um layout adequado a cada tipo de loja.

Onde criar a identidade visual de sua empresa?

O Logovia conta com mais de 20 mil designers para criar a comunicação visual de sua fachada.

Faça sua identidade visual, site, logomarca e todos os seus materiais de divulgação com os melhores profissionais do mercado. A We Do Logos tem todas as soluções de design que você precisa.

comunicação visual nas fachadas

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.

Comentários estão fechados.