melhores-cores-para-restaurante

Destaque seu comércio com as cores ideais para restaurante

22 setembro, 2016 9:49 pm | Criado por | sem comentários | 1 ano

Muito ficou famoso o caso em que descobriram o motivo pelo qual a rede de fast food McDonalds optou pelas cores amarelo e vermelho como as bandeiras do estabelecimento: as cores quentes ajudavam a despertar o apetite e interesse.

Não à toa, o método foi repercutido à exaustão por uma série de outros comércios — sejam eles fast food ou não —, o que nos leva à pergunta? Essas são as únicas cores para restaurante?

A nossa resposta é um sonoro não! Como veremos, no nosso post de hoje, existem cores ideais para restaurante que vão muito além das tonalidades mais quentes.

Quer saber quais são? Inspire-se conosco!

eBook - Guia do comerciante - Aumentar vendas no bar-Blog-e-Email-CTA-600x200px

Saiba mais: As 5 cores ideais para lanchonete dar água na boca!

O significado das principais cores para restaurante

Pelo exemplo que demos, anteriormente, já deu para entender que, muito mais do que uma questão de estética, as cores para restaurante estão intimamente ligadas à psicologia delas. Ou seja: no efeito que elas causam nas pessoas.

Se, para muitas redes de fast food, o amarelo e o vermelho são interessantes para despertar o interesse imediato e o apetite em seus clientes, você pode encontrar as cores ideais para restaurante de acordo com os significados de outras tonalidades — sejam elas quentes ou frias.

Vamos conferir alguns exemplos?

Amarelo como o sol

Desperta o apetite e também se relaciona à disposição, servindo como uma boa alternativa para proprietários de restaurante que buscam traduzir alegria e luminosidade ao seu estabelecimento.

O amarelo, em geral, também oferece versatilidade para traduzir luz, vida e boas vibrações. Encontrou alguma semelhança com o seu restaurante?

Veja mais: Saiba tudo sobre o que a cor amarelo representa

Azul da cor do mar

Tradicionalmente, o azul é uma cor que transmite tranquilidade e suavidade. Ideal para ambientes intimistas, por exemplo.

É, também, a cor do mar e dos céus, da profundidade e da verdade. Restaurantes com esse tipo de temática podem — e costumam — abusar das variações de azul para transmitir todo tipo de sensação aos seus consumidores.

Veja também: Você sabe o que a cor azul representa?

Branco e puro

A cor mundial da paz também apela para a simplicidade — a decoração clean está em alta, inclusive —, o que tem sido amplamente utilizado por restaurantes contemporâneos.

Vale ampliar o conceito das cores para restaurante com o branco, já que ele também pode simbolizar mais espaço, leveza, liberdade e harmonia — qualidade que todos os empresários podem querer para os seus comércios, não é mesmo?

Cinza, ao vento?

Trata-se de uma cor que deve ser utilizada mais nos detalhes, já que ela traduz monotonia e indecisão — coisas que não harmonizam bem com um restaurante.

Por outro lado, alguns tons de cinza também podem ser usados por conta de sua neutralidade. Por isso, como já adiantamos, pode ser uma cor muito boa na concepção para as melhores cores para restaurante, desde que usada com muita parcimônia e, é claro, bom gosto!

Dê uma olhada: Curiosidades sobre cores para design de marcas

Laranja doce

Mais uma cor quente que desponta muito nas estações mais ferventes do ano. Entre as cores ideais para restaurante, o laranja pode oferecer sinônimos para a energia, a tentação, o entusiasmo e a luminosidade.

Da mesma maneira que seus tons também podem variar para o acolhimento, o que funciona perfeitamente para manter os frequentadores de um restaurante muito à vontade para continuar com a conta aberta.

Marrom (glace?)

Sua rusticidade natural pode ser aplicada, como uma das suas cores para restaurante, oferecendo a densidade e a segurança que sua casa quer transmitir aos clientes.

O marrom, inclusive, também é lembrado pelas propriedades da terra, algo que pode ser muito bem explorado em restaurantes naturais, por exemplo, que utilizam tudo daquilo que a natureza tem a nos oferecer de melhor.

Verde da esperança

Muito conhecido por transmitir tranquilidade e refrescância, o verde é também uma das cores ideais para restaurantes que busquem um contato maior com a natureza.

Afinal de contas, acima de tudo, o verde transmite a beleza natural do mundo. Isso também vem carregado de qualidades como a esperança, a harmonia e o equilíbrio. Diferenciais e tanto que você pode aplicar na realidade do seu restaurante, não é mesmo?

Por isso, caso você queira explorar melhor as qualidades além da cozinha do seu estabelecimento, o verde é uma das cores para restaurante a ser considerada com naturalidade.

Confira: O significado da cor verde: a simbologia da cor da natureza

Vermelho sangue!

A cor da paixão, do desejo e do impulso. Para aproximar os clientes de um clima mais intimista e sedutor, o vermelho é uma das cores ideais para restaurante.

Explore suas tonalidades com eficiência, indo da cor das paredes às da mobília e dos elementos decorativos. Mas, lembre-se: vermelho em excesso também pode ficar um tanto cansativo. Por isso, equilíbrio é tudo!

Confira tambémVocê sabe qual o significado da cor vermelha?

Caso real: restaurante Point do Macarrão

Falamos muito de teorias e psicologias, mas será que isso funciona mesmo na prática? Uma prova disso – de que funciona! – é o CASE do restaurante carioca Point do Macarrão, que depois de reestruturar toda a sua identidade visual e design de marca, aumentou as vendas em 80%!

Assista ao vídeo e confira o depoimento do proprietário:

Existem cores ideais para restaurante?

Como vimos, não existe como apontar as melhores cores para restaurante. Cada tom possui suas qualidades e cada uma delas pode ser associada ao tipo de restaurante que você deseja abrir.

Mas, caso tenha ficado com alguma dúvida com o conteúdo de hoje, compartilhe conosco no campo de comentários!

We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.