mascote para empresa

5 dicas para criar um bom mascote para empresa

7 junho, 2016 5:06 pm | Criado por | sem comentários | 2 anos

Independentemente do segmento ou do porte de uma empresa, é fundamental que os clientes se identifiquem com seus produtos e com suas premissas. Isso não envolve somente as suas atividades, mas todos os elementos que se associam à imagem que a marca apresenta. Além da identidade visual e das disposições que a marca exibe, existe um outro elemento muito importante nessa construção de imagem: o mascote para empresa.

Nem todas as marcas possuem um mascote, mas a presença dele é capaz de transmitir uma sensação de proximidade e carisma que é inevitavelmente associada à marca. Quem não se lembra, por exemplo, do simpático bonequinho da gelatina Royal ou das expressivas vaquinhas dos produtos Toddy?

No entanto, é preciso ter muito cuidado na hora de criar um mascote para a sua empresa. Além de levar uma imagem lúdica e descontraída a seus clientes, ele precisa ser planejado estrategicamente para contemplar todos os públicos e não gerar desconforto para nenhuma pessoa ou segmento. Por isso, separamos algumas dicas para ajudar você a criar o mascote perfeito para a sua empresa e conquistar ainda mais seus clientes.

eBook-2015-11-06-Marca-forte-ajuda-a-vender-Blog-e-Email-CTA-600x200px

Saiba mais: As vantagens de criar uma mascote para sua empresa

Dicas para criar o mascote para a empresa perfeito

Busque atemporalidade

Sua marca vai ficar por muito tempo no mercado, sendo exibida constantemente ao consumidor e, por isso, é preciso buscar sempre um mascote para empresa que reflita essa estabilidade. Por isso, não se deixe levar por modas ou por tendências do momento – o sucesso imediato pode acabar sendo desvantajoso quando se pensa a longo prazo, já que a possibilidade de o mascote se tornar obsoleto rapidamente é maior.

Pense em seus clientes e em algo que, direta ou indiretamente, eles podem associar ao seu produto. No caso das vaquinhas da marca Toddy, por exemplo, há a relação nítida entre o leite e os itens da marca. Se isso for possível, vale a pena explorar esse contexto em sua marca. Mas, como estabelecer essa relação nem sempre é fácil, vale a pena também apostar na criação de um personagem único, como uma miniatura do produto em forma humanoide – ou seja, um personagem fantasioso que tenha características parecidas com a de um ser humano.

Veja mais: O que é um mascote e a importância de ter um na empresa

Pense em todos os pontos negativos

Quando estiver com algumas possibilidades de mascote para empresa em mãos, pense nos pontos negativos que cada um deles pode representar para alguns grupos. Considere, em primeiro lugar, a possibilidade de aquela figura carregar consigo outros significados. Faça pesquisas online sobre seu significado para não gerar interpretações equivocadas ou ofensivas.

Em seguida, veja se alguma outra marca usa algum mascote semelhante ou muito parecido. Isso é fundamental para que não haja dúvidas em relação a plágios e afins. Se o mascote para a sua empresa tiver algum lema ou bordão, também vale a pena checar seu uso.

Confira também: Como criar um mascote com personalidade e carisma

Relacione o mascote com a identidade visual

Para criar um mascote para empresa, considere toda a imagem que a marca já tem. A criação pode tanto seguir essa linha quanto romper com esses antigos padrões e reformular toda a campanha – nesse caso, porém, é preciso repensar toda a identidade visual da marca e ter a consciência de que essa ruptura trará alterações significativas para a comunicação da empresa.

DICA: Papel das mascotes de marcas famosas na construção da imagem

Use um personagem flexível

Considere que o mascote para empresa tem a função de divulgação em diferentes frentes, o que significa que ele será usado em vários tipos de materiais. Por isso, antes de aprovar o mascote escolhido, considere se sua utilização é viável. Será possível fazer miniaturas do mascote da empresa, como os que servem de brindes? Ele permite a criação de animações ou fantasias, para ser usado em eventos presenciais? Ele funciona bem no rótulo dos produtos, ou seja, está harmonizado com as características visuais dos produtos?

Tudo isso deve ser considerado na hora de criar o mascote para empresa. Lembre-se também de considerar seu uso em produtos específicos e a adequação com eles.

Inspire-se: 10 dicas para criar nomes de mascotes para empresas

Preze por uma boa arte

De nada adianta ter uma excelente ideia para o mascote de sua empresa e acabar obtendo uma arte que não condiz com seus objetivos. Por isso, valorize sempre um trabalho de qualidade e escolha profissionais ou empresas de qualidade para a realização desse trabalho de criação. Lembre-se de que o mascote da sua empresa irá permanecer por muito tempo e, uma vez lançado, fará parte da imagem pública que a sua empresa e seus produtos transmitem ao público.

como criar um mascote

Se sua empresa precisa de mascote, logotipo, folders ou diversos outros materiais de comunicação com um preço justo, pode contar com a We Do logos, a maior plataforma de criação da América Latina. Você faz seu pedido no site e já determina prazo e preço. Em pouca horas estará recebendo as primeiras opções de artes e poder pedir quantas alterações achar necessárias. E caso nenhuma das alternativas recebidas te agrade, temos um compromisso de satisfação com você ou seu dinheiro de volta em até 5 dias úteis!

Veja exemplos de mascotes que alguns dos nossos quase 80 mil designers já criaram para diversos clientes satisfeitos! Acesse: Exemplos de Mascotes Criados pela We Do Logos.

Confira: Como funciona a We Do Logos

We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.

Comentários estão fechados.