como patentear um nome

Como patentear um nome: aprenda o passo a passo

11 julho, 2017 1:00 am | Criado por | sem comentários | 2 meses

Sabe aquela boa ideia que você teve e que não deseja que ninguém mais a tenha? Então, para evitar que alguém que tenha a mesma sacada lance a sua marca no mercado antes de você, é importante que você entenda — e aprenda em detalhes — como patentear um nome.

Afinal, quando alguém se antecipa a você, aquele seu criativo insight não vai passar de um sonho não realizado, já que uma marca registrada é a garantia de que ninguém mais poderá utilizá-la.

Dessa maneira, descubra como proteger as suas grandes criações e acompanhe o passo a passo para aprender a como patentear um nome!

Saiba mais: Tudo sobre como patentear uma marca e proteger seu negócio

Por que e como patentear um nome

Para começar, como já mencionamos, a ideia consiste exclusivamente em proteger a sua propriedade intelectual — e dentro dos parâmetros da legislação vigente em nosso país.

Afinal, a patente nada mais é do que um modelo de utilidade com a outorga do Estado. Assim, ninguém além de você poderá fazer uso do nome bolado para o seu negócio, por exemplo.

Por isso, para assegurar-se de que você estará amparado pela lei, é importante seguir os seguintes passos:

O que vale fazer também, e que é recomendado pelo INPI, é uma busca prévia para averiguar se o nome pretendido por você já não foi registrado — afinal, o depósito de solicitação de patente é feito antes, o que pode ser um problema caso o nome pretendido já esteja patenteado.

Quer fazer a busca prévia agora mesmo? Acesse: Registro de Marca

Documentação necessária:

O passo seguinte para quem está em busca de aprender como patentear um nome, é a apresentação dos seguintes documentos:

  • Comprovante de pagamento.
  • Formulário FQ001 (que é o Pedido de Patente ou Certificado de Adição).
  • Listagem de Sequência Biológica.
  • Reivindicações.
  • Relatório descritivo.
  • Requerimento preenchido.
  • Resumo.

Tudo isso pode ser acompanhado pelo próprio site do INPI. Recomendamos a leitura atenta de todos os procedimentos, uma vez que o seu nome de marca é um ativo valioso de sua propriedade intelectual.

Veja também: Como patentear uma ideia e proteger sua criatividade

Qual é o custo para patentear um nome?

Existe, sim, uma taxa para criar a patente de uma marca, cujos valores variam de caso a caso.

A tabela completa está cheia de itens diversos e diferentes tipos de pagamentos e procedimentos.

Para baixar o PDF com todos os valores, clique neste link: Tabela de Preços de Taxas de Serviços de Registro no INPI

No entanto, os custos não são muito elevados e se trata de uma taxa que apenas reforça a relevância e a segurança prometida à sua propriedade intelectual.

Confira: Como patentear um produto? Descubra os passos essenciais

Qual é a grande vantagem em patentear um nome?

Além da óbvia e principal vantagem já relacionada neste artigo, patentear um nome é fundamental para o empreendedor de todos os portes e segmentos de atuação se sentir mais seguro.

Afinal, o empresário dando seus primeiros passos rumo ao negócio próprio se garante, legalmente, dos avanços de outras pessoas em utilizar o nome de sua marca.

Confira também: Nome de empresa: O que é preciso saber para fazer a escolha certa

Mias tranquilidade e a possibilidade de ações jurídicas

Para as grandes marcas, a ideia principal reside na tranquilidade e segurança em evitar que outras empresas ou pessoas façam uso do seu nome indevidamente.

De um lado, isso evita cópias e tentativas de roubar sua clientela até por meio de nomes similares; de outro, a possibilidade de se defender e tomar medidas legais, no caso do lançamento de produtos piratas e outras fraudes.

Além disso, com um nome patenteado é possível lucrar ainda mais para dar início a uma franquia, por exemplo.

Ou seja: saber como patentear um nome se torna uma etapa obrigatória da expansão do seu negócio.

Dessa maneira, fique por dentro do assunto e não deixe a sua ideia retida na sua imaginação. Ao aprender como patentear um nome, você a exterioriza e dá um significativo passo para colocá-la em prática e usá-la sem medo em sua identidade visual e também, futuramente, na mente do seu consumidor.

Veja mais: Conheça a história por trás de 7 nomes de marcas famosas

E se sua empresa precisa criar um nome de marca ou mesmo de produto, um logotipo, um slogan ou diversos outros materiais de comunicação e marketing, com qualidade, agilidade e um preço justo, pode contar a We Do Logos, a maior plataforma de concorrência criativa da América Latina.

Você se cadastra no site, faz seu pedido de material de comunicação, marketing ou design já definindo um preço e um prazo de entrega e, em pouco tempo, receberá as primeiras sugestões de artes para dar a sua opinião, pedir ajustes e solicitar quantas alterações quiser.

No final do processo, você escolhe a opção que mais lhe agradou, e pode usar em sua comunicação da maneira que quiser, sem burocracia nem complicações, tudo prático e online.

Saiba mais sobre a We Do Logos:

E, caso já tenha tido alguma experiência ao patentear um nome, compartilhe conosco no campo de comentários deste post!We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.