nomes de empresas de turismo

Conheça nossas dicas para criar nomes de empresas de turismo

26 julho, 2017 10:00 am | Criado por | sem comentários | 3 semanas

É indiscutível o poder do setor de turismo ao redor do mundo. Trata-se, afinal de contas, de um dos segmentos que mais atraem capital estrangeiro e, inclusive, ajuda a promover a economia local.

A lógica é simples: quanto mais turistas, mais capital gira internamente.

No entanto, isso é algo até que de conhecimento popular. Do contrário, não veríamos tantas empresas de turismo distribuídas em todas as regiões do Brasil, visando decolar e aterrissar passageiros de todas as partes do mundo.

Por isso, é fundamental que você pense, antecipadamente, nas melhores maneiras para atrair o consumidor até você. E, nessa discussão, com certeza você vai gastar algumas horas idealizando os melhores nomes para empresas de turismo.

Para ajudar você nessa jornada, vamos reunir algumas boas dicas que você vai poder comparar com os nomes de empresas de turismo que já deve ter rascunhado em seus cadernos.

Saiba mais: Como patentear um nome: aprenda o passo a passo

A importância em escolher bons nomes de empresas de turismo

Como mencionamos, o mercado está constantemente em alta e, para chamar a atenção do consumidor, é bom ter as melhores ferramentas para impressioná-lo de imediato.

E bons nomes de empresas de turismo têm esse poder. Por isso, vale a pena passar pelas grandes etapas necessárias para a elaboração de nomes para empresas, pois, assim, você aumenta as chances de embarcar com o pé direito em sua viagem até o sucesso comercial.

E, algumas dessas dicas, você pode conferir logo abaixo:

Tente se relacionar com o seu consumidor

Mesmo no setor de turismo temos diferentes perfis de consumidor, como o viajante corporativo, os que procuram pacotes familiares, o turismo de aventura e o intercâmbio de idiomas ou de estudos, entre tantos outros.

Acontece que, muitas vezes, o empreendedor não se dá conta dessa ampla segmentação e cria nomes empresas de turismo genéricos, que não geram identificação com nenhum público.

Daí, a relevância de entender o tipo de solução que você tem a oferecer e com quem você pretende dialogar. São características essenciais para se nortear com eficácia nesse processo criativo.

Veja também: Conheça a história por trás de 7 nomes de marcas famosas

Faça associações com as palavras

Tendo as primeiras questões respondidas sobre o seu negócio próprio, é importante já rascunhar algumas ideias.

Em seguida, procure exercitar a criatividade fazendo associações que ajudem a destacar o seu negócio diante da alta concorrência que você vai encontrar, provavelmente.

Pergunte-se: O que minha empresa faz de diferente e melhor que as outras? 

Comece, portanto, reunindo diversos nomes de empresas de turismo já consolidadas no mercado e, em seguida, crie associações diversas com os nomes que você tem em mente para, de alguma forma, associar sua marca que comeste diferencial.

Entre as comparações mais eficazes, podemos destacar as seguintes:

  • Encontre as palavras e termos do seu negócio que mais chamam a atenção do seu consumidor.
  • Procure por palavras que sejam facilmente associadas ao serviço e produtos que você vai oferecer.
  • Identifique termos que traduzem com eficiência o seu negócio.
  • E figuras, símbolos ou personagens? Pense em como a sua empresa se associa a eles.

Combine, compare e faça associações. Apena suma dica: não descarte nomes ainda. O momento é, justamente, de colher o maior número possível de ideias.

DICA: Descubra o segredo para criar nomes criativos para empresas

Evite modismos e gírias

Essa dica pode ser usada também por companhias de qualquer setor, e não apenas para a criação de nomes de empresas de turismo.

Afinal de contas, modismos e gírias existem em todas as épocas do ano e se vão, também, normalmente ao fim de um verão.

Por isso, ninguém costuma recomendar esses termos para compor nomes para empresas de turismo — e de qualquer outro setor —, pois, em vez de gerar identificação com o consumidor, o seu nome pode cair no esquecimento quando ninguém mais se lembrar daquela gíria que fez sucesso anos atrás.

Veja mais: Por que criar nomes de mascotes criativos para a minha empresa?

Faça brainstorming com seus amigos

Vale, ainda, fazer umas sessões de brainstorming com os amigos e familiares, com base nas dicas que você seguiu e ideias que reuniu.

Brainstorming (que significa tempestade cerebral, em inglês) consiste em inicialmente anotar as sugestões de todos, de preferência em um quadro, sem que ninguém critique nenhuma ideia.

Depois de juntar um número de nomes razoável, ao menos uns 20 ou 30, as pessoas dão um tempo e voltam a se reunir horas depois. Elegem algumas sugestões que acham as melhores e começam a trabalhar com elas, juntando umas com as outras, ou não, e afunilando até escolherem em equipe as melhores opções.

Assim, você vai contar com a opinião de pessoas que, potencialmente, podem se tornar clientes (e têm o perfil para isso). Algo que ajuda a identificar os termos que melhor funciona com eles.

Não se esqueça, apenas, de verificar se o nome selecionado ao final do processo já não consta registrado!

Confira: Nomes criativos para loja: descubra onde achar!

Quer criar o nome para seu negócio mas está com dificuldade para ter boas ideias? Se você precisa criar nomefazer logotipo, um folder, a papelaria o slogan e diversos outros materiais de comunicação e design de sua agência de turismo, com qualidade, agilidade e um preço justo, pode contar com a We Do Logos.

Você se cadastra no site, faz seu pedido de material de comunicação já definindo um preço e um prazo e rapidamente já começa a receber as primeiras opções de artes para dar sua opinião, pedir ajustes e solicitar quantas alterações quiser.

Depois, é só escolher a que mais gostou e começar a usar pata divulgar o seu negócio.

Veja mais alguns bons motivos para usar a We Do Logos:

We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.