nomes de transportadoras

Nomes de transportadoras: 3 dicas para acelerar o seu negócio

11 julho, 2017 11:00 am | Criado por | sem comentários | 2 meses

Se você, como consumidor, tem dezenas de nomes de marcas cativantes na ponta da língua, é lógico considerar que o cliente de sua empresa também passa pelo mesmo processo.

E, quando você quebra a cabeça para bolar nomes de empresas de transportes, caso este seja o seu ramo de atuação, deve compreender que o esforço pode ser cansativo, mas será gratificante.

Afinal, que empreendedor não gostaria de ser um dos primeiros a serem mencionados pelo seu público, quando pensam em um nome de transportadora?

A questão, aqui, está no equilíbrio entre criatividade e objetividade para que a sua marca seja impactante e, ao mesmo tempo, fácil de lembrar.

Parece difícil, não é mesmo? Só que não é tão impossível — ainda mais quando você tem em mão as nossas dicas para criar nomes de transportadoras de cargas!

Saiba mais: Conheça a história por trás de 7 nomes de marcas famosas

Segredos para criar nomes de transportadoras

Criar o nome de uma empresa é um passo fundamental para quem quer iniciar um negócio.

O nome precisa retratar com clareza os benefícios que sua empresa oferece e, ao mesmo tempo, se encaixar nas preferências de seu público-alvo.

Veja algumas informações e dicas de como fazer isso. E se quiser conhecer alguns nomes criados pela própria We Do Logos para outra empresa, confira este link: Nomes para Empresa Transportadora

A importância de um nome

O nome é um dos primeiros diálogos que a sua marca terá com o público. Não é à toa que criar um bom nome de transportadora ajudará a facilitar essa interação e, principalmente, a identificação das necessidades que ele possui com o que a sua empresa tem a oferecer.

Sem falar que estamos falando de uma mensagem rápida que deve impactar de imediato, fazendo com que o consumidor pense em você, primeiro, e não na concorrência.

É claro que o desafio está na elaboração de nomes para transportadoras que concentrem essas qualidades a ponto de servirem como um dos primeiros diferenciais de sua marca. Imagine: um mero nome bem escolhido ajuda sua empresa a vender mais!

Por isso, recomendamos que você siga estes 3 procedimentos que listamos nos próximos tópicos, para acertar na mosca!

Veja também: Descubra o segredo para criar nomes criativos para empresas

1- Uma lista de informações relevantes do seu negócio

Você sabe o que é a sua marca, o que ela tem a oferecer e com quem você dialoga?

Isso tudo é fundamental, pois é uma garantia de que você terá um DNA devidamente alinhado com a demanda do seu público e, ainda, que sabe de suas qualidades.

Assim, ao criar o nome, tudo isso poderá estar presente nele. E ficará mais fácil pensar em nomes de empresas de transportes cativantes e que agreguem, em sua essência, os valores que você gostaria de exteriorizar ao mercado.

Para tanto, faça uma lista, respondendo às seguintes perguntas:

  • Quem é (ou será) o público-alvo da sua empresa?
  • Quais são as características e o perfil predominantes do público?
  • O que você tem a oferecer para ele, em relação ao seu portfólio de produtos ou serviços?
  • Quais são os diferenciais do seu negócio, aquilo que você faz melhor que a concorrência?
  • Qual é a situação do seu ramo de atuação (momento, oportunidades, carências e concorrência)?
  • Quais são as suas metas no curto, médio e longo prazo?

A última questão é a mais difícil de responder, ainda mais quando você está engatinhando no planejamento para abrir o seu negócio.

Por isso, vale a pena contar com um plano de negócios e um plano de ação para entender como se dará o desenvolvimento de sua empresa.

Confira também: Por que criar nomes de mascotes criativos para a minha empresa?

2- Pense na pronúncia e escrita da sua marca

Partindo para a prática, comece a rascunhar ideias, associando as respostas das questões anteriores com o mote do seu negócio.

Lembre-se que a pronúncia deve ser facilitada, bem como a sua escrita. Isso ajuda a fortalecer o impacto da marca e a enraizá-la no inconsciente do consumidor. Afinal, é mais difícil memorizar palavras difíceis de falar ou escrever.

Neste ponto vale, ainda, limitar a tentação em criar um nome em outro idioma ou baseado em modismos de nossa cultura. Em primeiro lugar, porque dificulta a identificação do público e, em segundo, o nome de sua empresa vai ficar datado com um modismo que pode sequer ser lembrado, em alguns anos.

Veja mais: Logo de empresa de transporte: segurança e pontualidade

3- Preze pela objetividade

Simples não é simplório, da mesma maneira que objetividade não é superficialidade. Por isso, aposte em um jogo de palavras que ajude a promover a sua marca e seja, ao mesmo tempo, se agradável de ser pronunciado.

Dessa maneira, ao pensar em nomes de transportadoras de cargas ou desse ramo, em geral, você está explorando criativamente o DNA de sua marca e tornando-a uma parte significativa do mercado.

Vale, ainda, a dica final: avalie o mercado e analise os nomes de empresas de transportes criados pela sua concorrência. Isso pode ajudar, de maneira positiva, a encontrar o seu propósito diferencial de marca ao criar a sua identidade, ao excluir nomes que já foram usados por outros.

Confira: Nomes criativos para loja: descubra onde achar!

Precisando criar um nome para seu negócio, logomarca, slogan ou outros tipos de materiais, como Flyers e cartões de visita, com agilidade, qualidade e por um preço justo? Pode contar com a We Do Logos.

Veja mais alguns motivos para confiar na We Do Logos:

Para finalizar, que tal um exercício? Compartilhe conosco os nomes para transportadoras com os quais você já se deparou, em suas pesquisas, e assim teremos uma base diversificada de modelos para inspirar você!

We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.