como envelopar carros

Saiba como envelopar carros e diferencie sua frota

20 setembro, 2016 8:58 am | Criado por | sem comentários | 1 ano

Quem procura saber como envelopar carros precisa ter eme mente que vivemos atualmente em um mundo de muitas mudanças e novidades.

Basta olhar para o lado para perceber como as coisas têm se transformado rapidamente e a cada dia encontramos no mercado soluções mais inovadoras e surpreendentes para todas as áreas da nossa vida.

No mercado automotivo (e com impacto direto no mercado de comunicação, como veremos adiante) uma estratégia tem despertado a atenção de muita gente. Estamos falando do envelopamento de carro, que pode ser utilizado para proteger e estilizar um veículo particular, mas também para divulgar a identidade visual e os serviços de uma empresa.

Aprenda a conquistar seus clintes com imagens

Saiba mais: Nomes para loja de som automotivo: como escolher?

Saber como envelopar carros será uma ferramenta de múltiplas possibilidades e usos e, com certeza, você já viu um veículo envelopado por aí: são aqueles carros com acabamento fosco, ou com cores diferentes em cada uma das suas variadas partes ou ainda aqueles que divulgam uma empresa, com fotos, frases de impacto e as informações de contato.

Em alguns casos, o envelopamento não muda o aspecto visual do carro, quando o adesivo utilizado é transparente ou da mesma cor da pintura. Nessa situação específica, o único objetivo é a proteção e conservação do automóvel.

Nesse post vamos entender quais são as vantagens do envelopamento, como essa prática pode ser utilizada para proteger e conservar o seu veículo e quais são as restrições legais e possíveis problemas do processo.

Entenda tudo o que você precisa saber sobre como envelopar um acarro, anote as dicas e informações fundamentais sobre o assunto.

Depois disso, é só escolher a melhor opção para o seu veículo e se impressionar com os excelentes resultados alcançados!

Veja também: Plotagem de carros para empresa: veja como fazer

O que é o envelopamento de carro?

Antes de decidir se o envelopamento de carro é ou não é a solução ideal para o seu veículo ou até mesmo a frota completa da sua empresa, é importante entender com detalhes e todas as informações essenciais de que se trata o processo.

Em que consiste o envelopamento de um carro:

O envelopamento de carro nada mais é do que uma cobertura adicional para a lataria do seu veículo, que confere proteção e também um novo aspecto visual. Em alguns lugares, principalmente nas empresas especializadas na produção e instalação dos adesivos, o envelopamento é chamado também de plotagem de veículos.

Benefícios:

O mais importante aqui é entender como funciona a técnica e quais os benefícios a sua utilização pode trazer. Vamos lá: trata-se de um adesivo que vai ser instalado em toda a área externa do veículo, ou somente em algumas partes indicadas pelo cliente, cobrindo e protegendo a pintura original.

O envelopamento pode ser feito das duas maneiras mencionadas (completo ou parcial) e os principais usos são para proteção, personalização e divulgação de uma empresa — na sequência, vamos avaliar e entender melhor cada um deles.

Proteção:

Quando a preocupação maior do usuário é a proteção da pintura original do carro, o envelopamento pode ser feito com as cores originais do veículo ou até mesmo com uma película completamente transparente.

Nesses casos, muitas vezes é impossível perceber visualmente a transformação e o veículo continua idêntico ao que era antes, não sendo necessário nenhum procedimento ou comunicação junto aos órgãos de trânsito.

Entretanto, mesmo que imperceptível, o adesivo ajuda a proteger o carro dos raios ultravioleta, os raios solares que são muito fortes, intensos e super prejudiciais à lataria; e de pequenos arranhões e avarias.

Para entender a importância dessa proteção, pense em quantas vezes você arranhou a maçaneta do seu veículo com a chave ou sobre as vezes que um pequeno descuido gerou um desgaste na pintura, contribuindo intensamente para a desvalorização do carro no mercado. São coisas comuns do dia a dia, mas que podem ser evitadas com um bom processo de envelopamento.

Retirada:

Quem sabe como envelopar carros sabe retiar esse película facilmente, também.

Considerando que a retirada do adesivo é bastante simples, essa pode ser uma ótima opção para quem quer cuidar bem do veículo e se preocupa com a desvalorização dele no mercado. Afinal, uma pintura bem conservada conta muitos pontos, não é? Vale lembrar, também, que o envelopamento de carro tem um preço muito inferior ao de uma nova pintura — e em momentos de recessão econômica, isso pode fazer toda a diferença.

Personalização:

Outra possibilidade muito interessante é a personalização e estilização do seu veículo. Se você sempre quis um carro com a sua cara, com uma cor diferente da pintura original de fábrica, com acabamento fosco, ou até mesmo combinação de duas ou mais cores, a adesivação é uma ótima pedida.

Custo:

Ela é muito mais barata do que uma repintura, é extremamente duradoura (mas reversível caso você queira voltar a configuração original) e tem grande variedade de cores e acabamentos, permitindo que você customize o seu carro com inúmeras possibilidades, fazendo com que ele fique exatamente como você sempre sonhou.

Isso tudo além dos benefícios da proteção que já foram mencionados. O importante é lembrar da legislação: caso a adesivação mude a cor de mais de 50% da área do veículo, é necessário pedir uma autorização no Detran do seu estado, para que seja emitido um novo documento, detalhando o aspecto visual atual do carro.

Como envelopar carros para divulgar marcas:

O último uso para o envelopamento de carro é um dos mais frequentes e relevantes para o mercado atual: a utilização do veículo como uma ferramenta de divulgação de uma marca. Em um mercado extremamente competitivo como o que enfrentamos hoje, é super importante encontrar formas de se destacar, fortalecer uma marca e dialogar com consumidores cada vez mais exigentes e participativos, aumentando os seus índices de venda e melhorando os resultados da organização.

Nesse cenário, utilizar os veículos da empresa (independentemente do tamanho do seu negócio) como ferramenta para apresentação da marca é muito válido e eficaz. O envelopamento aqui deve ser pensado para atrair a atenção do consumidor e oferecer todas as informações relevantes para que ele conheça a marca e procure mais informações sobre ela. Nesse caso,  trabalhar com um profissional especializado e experiente, que saberá utilizar o espaço do veículo a favor da divulgação da marca, é fundamental para se alcançar melhores resultados e se conectar com um número cada vez maior de clientes.

É fácil perceber, então, que o envelopamento de carro é uma possibilidade interessante para usuários dos mais diversos perfis e, se bem utilizada, pode trazer ótimos resultados, tanto práticos como econômicos.

Confira: Envelopamento de carros: como fazer para não ter erros?

Quais os materiais utilizados?

O envelopamento de carro, para ser bem-sucedido e alcançar os resultados desejados, deve ser realizado por profissionais especializados e experientes, em estabelecimentos preparados para a transformação.

Esse é um dos pontos mais importantes do processo e merece toda a atenção do dono do veículo. Nem pense em economizar escolhendo um fornecedor de procedência duvidosa, pois o resultado pode ser desastroso.

Antes de autorizar o processo, pesquise as possibilidades em sua região, converse com outros clientes que utilizaram o serviço e tenha certeza de que a empresa contratada tem condições para a boa execução do envelopamento. Lembre-se que o seu veículo representa um grande investimento e que cuidar bem dele é fundamental.

Outro ponto muito importante para o bom resultado é o material utilizado, que deve ser de boa qualidade, de procedência garantida e, sobretudo, adequado ao procedimento.

Adesivos em PVC vinil:

Normalmente, é utilizado um adesivo em PVC vinil, que precisa passar por um tratamento extra para garantir a sua proteção contra os raios UV. Existem muitos adesivos no mercado, mas nem todos são adequados para o envelopamento de veículos e a especificação técnica correta e ideal é parte determinante para um procedimento bem-sucedido.

É muito importante ter a certeza de que o profissional escolhido está trabalhando com o material adequado, garantindo assim a durabilidade do envelopamento e a conservação da pintura original. Se tudo for realizado dentro das condições ideais, a adesivação pode durar por até sete anos, sem nenhum prejuízo para a pintura original. Mas um adesivo de má qualidade pode ser muito difícil de ser removido, deixando resíduos e manchas na lataria, por exemplo.

Os adesivos em PVC são eficazes e bem modernos e apresentam os mais diversos acabamentos e cores, oferecendo uma série de possibilidades para quem quer mudar a aparência do carro ou investir em uma divulgação diferente e eficiente, fortalecendo e consolidando a identidade visual corporativa. Ao escolher o fornecedor para realizar o serviço, avalie a cartela de opções e escolha aquela que mais se adequa às suas necessidades.

Como envelopar carros com Películas de Poliuretano

Uma outra possibilidade para o envelopamento é a película de poliuretano. Essa é completamente transparente, não altera em nada o aspecto visual do veículo, mas aumenta consideravelmente a proteção à lataria. Ela tem sido bastante utilizada pelos motoristas preocupados com a proteção e conservação do veículo.

Envelopamento líquido de carros, como funciona isso?

Por fim, está surgindo agora  no mercado uma novidade promissora e bem interessante, que é o chamado envelopamento líquido, onde uma tinta especial é aplicada com os mesmos objetivos e resultados da adesivação.

Essa tinta pode ter acabamento fosco, metalizado ou brilhante e também possui grande variedade de cores. No entanto, como toda novidade, ainda tem um custo mais elevado que o envelopamento tradicional.

O fundamental, então, é se certificar da utilização de produtos recomendados e garantir que os responsáveis pela instalação sigam as orientações do fabricante, aumentando a durabilidade do processo e permitindo o alcance dos resultados desejados.

Lembrando que se você se arrepender, a remoção do adesivo é super simples, fácil e sem danos para o veículo, o que é fundamental.

Veja mais: Adesivação de carros: como e por que garantir uma boa aplicação?

Como envelopar carros, afinal? Quais os métodos mais comuns?

O processo de envelopamento de carro é bem simples, fácil e pode ser aplicado em qualquer veículo, independente da marca, tamanho ou tipo de pintura.

Se você quer saber como envelopar carros, saiba que os tipos mais comuns são o envelopamento total do veículo, o envelopamento parcial e o envelopamento com fins de divulgação, sendo que quase todos são feitos com a técnica de adesivação com PVC vinil importado (quem tem maior durabilidade) — a técnica de envelopamento líquido ainda é nova e pouco utilizada.

Envelopamento total de carros:

O envelopamento total é o mais escolhido para quem quer apenas proteger o carro e também por aqueles usuários que querem alterar completamente o aspecto visual do veículo. Lembre-se que nesse caso (se houver mudança de cor), é necessária a autorização do Departamento de Trânsito do seu estado, bem como a emissão de um novo documento, com as características físicas do seu veículo atualizadas.

Como envelopar carros parcialmente:

O envelopamento parcial e aquele com fins de divulgação são feitos através do mesmo processo, mas não preveem, necessariamente, o revestimento da área total do carro. É muito comum, por exemplo, que alguns usuários façam a adesivação do teto em preto e que em casos de divulgação da marca, adesive-se apenas a lateral do carro.

Divulgação:

No caso da divulgação, independente da área escolhida, o importante é trabalhar com a consolidação da marca na mente do consumidor.

Em todos os casos, o carro deve estar bem limpo para garantir melhor aderência da película, o que aumenta a durabilidade e otimiza o efeito visual do envelopamento. Recomenda-se também que o carro seja encerado antes, o que faz com que a eventual retirada do adesivo se dê de forma simples, sem muitos resíduos. Nesse ponto, mais uma vez, ressaltamos a importância de se trabalhar com material de qualidade, que garante que tudo ocorra dentro do esperado.

Confira também: Os segredos do Food Truck de sucesso

Quais erros podem acontecer no envelopamento?

Que quer saber mesmo como envelopar carros, não pode deixar de conhecer os possíveis erros nesse processo.

O principal erro que pode acontecer no processo de envelopamento de carro diz respeito à escolha do profissional responsável. Por mais que seja simples, o envelopamento é algo bem específico e que precisa ser realizado por profissionais preparados e experientes no assunto.

Além disso, a escolha de um estabelecimento adequado garante também a utilização de matérias de qualidade, o que é fundamental para o sucesso do procedimento. Adesivos de má qualidade, por exemplo, podem durar muito menos do que os sete anos previstos ou prejudicar a pintura original no momento de sua remoção.

Instalação:

Uma instalação mal feita, por outro lado, pode ter um resultado indesejado, seja pela formação de bolhas, pela existência de pontas soltas ou pela falta de durabilidade. É muito importante que o profissional se preocupe com o acabamento, sobretudo nas bordas e quinas do automóvel, para evitar que o adesivo se solte.

Em resumo, a contratação de uma empresa apta à realização do serviço minimiza bastante o risco de erros e problemas na instalação. Por isso, é muito importante realizar uma pesquisa consistente, conversando com outros usuários do serviço e se certificando de escolher um bom fornecedor.

Por que envelopar o seu carro?

Mias do que saber como envelopar um carro, é importante ter um bom motivo para isso.

A decisão de envelopar o carro tem muito a ver com os fatores que já discutimos anteriormente: proteção, personalização e divulgação de uma marca. Nesse tópico, vamos discutir mais sobre a terceira opção, que é um excelente caminho para empreendedores e empresas que precisam conquistar o seu espaço no mercado.

É preciso lembrar que vivemos um contexto extremamente competitivo, onde as empresas estão, cada vez mais, oferecendo produtos semelhantes com poucas estratégias de diferenciação e destaque. Nesse contexto, qualquer elemento que possa ser utilizado em favor do fortalecimento de uma marca é importante, relevante e deve ser considerado pelo empreendedor.

Design do envelopamento:

O envelopamento de carro é uma estratégia eficiente sobretudo pelo seu amplo alcance. Pensemos em um carro que rode pela cidade em horário comercial (enquanto o seu proprietário está trabalhando) mas também fora desse contexto, para a realização das tarefas do dia a dia do motorista.

O número de pessoas que vai ter contato com o veículo é imenso, nos mais variados ambientes e situações, por isso uma boa estratégia de marketing deve se refletir em um excelente design.

Trabalhar uma arte chamativa, elegante e que traga as informações essenciais sobre o seu negócio é uma ótima opção para a utilização dessa mídia. Um bom caminho é trabalhar em parceria com um designer, que será capaz de desenvolver um layout adequado às suas necessidades.

Lembre-se de dar um bom destaque para o nome da sua empresa e as informações de contato, facilitando que os potenciais clientes encontrem a sua marca a partir desse momento inicial.

Outro ponto importante: lembre-se que chamar a atenção e se destacar é fundamental. Então, já que vai investir em um envelopamento de carro, cuide para que a sua proposta visual seja inovadora, única, impactante e muito bonita. Isso faz toda a diferença na percepção dos seus clientes atuais e sobretudo, dos futuros clientes.

Confira a importância do design: Infográfico: curiosidades sobre cores para design de marcas

Cuidados e manutenção de carros envelopados

Um carro envelopado precisa de pouquíssimos cuidados de manutenção. Na verdade, essa é uma das principais vantagens do processo: o seu veículo continua com a mesma dinâmica de antes, podendo ser lavado, ficar exposto ao sol, vento e chuva, só que agora muito mais protegido.

Mas, claro, todo veículo, envelopado ou não, precisa de alguns cuidados e atenção especial, garantindo o seu bom estado de conservação. Não adianta nada saber como envelopar carros se não for feita a correta manutenção.

Como fazer a manutenção do envelopamento:

Se for possível evitar longos períodos de exposição ao sol, essa é a situação ideal.

Mesmo com a proteção contra os raios ultravioletas que o envelopamento oferece, é preciso lembrar que o sol muito forte pode desgastar várias partes do seu carro, como o estofamento do interior e até mesmo algumas partes da mecânica. Isso significa que o sol não é proibido, mas que, em exagero, pode ser ruim para o seu carro.

Outro ponto importante é a limpeza. Com os dias corridos que vivemos atualmente, é uma tendência deixarmos a limpeza do nosso carro em segundo plano, só lembrando de fazer isso quando o carro já está bem sujo.

Essa é uma prática que deve ser evitada: manter um carro limpo, cuidando de todos os detalhes da sua lataria, rodas, e também do seu interior, faz toda a diferença em sua sobrevida e também na sensação de conforto ao se dirigir o carro.

Um bom fornecedor de envelopamento vai conversar com você sobre as melhores dicas de conservação, indicando quais são os produtos adequados para a limpeza e polimento, de acordo com o tipo de película utilizado no processo.

Converse bastante com o profissional no momento da contratação do serviço – esclareça todas as suas dúvidas e saiba como cuidar bem do seu carro.

Quais mudanças no carro são proibidas por lei?

Por mais que o envelopamento de carro ofereça uma série de possibilidades de personalização e estilização do seu veículo, é muito importante estar atento à legislação sobre o assunto, garantindo que qualquer transformação realizada seja aprovada pelos órgãos responsáveis.

Cor:

De todas as leis, a mais importante de se observar é a que diz que se houver mudança de cor em mais de 50% da área total do veículo, é importante pedir a autorização do Departamento de Trânsito do seu estado e emitir um novo documento para o carro, que passa a ser identificado com a nova cor. Vale observar que a contagem da porcentagem da área não prevê as partes envidraçadas.

Essa observação é importante pois garante uma correspondência fiel entre o documento e o veículo, o que é fundamental em caso de compra e venda do mesmo e também para acompanhamento das autoridades, no caso de uma blitz, por exemplo. Isso significa que o documento deve trazer as informações reais do carro e no caso de uma adesivação, a nova cor é chamada de cor fantasia.

Cromados:

A outra restrição em relação ao envelopamento diz respeito aos adesivos cromados. Esses são totalmente proibidos pelo CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) uma vez que o aspecto cromado faz com que a luz seja refletida com facilidade, podendo ofuscar a visão de outros motoristas. Ou seja, além de ilegal, o uso de adesivos cromados é muito perigoso.

Observando essas orientações, não tem erro: o envelopamento do seu veículo pode ser feito com sucesso e tranquilidade, garantindo a você os resultados esperados.

Já sabe tido sobre como envelopar carros?

O envelopamento de carro é uma tendência cada vez mais usada no Brasil, sendo uma ótima solução para quem quer proteger ou personalizar um veículo.

Se realizada com profissionais preparados para o processo, tem resultados extremamente duráveis e satisfatórios. Justamente por isso, é recomendável que você pesquise bastante antes de escolher a empresa que vai fazer a adesivação do seu veículo, garantindo uma escolha adequada às suas expectativas e necessidades.

Agora que você sabe mesmo como envelopar carros, que tal pedir um design bacana, aqui para o pessoal da We Do Logos? Comece pelo seu logotipo e depois expando esse projeto!

CTA08-Blog2016-600x200px-Logo

Não se esqueça de observar a legislação vigente e cuidar da manutenção do seu veículo depois do processo, afinal, não tem como envelopar carros sem seguir tudo que você aprenbdeu aqui direitinho!

No mais, é só aproveitar as inúmeras possibilidades que o envelopamento de carro traz — inclusive para o seu negócio.

Que tal incluir a adesivação da frota em seu planejamento de marketing?

We Do Logos

Sobre o autor dessa postagem

Gustavo Mota

Fundador e CEO da We Do Logos, 35 anos, formado em design gráfico, pós-graduado em Marketing pelo IBMEC. Trabalha com internet há 17 anos. Possui larga experiência em soluções online e fundou uma das primeiras plataformas brasileiras de crowdsourcing, a We Do Logos. Apaixonado por empreendedorismo, é professor de inovação e planejamento, é mentor de startups, consultor do Sebrae/RJ, colaborador e palestrante da Endeavor além de mentor e palestrante de diversos eventos em todo Brasil como o Startup Weekend, Semana Global de Empreendedorismo, Semana do Micro Empreendedor e Feira de Empreendedorismo.