Branding: o que é e qual o objetivo dessa estratégia incrível?

branding

Nesse novo momento do mundo onde vemos o surgimento de várias empresas disruptivas como as startups, vemos que cada negócio já surge com toda uma comunicação visual bem planejada por trás para que o reconhecimento seja imediato, e isso, é o que chamamos de branding.

Branding é  um conceito de criação de uma nova marca, para que de forma visual possa ser expressado tudo que a empresa deseja comunicar ao mercado e principalmente aos seus futuros consumidores.

Atualmente o branding enquanto aplicação se expandiu, e podemos ver outros subtipos da técnica surgindo, sempre voltados a criação de uma marca que funciona dentro de ambientes específicos, principalmente o digital que já está bem estabelecido e ainda tem metaverso chegando logo menos.

Então, vem com a gente acompanhar tudo sobre branding para que você possa estar familiarizado com o termo e de quebra, aproveitar dicas práticas para melhorar a percepção da marca do seu negócio.

Boa leitura.

Decidido de que o branding é a melhor forma de estabelecer a sua marca? Conte com a We do Logos para acelerar este processo criando uma identidade visual única e impactante!

branding o que é

Branding: o que é?

Branding é a forma como uma empresa, entidade, pessoa, grupos e afins gerenciam as suas marcas em um determinado espaço de atuação.

Por exemplo, com a popularidade dos aplicativos de vídeos e redes sociais em geral, temos vários influenciadores digitais surgindo, e essas pessoas só vão longe quando conseguem criar e gerenciar uma marca para si.

Desenvolver um branding ajuda os consumidores, seja do conteúdo de influencers ou de produtos/serviços de uma empresa, reconhecendo rapidamente do que se trata.

As tatuagens, sotaque e forma de se apresentar do Whindersson Nunes é um forma de branding. 

O Felipe Neto quando mudava a cor do seu cabelo era uma outra forma de branding.

O que ambas têm em comum? Mesmo que você não seja fã de nenhuma dessas duas personalidades você provavelmente será capaz de reconhecê-las pois as marcas estão consolidadas na sociedade.

Aquele som “tu-dum” da Netflix é outro exemplo de branding bem construído e que nos mostra que não é apenas visual, mas na verdade um conjunto de maneiras de comunicar sua mensagem, alinhados com os propósitos da sua empresa que constitui uma marca.

Qual é o objetivo do branding?

O objetivo do branding é simples, porém seu impacto é fundamental para qualquer empresa que deseja longevidade no mercado.

Na prática, o branding ajuda a sua marca a ser reconhecida para além da sua logo, por isso trata-se de um conjunto de elementos variados que compõem toda uma experiência ao consumidor.

Esse conceito tem um nome: branding experience e é como as empresas inserem seus consumidores no mundo do negócio, e isso tem uma força grande.

Talvez o maior exemplo de branding experience que temos conhecimento seja o da Disney, que criou um parque temático para que as pessoas se sintam dentro de suas produções, e lá dentro, todos os funcionários tem como objetivo colaborar com a imersão, então, quem entra em Walt Disney World realmente se sente em uma mágica fantasia onde a diversão é garantida.

Claro que a Disney é uma das maiores empresas do planeta, mas a ideia aqui é te mostrar o conceito geral para que você implementa-lo da forma que cabe na sua empresa e que faça sentido para seus clientes.

branding tipos

Quais são os tipos de branding?

Como a marca da sua empresa não se restringe mais apenas ao bom e velho cartão de visita, é preciso entender que o branding hoje em dia é muito mais abrangente e precisamos considerar todos os aspectos envolvidos no crescimento e consolidação da marca.

Podemos dizer que essas “sub categorias” de branding aprimoraram ainda mais a forma como as empresas podem consolidar as suas marcas em vários formatos disponíveis.

Separamos aqui os principais deles para você entender o que tem a ver com o seu negócio.

Digital branding

Digital branding é a construção da sua marca no ambiente digital se aproveitando das ferramentas de cada plataforma para criar uma marca de destaque nesse mercado competitivo.

A ideia que passamos dos influenciadores digitais é uma forma de fazer digital branding, pois esses produtores de conteúdo encontram uma maneira única de criar entretenimento e conquistar muitos fãs.

Para as empresas a ideia é a mesma, porém, você precisa expor seu conteúdo dentro de uma identidade visual que reforça todo o conceito do branding.

Multi branding

Multi branding é o conceito de desenvolver várias marcas dentro da mesma empresa, pensando em atingir um público mais variado e por vezes dentro de um nicho específico.

Um exemplo disso é o Youtube, que hoje tem também as marcas Youtube Music e Youtube Kids, e quando você acessa a comunicação de cada uma delas, vai notar que são bem diferentes entre si, e os elementos já deixam claro onde você está.

É interessante notar que apesar das diferenças claras, é possível notar um padrão da identidade visual da marca mãe, e é isso que o branding se propõe, criar uma marca reconhecível em qualquer apresentação.

Story branding

Story branding utiliza outro conceito também muito aplicado no marketing que é o “story telling”, ou seja a contação de histórias, então, a empresa desenvolve a marca num modelo de história.

Isso gera uma conexão muito maior com o público, pois há uma maior identificação, afinal, todos nós temos uma história e em vários momentos vai haver pontos semelhantes.

Primal branding

Primal branding é uma derivação mais recente do conceito que busca se conectar com o público da empresa de uma forma mais profunda, apelando para os instintos mais básicos das pessoas.

Primal vem da ideia do primitivo, onde há emoções em comum a todos os seres humanos e a construção da marca busca ativar sentimentos específicos que vão criar uma identificação muito mais forte.

branding equity

Branding equity

Outro conceito mais novo é o branding equity que basicamente é atrelado ao valor financeiro que uma marca tem no mercado levando em conta o que ela representa e não apenas o que ela produz enquanto produto ou serviço.

Aquele símbolo famoso do logo da Nike, o Swoosh, conta a história de que foi encomendado para o designer na época em que foi criado e custou algo em torno de 25 dólares, mas hoje, se quiser usar esse ícone em alguma coisa, é preciso pagar um boa grana para a Nike.

Então, esses 25 dólares do trabalho do design não seria nada sem toda a construção que a empresa fez em volta utilizando um forte branding que envolvia colocar os produtos com design exclusivos em vários esportes de alto rendimento.

O equity no caso, é saber que só a marca Nike em si vale muito mais que todos os produtos em seu estoque, e esse conceito pode ser aplicado em qualquer tipo de empresa por meio de um branding bem feito.

Como fazer o seu branding?

Após toda essa explicação de conceitos e exemplos de branding é hora de você começar a aplicá-los na sua empresa.

Caso já tenha uma logo criada, mas que não reflete mais os objetivos da empresa, você também pode buscar um rebranding como já explicamos aqui algumas vezes.

Agora, se você vai construir a sua marca do zero, é necessário desenvolver uma boa estratégia de branding para se consolidar no mercado.

Como fazer com que a minha marca seja conhecida?

Tem aquele jargão antigo que diz: quem não é visto não é lembrado, e apesar de ser um clichê, é tão verdadeiro que deve ser um guia para toda empresa.

Não adianta criar a marca visualmente mais linda do mundo, sendo que as pessoas não vão vê-las, por isso para ser tornar conhecido é preciso divulgar.

As formas de divulgar são várias, então é fundamental ter uma estratégia para fazer isso pensando nas suas necessidades e também no orçamento do seu negócio.

Como fazer o branding da marca Instagram?

As redes sociais surgiram como um veículo de comunicação mais acessível que equilibrou muito o jogo, pois as gigantes e as pequenas empresas têm a mesma oportunidade para anunciar e construir uma audiência.

O Instagram hoje é uma das redes sociais mais fortes em público, então é importante que a sua empresa esteja lá construindo o branding, mas fazendo isso com estratégia.

Na rede social é possível criar campanhas de divulgação a partir de investimentos baixíssimos e ainda direcioná-los ao público que você deseja para sua marca, então se você ainda não investe no Instagram está perdendo tempo, pois com certeza seu concorrente já está lá.

O que é uma campanha de branding?

No meio do marketing digital, o que chamamos de campanha de branding são anúncios que tem como objetivo fazer com que a marca ganhe visibilidade, sem necessariamente tentar vender algum produto ou serviço.

Esse tipo de anúncio tende a performar melhor no quesito alcance, pois como não tem objetivo de fazer os consumidores executarem uma ação específica, ele é melhor incorporado ao feed de imagens.

Principalmente no Instagram e Facebook, os investimentos para fazer uma campanha de branding são baixíssimos, começando em algo em torno de 10 reais por campanha dividida pelos dias de veiculação.

brading vs marketing

Qual é a diferença entre marketing e branding?

Sendo bem diretos, o branding é uma das ferramentas do marketing, assim como a propaganda, então não existe estratégia de branding que não esteja planejada pelo marketing.

O marketing vem junto com a concepção da empresa e tem como objetivo primário vender, seja um produto, serviço ou ideia, e para concluir esse objetivo utiliza estratégia, dentre elas, o branding.

branding profissional

Quanto ganha um profissional de branding?

Assim como outras funções dentro do marketing, há várias hierarquias na execução de um branding, então os salários vão variar muito.

Experiência também conta bastante, então, obviamente um profissional de branding em início de carreira não vai ganhar tanto quanto um expert reconhecido pelo mercado.

Em média, os salários giram entre 5 mil a 18 mil reais a depender da empresa, hierarquia do cargo e competência do profissional.

Branding: exemplos

Não vamos ficar só na teoria, até porque, por mais que você tenha entendido bem o conceito de branding, é importante mostrarmos alguns exemplos práticos para você como funciona a ideia aplicada a um produto ou serviço.

Confira 3 exemplos de branding de gigantes do mercado:

Netflix

Citada aqui anteriormente, a Netflix é um grande exemplo de branding, pois além do seu visual característico do vermelho com o preto, a empresa criou uma marca sonora simples que é o “tu-dum” que todo usuário do serviço de streaming vai reconhecer esteja onde estiver.

A comunicação descontraída da empresa nas redes sociais também ajudou muito a popularizar a marca e conectar com o público que normalmente é uma galera mais jovem.

O design da navegação pelo catálogo da empresa é outra marca a se destacar pois é um dos displays mais intuitivos do mercado, com um visual claro e oferecendo prévias do conteúdo para que você tenha uma provinha antes de dar o play.

Apple

A Apple é um exemplo a ser seguido para construção de uma marca de luxo, pois tudo que a empresa produz é com objetivo de passar uma imagem luxuosa e high-tech, porém utilizando poucos elementos.

Desde o princípio a empresa preza pelo minimalismo, tanto que no lançamento do primeiro Iphone, Steve Jobs fez questão de ressaltar que você precisaria apenas de um botão para fazer tudo.

Para fechar, o que faz do branding da Apple algo tão icônico é o fato de que você reconhece um smartphone ou notebook sem nem mesmo ver a maçãzinha.

Red Bull

O azul e prata de fundo com um touro vermelho na frente já monta na sua mente o que estamos falando, e por isso que a Red Bull executa tão bem o seu branding.

Além do visual, a marca está sempre se associando a esportes radicais para reforçar os atributos do produto que entrega energia para executar essas atividades extremas.

Como descrever a sua marca?

O primeiro passo é conhecer muito a fundo a empresa, e isso sabemos que você conhece, e depois disso é encontrar a forma de expressar isso de uma forma concisa para que seu público consiga captar toda a filosofia do seu negócio.

Claro que isso não é uma tarefa simples, por isso que um bom profissional de branding é tão bem remunerado.

No entanto, para fazer o branding da sua empresa, já existem opções mais em conta que cabem no orçamento da sua empresa, e a melhor delas está aqui na We Do Logos.

Decidido de que o branding é a melhor forma de estabelecer a sua marca? Conte com a We do Logos para acelerar este processo criando uma identidade visual única e impactante!

Conclusão: branding

Por fim, branding é tudo que você faz para construir e consolidar a sua marca junto ao mercado e seus consumidores e por traz disso tem muita técnica envolvida e um objetivo claro.

Mas você não está sozinho, a We Do Logos tem um time de designers incríveis, especialistas na criação de um bom de branding para sua empresa, conheça nossas soluções.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.