Como criar um site profissional? Passo a passo simplificado

como criar um site

A gente sabe que as redes sociais são muito utilizadas pelas empresas, e talvez a sua já esteja nelas, o que é bom, mas está longe de ser o suficiente.

Para ter não só destaque, mas também um controle melhor da sua marca na internet é sabendo como criar um site profissional para aproveitar as maiores vantagens da internet.

Posicionamento no Google, geração de conteúdo, exposição de portfólio, um site profissional pode te oferecer isso e muito mais, desde que você crie aproveitando o que há de melhor em tendência de design e desempenho.

Confira esse guia completo, com um passo a passo bem detalhado para criar um website incrível para bombar ainda mais sua marca na internet.

Boa leitura.

Qual a importância do site para o seu negócio?

Um site hoje em dia ainda é importante para várias coisas, principalmente para uma comunicação concisa e um ótimo alcance, pois as redes sociais muitas vezes não vão entregar a sua mensagem da forma que você precisa.

A primeira coisa que precisamos destacar é que aparecer na primeira página do Google quando alguém pesquisa um produto ou serviço semelhante ao seu, é um baita diferencial, e para isso, só um bom site que vai te dar esse destaque.

Também é importante para geração de conteúdo, ou seja, se você quer falar dos seus produtos ou serviço, dentro do seu site você tem o controle ideal para isso, aliando sempre com um bom design para impactar os visitantes.

Ainda tem outros pontos que vamos abordar mais a frente, porém podemos dizer que um site é a melhor forma de criar um bom portfólio da sua marca, com cases detalhados e exemplos práticos, cujo os quais você pode compartilhar facilmente nas próprias redes sociais que já mencionamos.

como criar um site institucional

Quais são os principais tipos de sites?

Quando pensamos em site temos algumas ideias e exemplos em mente, pois a internet quando começou a se popularizar, tudo era via sites, pois redes sociais ainda não existiam, ou ao menos não tinham o destaque de hoje.

Nos anos 2000 foi quando as coisas começaram a se diferenciar e de fato foram sendo estabelecidos tipos de site com finalidades bem específicas, e isso é um passo importante na hora de escolher qual será o modelo empregado na sua empresa.

Dividimos em 4 tipos principais, cada um com suas vantagens e desvantagens, mas lembrando que a escolha tem que estar alinhada com os objetivos do seu negócio. Confira.

E-commerce

E-commerce é o termo mais moderno e chique para descrever as lojas virtuais do começo da década, pois basicamente é um site que funciona não só como um catálogo de produtos, mas também permite que seja feito todo o processo de venda.

A bem da verdade, hoje em dia o e-commerce acabou se tornando algo muito maior, com todo tipo de integração com aplicativos de pagamentos e empresas de transporte, e o que antes servia só para vender produtos, hoje já é possível comercializar serviços no comércio eletrônico.

Um exemplo do dia a dia? Uber, 99 taxi e outros aplicativos de mobilidade, que tratam um serviço como um produto onde você faz toda a solicitação e pagamento de forma eletrônica.

Para sua empresa, ter um e-commerce pode ser uma ótima opção para alavancar as suas vendas, pois você não ficará mais preso às limitações geográficas.

Institucional

Sites institucionais são os mais utilizados pela empresa, e como o nome diz, são uma maneira de apresentar o seu negócio para os consumidores em potencial na internet.

Geralmente tem pelo menos cinco páginas, onde se dividem em home page, página sobre a história da empresa, produtos e serviços, portfólio, blog e contato.

Funciona como uma forma dos clientes conhecerem tudo sobre a sua empresa, e pode facilmente ser criado junto a uma loja virtual, pois são tipos de site complementares.

como criar um site blog

Blog

Ainda nessa linha de sites que se complementam, temos o blog, que alias é uma das coisas mais importantes pensando em colocar seu site na primeira página do Google.

Também é uma forma de produzir conteúdos relacionados ao seu segmento de atuação e isso é uma boa maneira de construir uma audiência que eventualmente poderão se tornar clientes ativos.

One Page

Os modelos one page podem ser tanto uma simplificação de um site institucional ou até de um ecommerce, o único pré requisito é concentrar tudo numa única página.

Isso é positivo porque concentra as informações em uma única página, o que para muitos pode ser limitante, mas se bem utilizado pode ser uma solução poderosa para entregar a sua mensagem ao seu consumidor.

Quando sites são focados em um único produto ou serviço, uma única página pode ser mais eficiente que um site completo.

Ah, e também nada impede que um site one page possa ter páginas agregadas ao seu domínio, como falaremos a seguir na criação prática de um site profissional.

Como criar um site profissional em 5 etapas

Vamos do zero ao site publicado em 5 passos, sem enrolação para você entender tudo que você precisa para destacar sua marca no mundo online.

Lembrando que algumas coisas são mais técnicas, então pode ser que você precisará de um auxílio profissional nessas etapas, mas em geral, são processos bastantes simples uma vez que você compreende.

como criar um site domínio

1. Registro do domínio

O famoso endereço www.nomedasuaempresa.com.br é o que tecnicamente chamamos de domínio, e funciona como o endereço para localizar seu site dentre os outros na internet.

Assim como um endereço de casa ou comércio físicos, o domínio precisa ser registrado para ter validade, ou seja, para que o domínio seja realmente seu.

Mas alguém pode registrar o nome da minha empresa antes?

Sim, e isso acontece muito viu, por isso o quanto antes você registrar um domínio com o nome da sua empresa, mesmo que ainda não tenha um site, é melhor para garantir.

Um domínio registrado é pago anualmente e é um valor super em conta, então não corre o risco de que outra pessoa “roube” o nome da sua marca e utilize-a.

Categorias de TLDs

TLD significa Top Level Domain, em português seria algo como Domínio de Topo e é aquele nome que vem na sequência do ponto.

No site www.suaempresa.com, o “.com” seria o TLD ou domínio de topo do seu site.

Cada tipo de TLD se refere a uma atuação, e além do .com, temos .adv, .med, .net, .org e por aí vai.

Idealmente, recomendamos utilizar no seu domínio a TLD .com.br, por ser a mais popular, então as chances são que o cliente vai lembrar mais fácil do seu site pensando sempre na lógica nomedaempresa.com.br.

2. Escolha da hospedagem

Se falamos que o domínio é o endereço, o site é a casa, e a hospedagem é o terreno onde ela vai ficar, então, o tamanho da casa vai precisar de um terreno equivalente.

Mas diferente do mundo físico, a hospedagem online pode ser aumentada a depender da sua necessidade, porém isso terá um custo.

Além do tamanho do site, a hospedagem também considera o tráfego, ou seja, quantas visitas simultâneas vão para o site e muitas hospedagens podem não suportar e seu site fica fora do ar.

Por isso, escolha um serviço de hospedagem que consiga atender as demandas da sua empresa.

Tipos de hospedagem para sites

Existem alguns tipos de hospedagem que você pode utilizar e cada uma delas terá capacidades e consequentemente preços diferentes e você precisa analisar o que cabe no seu orçamento e atender suas necessidades.

Um dos tipos mais utilizados para quem ta começando é a hospedagem compartilhada, que é como se vários sites dividissem o mesmo “terreno” e justamente por isso a mensalidade é bem mais em conta.

É ideal para sites no início, que ainda não vão receber muitos acessos.

Já a hospedagem em nuvem tem um preço mais acessível, porém um pouco mais de recursos e capacidade. Existem vários planos de contratação em várias empresas e alguns deles podem variar a depender do quanto você utiliza, por isso os custos podem ser mais atrativos dependendo do estágio do seu site.

Por fim vamos falar da VPS, que é uma hospedagem em servidor privado, e aí não tem limites, você terá a capacidade de armazenagem que precisar, então é um serviço com preços mais elevados, porém você terá maior controle e segurança.

É indicado para empresas que precisam de uma segurança da informação mais robusta.

 O que avaliar ao escolher o provedor

Conforme mencionamos, a avaliação do melhor provedor é aquele com as características que tem mais a ver com a sua operação.

Por exemplo, para autônomos e pequenas empresas, uma hospedagem compartilhada pode ser um bom caminho para poder iniciar e entender o comportamento do seu público.

Ainda assim, dentro das opções de empresas de host, tem várias com os mais variados preços e condições, por isso a recomendação é fazer uma boa pesquisa antes de tomar a decisão, pois nem sempre o mais barato será suficiente.

3. Escolha da plataforma (CMS)

As plataformas CMS são ferramentas de gestão de conteúdo e basicamente são as formas mais práticas e amplamente utilizadas para criação de sites profissionais.

O melhor exemplo de CMS sem dúvidas é o WordPress, cujo mais de 30% dos sites de toda internet utilizam como base.

Além do WordPress, tem o Joomla, Drupal, TextPattern, Radiant entre outros.

A escolha pela plataforma de CMS tem que levar em conta as funcionalidades oferecidas e o WordPress por exemplo é gratuito e você pode utilizar templates previamente desenvolvidos, sendo uma opção bem em conta.

Obviamente que algumas funcionalidades vão demandar a instalação de temas, que seriam como softwares que vão agregar ainda mais funções tanto em design quanto desempenho, mas nesse caso, algumas são pagas.

Novamente, faça uma escolha que atenda suas necessidades pensando em custo benefício.

como criar um site estrutura

4. Definição da estrutura do site

Definido o CMS, aí sim você pode pensar melhor na estrutura para expor as informações e também o design do seu site.

Dentro das plataformas existem vários temas e templates com estruturas e designs pré definidos que podem ser um bom ponto de partida para montar o seu site.

Mas fica aqui a recomendação de sempre buscar o auxílio de quem sabe do assunto, como os Web Designer aqui da We Do Logos.

5. Criação de um layout e design profissional

Por fim, o quinto passo é desenvolver um layout com design profissional, pois se você quer se destacar mesmo no competitivo mercado online, você precisa fazer algo que seja impactante.

Sim, as plataformas de CMS trazem alguns modelos prontos, mas você realmente quer ter um site igual a vários outros? Ou pior, parecido com um de seus concorrentes? As chances são que usando os templates prontos o resultado seja bem medíocre.

Com um webdesigner profissional trabalhando no visual do seu site, você terá de fato algo único, totalmente alinhado com a identidade visual da sua marca, por isso é a opção mais assertiva na hora de criar um site.

como criar um site principais

Dicas para criar um site que gere resultados

Depois desses 5 passos, você já terá um belo site para chamar de seu, mas isso é tudo?

Não, você quer que ele seja acessado pelos seus potenciais clientes e para isso, temos algumas dicas que vão ajudar.

Primeiro de tudo é pensar que além de bonito, seu site precisa ser direto, então não polua muito e deixe as informações mais claras possíveis. Quem entra no seu site geralmente quer saber logo sobre o que se trata, e se tiver que ler muita coisa ou navegar por muitas páginas só pra entender o que se trata, é sinal que seu site não está eficiente.

Outra coisa, seu site não pode demorar para carregar, principalmente porque muita gente acessa do celular, e site lento significa site pesado, ou seja, que consome mais dados para ser acessado.

Nessas horas, tente equilibrar a quantidade de informações e imagens, e de preferência crie sites responsivos, que se adaptam para funcionar bem no celular.

Como a We Do Logos te ajuda na construção do seu site?

Site profissional feito por quem entende do assunto é na We Do Logos, e temos experiência em todos os tipos de site, até porque, primeiro entendemos o que é o seu negócio para só assim criar algo que tenha a ver com a sua marca.

Independente do tamanho da sua empresa, pode vir com a gente, pois desenvolvemos planos para caber nos mais variados orçamentos e você conseguir ter um site profissional com design único e verdadeiramente impactante.

Conheça nossos planos e também alguns exemplos de sites incríveis que nosso time já criou para os mais variados segmentos.

Conclusão

Ter um site profissional é ter pleno controle da sua marca na internet, e ainda poder otimizar o uso das redes sociais criando vários canais de comunicação com seu consumidor.

Hoje você viu os 5 passos simples e diretos para criar um site do zero, mas o mais importante é buscar uma solução profissional que caiba no seu orçamento, e na We Do Logos, temos a solução perfeita para você, confira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.