Arrase criando as mais belas embalagens para doces

Dizem que não se deve comprar um livro pela capa. Mas quando se trata de guloseimas… Hummm… A embalagem para doces tem que dar água na boca!

Esse tipo de embalagem costuma ser colorido. O exemplo clássico são aqueles bombons finos, com papel metalizado, em cores brilhantes, muito dourado e celofane também. E mesmo os chefs de cozinha, ao prepararem um prato, capricham na apresentação…

Seja para confeccionar uma embalagem para doces finos ou produzidos em massa, como chocolates e balas, alguns cuidados precisam ser tomados.

Na verdade, a embalagem, considerando qualquer tipo de produto, tem diversas funções. E vamos conferir algumas delas antes de falarmos especificamente daquelas destinadas aos doces.

A influência do design em qualquer material de lojas de alimentação é muito importante. Quem entende de empreendedorismo concorda com essa afirmação.

Prova disso é o case de nosso cliente, o restaurante carioca Point do Macarrão, que, assim que começou a criar sua identidade visual de forma profissional com a ajuda da We Do Logos, notou aumento de vendas e até recebeu propostas para franquear seu negócio. Confira o CASE de Sucesso.

Veja mais: A importância da embalagem para vender mais e o case Doritos

Confira mais dicas para criar uma identidade visual perfeita para sua loja de doces e conquistar seus clientes!

15 funções e vantagens de uma boa embalagem

1. Proteger o produto.

2. Facilitar o transporte e o deslocamento.

3. Permitir empilhamento na estocagem.

4. Chamar atenção no ponto de venda.

5. Passar informações técnicas ao consumidor.

6. Diferenciar seu produto.

7. Permitir o uso da marca em destaque.

8. Facilitar a percepção de características e benefícios pelo consumidor.

9. Reforçar a identidade visual da marca.

10. Facilidade de comunicar promoções com pequenas modificações de layout.

11. Estimular a repetição de compra.

12. Servir como recipiente do produto para o consumidor mesmo depois da compra.

13. Em alguns casos (potes de vidro, caixas de plástico etc.), é usada pelo consumidor em seu dia a dia, após o uso do produto.

14. Permite diferenciar sabores, linhas de produto, cores e outras características no PDV.

15. Pode estimular a compra em grande quantidade, no caso de embalagens “família”.

Veja também: A embalagem como ferramenta de marketing

Como você percebeu, uma boa embalagem pode fazer toda diferença em seu negócio.

E no caso de embalagem para doces isso pode se potencializar ainda mais. Isso porque os doces fazem parte tanto de nossos desejos de infância como da satisfação de nosso paladar quando adultos, sendo muito relacionados a festas e comemorações.

Com toda essa “importância” em nossas vidas, vamos passar para você, agora, algumas dicas sobre a criação de embalagens de doces.

Mas, antes disso, que tal conferir a excelência do trabalho de nossos designers de embalagens? Dê uma olha olhada nessas 38 embalagens de doces (pão de mel) criadas para a Indústria de Panificação Dona Célia. São de dar água na boca…

Dicas para criar embalagem para doces

1. Tenha muito mais cuidados nas informações

Doces são deliciosos, mas devem ser consumidos com moderação. Por isso, as embalagens devem advertir seus consumidores sobre calorias, porções recomendadas, riscos à saúde etc.

Quanto ao doce diet ou light, é preciso deixar claras as características que fazem o produto se enquadrar nessas categorias, entre outros cuidados.

Esse tipo de abordagem oferece mais transparência ao cliente, que sente que pode comer sem culpa — ou, ao menos, com uma culpa consideravelmente menor.

Portanto, busque as informações mais relevantes para o seu mercado consumidor e as acrescente na embalagem de maneira adequada.

2. Crie embalagens para doces vazadas e com recortes

Às vezes, o seu cliente nem está com tanta vontade de comer doce naquele exato momento. Porém, os sentidos trabalham juntos e a visão pode atiçar o paladar.

Ao ver um bombom com aspecto super crocante ou um brownie bem macio, o cliente pode ser convencido pelo estômago a comprar o doce em questão.

Faça seus consumidores comerem com os olhos… Dependendo do doce, uma abertura (protegida por material transparente, de preferência) mostrando toda a beleza da guloseima pode despertar o desejo de experimentá-la no consumidor.

Se o doce tiver algum recheio, confeito ou detalhe especial, pode valer a pena deixá-lo à mostra para atrair os clientes mais facilmente.

3. Decida entre cores chamativas ou discretas

Uma embalagem para doces finos possivelmente pedirá cores mais discretas ou, eventualmente, algo mais exclusivo (em preto e dourado, por exemplo).

Já no caso dos doces mais populares, para chamar a atenção no ponto de vendas, as embalagens podem ser bastante coloridas, como é o caso dos famosos M&M.

Outro ponto consiste em usar cores tradicionais da categoria, como os chocolates em barra, que costumam ser ou azuis ou vermelhos. Você já viu algum chocolate em barra com embalagem verde?

Nesse momento, o ideal é pensar na marca em si e no público-alvo de interesse. As cores devem transmitir a mensagem adequada e chegar ao cliente da maneira correta, trabalhando tanto para chamar a atenção de uma maneira positiva como também para convencê-lo da compra.

4. Abuse do appetite appeal

Appetite appeal poderia ser traduzido como “apelar para o apetite”. Isto é: criar embalagens com imagens e fotos que despertem o apetite e a vontade de comer em seus clientes.

Um recurso muito utilizado é colocar novas sensações na embalagem em si. Uma tortinha de maçã, por exemplo, vai ficar muito mais interessante e atraente se a sua embalagem contiver uma foto dela bem quentinha, com a fumaça saindo.

A característica principal aqui é fazer com que o cliente quase salive só de ver a foto, fazendo com que ele seja capaz de praticamente sentir o gosto somente olhando para a imagem em questão.

5. Aposte em fotos marcantes de ingredientes

Belas fotos de chocolates escorrendo, morangos suculentos, caldas brilhantes, frutas frescas… Tudo isso pode contribuir (e muito!) para as vendas do produto que está dentro da embalagem de doce.

Imagine, por exemplo, que o objetivo seja vender um pão de mel bem recheado. Nesse caso, dá para usar fotos com um recheio em bastante destaque, quase escorrendo.

Essa é uma forma de criar expectativa no cliente sobre o que vai ser encontrado dentro da embalagem, de modo que ele possa avaliar se gosta ou não dos ingredientes usados.

6. Exiba fotos de pessoas consumindo

Esse tipo de apelo fotográfico é tão poderoso que foi proibido no caso de bebidas alcoólicas.

Mostrar a família reunida consumindo algum bolo em uma embalagem de preparados para esse tipo de doce, por exemplo, sempre trará boas lembranças e sentimentos afetivos para vários perfis de consumidores.

Isso está ligado a um gatilho mental conhecido como prova social. Basicamente, ele diz que as pessoas ficam mais propensas a tomar uma atitude quando veem outras seguindo esse mesmo padrão.

Porém, tome cuidado com essa técnica, pois os clientes têm que se identificar. Sendo assim, é importante que as pessoas consumindo o doce na foto tenham a ver com quem você pretende atingir.

7. Lembre-se da proteção à integridade de seu doce

A embalagem para doce deve levar em conta a delicadeza de alguns deles e protegê-los adequadamente.

Cupcakes, por exemplo, precisam ficar bem firmes dentro de suas embalagens, para que não cheguem às casas dos clientes como grandes misturas de bolos com coberturas indefinidas.

Já produtos que não são consumidos de uma só vez precisam ter embalagens que os protejam de condições exteriores (como o calor ou mesmo as bactérias). Isso vai trazer mais segurança para os clientes e garantir uma percepção melhor das mercadorias após a compra.

8. Considere uma embalagem brinde

Quem é que não gosta de ganhar presentes? Certamente seus clientes amam, então esse é um ponto a ser explorado na hora de criar uma embalagem.

Aproveite potes de vidro ou caixas de plástico para criar embalagens funcionais, que serão verdadeiros brindes para o cliente!

Uma caixinha de chocolates que sirva como porta-lápis, uma sacola funcional ou uma embalagem plástica que possa fazer parte da cozinha, por exemplo, são pontos certeiros para ajudar a conquistar clientes.

Outra vantagem dessa estratégia é que sua marca vai ficar sempre em exposição, fazendo com que os clientes olhem para a sua logo e lembrem-se da sua marca constantemente.

Confira: O poder da embalagem no momento de venda.

Para conseguir criar o resultado perfeito, entretanto, é importante contar com profissionais da área. Assim é possível garantir que o seu produto chame atenção pelos motivos certos e conquiste o paladar de cada vez mais clientes.

Se você precisa criar embalagens ou outros materiais de comunicação, como sacolasuniformeslogos e até banners para sites, conte com a We Do Logos, o maior site de concorrência criativa da América Latina.

Basta cadastrar sua empresa e enviar seu pedido de material de comunicação para os mais de 80 mil designers cadastrados no site. Em 24 horas você já recebe dezenas de propostas de diversos designers, cada um deles com alguma ideia diferente, para que você escolha a melhor de todas.

Além disso, é possível interagir com os designers online, pedindo ajustes e melhorias até chegar ao material perfeito para seu negócio. Quer mais vantagens? Bom, caso você não goste de nenhuma das opções enviadas, pode pedir seu dinheiro de volta.

Que tal experimentar agora mesmo e criar uma linda embalagem para doces? E não deixe de compartilhar esse conteúdo nas redes sociais (Facebook e Twitter) e facilitar a vida de seus amigos também!