3 dicas para manter e valorizar seus funcionários

É crescente a oferta de profissionais qualificados disponíveis no mercado de trabalho. Muitos deles, até mesmo os recém-formados, apresentam no currículo cursos e estágios que agregam ainda mais conhecimento à formação acadêmica. Entretanto, o salário não é mais o único atrativo para que as pessoas busquem e aceitem novos empregos.

Atualmente, os profissionais – principalmente da chamada geração Y – procuram oportunidades em empresas que possuem valor para clientes, parceiros e equipe, e também proporcionem uma série de experiências diferenciadas. Por isso, quando um colaborador se sente infeliz ou insatisfeito com a função que está exercendo em determinada companhia, é comum que peça o desligamento da empresa e passe a pesquisar novos empregos. Com essa alteração na realidade do mercado de trabalho, é um desafio diário para as empresas mostrarem reconhecimento aos seus colaboradores e valorizarem a sua equipe. Pensando nisso, separamos três dicas que contribuem para as organizações manterem seus funcionários. Confira!

Confie nos seus colaboradores

Se os coordenadores e supervisores da sua empresa são orientados a acompanhar e participar de todas as tarefas da equipe, saiba que isso não é bem aceito por todos os colaboradores. Capacitá-los para desempenhar as tarefas de forma autônoma é a melhor opção, pois assim eles sentirão confiança no seu trabalho.

Além disso, dar mais espaço para que os próprios funcionários descubram caminhos diferentes para solucionar problemas faz com que eles encontrem novas ferramentas para otimizar o processo. Incentivar os colaboradoes a repassarem o conhecimento também contribui para a geração de lideranças dentro da empresa – depois esse mesmo colaborador por virar um coordenador de alta performance, por exemplo.

Envolva-se

Como foi dito no item anterior, é importante que os funcionários tenham espaço para desenvolver suas habilidades. Mas vale lembrar que, apesar de gostarem de ter autonomia e liberdade para fazer novas criações, eles também devem saber que precisam se reportar a uma gerência e entregar resultados. Por isso, o coordenador deve estar sempre à disposição para dar apoio, ideias ou tirar dúvidas.

Solicite ajuda

Pedir ajuda não é sinal de fraqueza, mas, sim, de consciência de que é necessária uma segunda pessoa para auxiliar no desenvolvimento de tarefas. Coordenadores demonstram humildade quando solicitam ajuda aos seus subordinados, pois mostram que confiam na equipe, mesmo que estejam em cargos mais altos.

Os funcionários também gostam de ser requisitados nesses momentos para mostrar seu potencial e ganhar a confiança do superior. Além disso, envolver toda a equipe num projeto grandioso pode gerar novas ideias e melhorar o resultado final.

 

Você tem alguma outra prática para manter e valorizar os funcionários em uma empresa? Compartilhe sua experiência nos comentários.