Busca INPI: confira o passo a passo para encontrar marcas e patentes

INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual) é uma órgão federal para dar legitimidade ao uso de marcas, patentes e outros registros a pessoas físicas e jurídicas. A instituição protege os direitos das criações intelectuais que envolvem processos industriais em suas produções.

Ao fazer uma busca no INPI, o interessado analisa se o nome, marca ou patente pretendida para registro está liberada, ou seja, se ainda não existe ou não possui registro.

Confira mais detalhes nesta postagem.

FER 11 https://materiais.wedologos.com.br/busca-inpi

Saiba mais: Como patentear um nome: aprenda o passo a passo

Por que registrar no INPI?

Criações, invenções e processos de variados fins não podem ser plagiados, copiados ou replicados. Sua reprodução é clandestina e quando observado seu uso indevido, a marca ou patente plagiadora pode se submeter a um processo judicial por uso indevido, violando o direito autoral.

Isso significa que quando um dono de um processo intelectual registra sua invenção, ideia, criação, processo, marca ou patente no INPI estará legalmente protegido e autorizada sua comercialização.

Por isso é importante fazer a busca no INPI e registrar sua ideia no órgão federal, como forma de fazer a gestão de riscos em sua empresa e evitar ser copiado indevidamente.

Como se faz busca de marca e patente?

Antes de colocar o nome, marca ou patente para ser comercializado ou em circulação no mercado, a busca no INPI pode ser feita de forma bem fácil e rápida. Não há necessidade de login ou senha para isto.

Basta procurar o segmento de registro de interesse no site, clicar na opção desejada e aguardar surgirem os resultados. Acompanhe o nosso passo a passo com as explicações abaixo.

Busca de marca

A marca é um símbolo visual, ícone, figura ilustrativa ou logotipia (texto), criada para representar ou identificar a empresa ou seu segmento. Sua principal característica é distinguí-la de outras marcas.

No Brasil, não é possível proteger sinais sonoros, gustativos e olfativos. Ou seja, receitas culinárias, sabores, cheiros e sons não podem ser registrados como marca ou patente. Obras musicais, por exemplo, são protegidas pelo Escritório de Direitos Autorais da Fundação Biblioteca Nacional (EDA) e pela Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro, ambas no Rio de Janeiro.

Para fazer uma busca no INPI por marca, o interessado deve acessar o site do INPI (www.inpi.gov.br), ir à opção “Serviços” ao lado esquerdo da página, depois em “Busca” e em seguida clicar em “Marca”.

Uma página abrirá com um campo vazio. Ali, deve-se escrever o nome da marca que se deseja buscar. Em seguida, basta clicar em “Pesquisar” e aguardar os resultados.

Confira a página do INPI para busca de marca.

Veja também: Como registrar uma marca de roupa pela internet?

Busca de patente

Diferente da marca, a patente está associada ao desenvolvimento de uma tecnologia ou produto, através de um processo de melhorias de ferramentas.

Um exemplo é um sistema operacional de telefone ou para computador. Há também eletrodomésticos como fritadeiras com tecnologia a ar (fritam sem óleo), esta última já patenteada e comercializada.

Inventores desses processos ou outras inovações que também usam melhorias de processos de ferramentas devem fazer busca de patente para registrar suas criações.

Há dois tipos de patentes disponíveis: Patente de Invenção (PI) e Patente de Modelo de Utilidade (MU).

A busca INPI para patentes está disponível no www.inpi.gov.br. Para realizar a busca propriamente dita, vá em “Patente”,  e em “Faça a sua busca”. Em seguida, clique no link “Patente”.

O site permite fazer a busca usando uma palavra exata ou aproximada, referente ao assunto. Há também as buscas usando nome, CPF e até o CNPJ do inventor.

Confira a página do INPI para busca de patente.

Veja todos os tipos de buscas no INPI

Além de marcas e patentes, há outros tipos de proteção intelectual que podem ser registradas pelo INPI. Antes do registro, é possível fazer a busca dos seguintes segmentos:

  • Marca;
  • Patente;
  • Desenho Industrial;
  • Programa de computador;
  • Transferência de tecnologia;
  • Informações Tecnológicas.

Desenho Industrial

A proteção intelectual voltada para o desenho industrial (DI) envolve objetos e também os aspectos ornamentais do objeto. Relógios, brinquedos, veículos, estampas e móveis são alguns exemplos.

Para fazer uma busca por desenho industrial, basta acessar “Desenho Industrial” no link “Serviços” do site do INPI. A pesquisa feita por anônimos não requer login e senha, portanto, para prosseguir com a busca, clique em “Continuar”. Na página que irá se abrir, clique em “Desenho Industrial”.

É possível realizar a busca no INPI por autor, CPF do autor e nome do depositante. O site também permite procurar um registro de desenho industrial por número de pedido e por palavra-chave.

Veja mais: Saiba por que você deve registrar sua Marca

We Do Logos