Confira os 13 passos para abrir uma empresa

O povo brasileiro é, por si só, um povo empreendedor, e isso demonstra coragem. Quantos de nós já não nos esbarramos com a vontade de montar um negócio. Seja numa situação de desemprego, seja pela vontade de ganhar autonomia?

Se você tem uma ideia de negócio e quer colocar em prática, veja agora quais são os primeiros passos para abrir uma empresa e saiba que neste processo você terá também que desenvolver a paciência.

Um dos primeiros passos para abrir uma empresa é fazer uma breve pesquisa de viabilidade de nome na Junta Comercial. Em seguida, o empresário deve fazer uma consulta prévia de endereço na Administração Regional onde será a sede do negócio, para verificar se o endereço permite a realização de atividade econômica da empresa.

Dica: quer abrir sua empresa? Então você precisa conhecer o Guru PME.

identidade visual da marca

Está decidido a abrir a sua primeira empresa? Em qual área você irá atuar? Seja qual for, alguns passos são necessários para que essa meta saia do papel e transforme em realidade. Para ajudar, listamos os passos que devem ser seguidos para abrir uma empresa.

Passos para abrir uma empresa: 13 etapas para não se perder no processo

1. Escolha ficar na legalidade

Não pule etapas: um dos mais importantes passos para abrir uma empresa é procurar um contador para auxiliar no processo e conseguir as documentações da abertura do negócio. Este profissional poderá recomendar qual será o melhor sistema tributário para o seu empreendimento e também irá te ajudar a montar um cronograma, com os dias de pagamento dos impostos e informar o melhor dia do mês para fazer um balanço.

2. Tipo de empresa

Você pode abrir uma empresa individual, sociedade empresária limitada para quando você tem um ou mais sócios ou sociedade simples limitada para quem atuará na área científica, literária ou artística.

3. Tipos de Participação

Caso a sua empresa seja aberta com uma ou mais pessoas é necessário escolher o tipo de participação de cada um. No caso do sócio-administrador, a pessoa desempenhará funções dentro da empresa. Pelo menos um dos sócios precisa assumir esse papel, o que não impede que todos os sócios sejam sócio-administrador. É válido ressaltar que ele tem direito ao pró-labore.

Há também o sócio-quotista, que é o que não trabalha na empresa, mas participa dos lucros e prejuízo, sem direito ao pró-labore. É importante que você saiba que caso um dos sócios seja funcionário público,  ele deve consultar a sua instituição para saber se pode ser um sócio-administrador. A maioria das vezes não. O mesmo vale para o aposentado por invalidez que não pode ser sócio-administrador, apenas sócio-quotista.

Veja também: 10 dicas para criar nomes de mascotes para empresas

4. Nomes

Um dos mais importantes passos para abrir uma empresa. Você terá que definir o nome fantasia da sua empresa, que nada mais é o nome pelo qual ela será conhecida pelos clientes. Dependendo do caso, é interessante registrar a marca no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial).
Será necessário também cadastrar o nome empresarial. Para empresa individual será usado o nome do titular, já para a mista pode ser o nome civil completo de um dos sócios, com o complemento “& companhia”, ou “& CIA” ou pelo nome de dois ou mais sócios.

Nome é um dos mais  importantes elementos da identidade visual de uma empresa. Conheça o case do restaurante Point do Macarrão que escolheu a We Do Lodos para desenvolver toda sua identidade visual: História de sucesso – Point do Macarrão.

Veja também 26 exemplos de criação de nomes de empresas desenvolvidos por meio da We Do Logos para um construtora.

Criação de nome online

Confira: Como escolher nome para empresa: 3 obrigações e 9 proibições

5. Capital Social

É necessário informar o capital social que nada mais é do que o valor gasto para começar o negócio. Por exemplo, se você montou uma loja, quanto você gastou ou gastará com estoque inicial, prateleiras, balcão e local? Esse é o capital social da sua empresa.

6. Atividades

Quais atividades serão desempenhadas? É importante que você saiba que uma só empresa pode desempenhar mais de uma atividade, dependendo a área de atuação. Os ramos de atividades são: indústria, comércio atacadista, comércio varejista, prestação de serviços.

7. Cópias de documentos

Separe as cópias e os originais dos seguintes documentos e obtenha o CNPJ junto à Receita Federal:

  • Cópia autenticada do RG;
  • CPF do titular;
  • Cópia do comprovante de endereço da empresa.

Veja se é necessário ou não fazer a inscrição estadual. Algumas empresas são isentas.

8. Inscrição municipal

Procure a prefeitura com os dados de CNPJ e demais documentos para fazer a inscrição municipal. Isso é obrigatório. Aproveite para dar entrada no alvará de funcionamento e ver as normas locais para que seu estabelecimento possa funcionar.

9. Registro no INSS e demais órgãos

Este registro é obrigatório e deve ser feito diretamente no Posto da Previdência Social. Além disso, é preciso se cadastrar em outros órgãos de acordo com a legislação do tipo de atividade que você vá desenvolver. Por exemplo, se você está abrindo um hotel para cães é obrigado a ter um medico veterinário responsável e cadastrar o estabelecimento no Conselho Regional de Medicina veterinária.

10. Crie sua marca

Depois de tudo definido, é importante que você tenha uma logo, um site e materiais personalizados com a sua marca.

11. Registre sua marca

Não corra o risco de encontrar alguém com o mesmo nome que você. De repente, o negócio começa a se consolidar e, se alguém registrou a sua marca, será preciso mudar o nome.

Além disso, quando for decidir o nome da empresa, faça uma consulta na internet e decida por um nome com domínio ainda vago. Ter um site ou mesmo um blog com informações sobre a empresa é vital para a saúde de seu negócio. Aproveite para conhecer nosso aplicativo Registro de Marca, e veja se o nome que deseja está disponível para uso, além de acompanhar em tempo real sobre todo o processo com o INPI.

passos para abrir uma empresa

Saiba mais: Como registrar uma marca: 5 passos para proteger seu negócio

12. Seja realista em relação aos gastos

O segredo do sucesso de um negócio é sempre um bom planejamento. Não seja muito otimista para não levar nenhum susto. Além disso, é preciso que o empresário tenha dinheiro no caixa para pelo menos três meses sem lucro.

13. Invista em marketing

Na hora de planejar os primeiros passos para abrir uma empresa, consulte os profissionais da We Do Logos. Eles desenvolverão sua identidade visual, logomarca e todos os trabalhos de divulgação e publicidade que você precisar de uma maneira profissional, econômica e inovadora.

passos para abrir uma empresa

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.