10 erros mais comuns na aplicação da tipografia

Nós sabemos que para leigos, a tipografia pode parecer algo bastante simples: escolha uma fonte, um tamanho do corpo de texto e escreva. Mas designers sabem bem que aplicá-la de maneira harmônica e correta em um layout requer muito mais!

Quando bem sucedida, a tipografia facilita a leitura, é coerente e ainda deixa uma peça esteticamente bonita. E para que você tenha sucesso em suas peças gráficas, nós listamos os 10 maiores erros de aplicação de tipografia. Veja o que você deve evitar:

1. Texto com tamanhos de linhas mal calculadas

O número de caracteres em uma linha afeta diretamente a legibilidade de um texto. Estudos indicam que linhas muito curtas diminuem a velocidade de leitura e compreensão, uma vez que o olho vai ter que gastar mais tempo indo e voltando.

Ao mesmo tempo, linhas muito compridas fazem com que o leitor tenha mais dificuldade em retomar a leitura onde a seguinte começa. Nestes casos, o leitor costuma reler a frase anterior para ter certeza que está na linha correta.

Portanto, se você não acertar no tamanho da linha, você pode afetar a compreensão do texto. Para que um design seja fluido, a largura ideal está em torno de 50 e 60 caracteres.

10 erros mais comum na aplicacao da tipografia

2. Leading Insuficiente

O Leading, também conhecido como “espaço entrelinhas”, também deve ser levado a sério. Se ele está muito apertado, seu layout vai parecer truncado. Embora não exista uma regra fixa e absoluta sobre qual é o número certo, você deve se basear no que julga esteticamente correto. Simplificando: observe se algo é legível ou não.

É importante lembrar, porém, que fontes diferentes exigem entrelinhas diferentes e que o corpo da fonte também vai influenciar nessa medida.

3. Pouco tracking

O espaçamento entre os caracteres também é um elemento fundamental para a boa fluência de leitura. Sabemos que em logotipos, capas de livros e até mesmo cartazes, reduzir o tracking é um hábito muito comum entre designers – há vezes em que valores negativos são utilizados para que as letras se sobreponham. O resultado pode até ser algo esteticamente bonito mas quando se trata de um texto muito longo, isso é um erro. Para saber se o seu tracking está adequado, você pode fazer este teste: cheque se as letras “AV” estão legíveis e se há uma diferença clara entre “w” e ”vv”.

4. Muito tracking

Assim como o pouco tracking é um erro, exagerar nos valores também pode prejudicar o seu trabalho. Para acertar, defina os valores padrão da própria fonte – isso provavelmente vai te dar os melhores resultados. De qualquer forma, é preciso avaliar o que esteticamente funciona.

5. Confusão entre tracking e kerning

Enquanto o tracking é aplicado a um grupo de caracteres, o kerning é o ajustamento de espaço entre duas letras próximas. Quando você vai fazer um logotipo ou alguma outra peça tipográfica, você deve prestar atenção nesses valores e avaliar se a fonte que você escolheu tem o mesmo espaço entre fontes próximas. No caso do kerning, evite deixar os valores automáticos porque eles podem apresentar erros de alinhamento.

6. Escolha ruins de duas ou mais fontes combinadas

Com a facilidade para encontrar novas fontes e com o número absurdo de fontes existentes, você pode ficar meio perdido ao combinar em um projeto todas as que te encantam. Crie um layout harmônico misturando diferentes tipos de fonte e criando constaste entre elas. Escolha fontes que se complementam.

Vale dizer que você consegue resultados bonitos fugindo a regras. Um exemplo de quem faz isso de maneira majestosa é a Esquire Magazine. Então, não tenha medo de ousar também.

7. Não prestar atenção no corpo das fontes

Também por conta da enorme variedade de fontes disponíveis, escolher como combinar tamanhos de corpos de textos pode ser algo complicado. Um peso que funciona em títulos não necessariamente vai funcionar no texto.

Portanto, para acertar na escolha, opte por fontes lineares, clássicas e de fácil leitura. Além disso, lembre-se qual é o propósito do seu texto e escolha corpos de texto de acordo com isso.

8. Escolha errônea de cores

O maior erro aqui é escolher cores com tonalidades muito semelhantes para o fundo e para a fonte. Isso pode causar até o abandono da leitura, em alguns casos.

9. Alinhamento centralizado em toda a peça

A formatação centralizada do texto prejudica a leitura porque faz com que as frases pareçam desconectadas. Não bastasse isso, é muito difícil um layout ficar esteticamente bonito quando tudo está centralizado. Não é impossível, mas é difícil.

10. Muito espaço depois da ultima palavra

Muita gente não se apega a esse detalhe mas é algo que deixa um leitor incomodado. Lembre-se de verificar se o seu projeto está bem finalizado e que as frases não possuem espaço duplo depois dos pontos finais.

Veja também!

Como escolher a tipografia ideal para o seu projeto
12 fontes grátis de tipografia
Tipografia: Como acertar e quais os melhores sites de download

Esses são os erros mais conhecidos em design tipográfico. Você se lembra de algum outro? Conta para gente colocando seu comentário abaixo. Agora que você já sabe mais que muitos outros profissionais de design, que tal se destacar? Onde? No WeLancer!

Só no WeLancer você tem acesso a centenas  de empreendedores em busca de um profissional que crie a identidade visual do seu negócio. É a melhor maneira de você garantir uma grana extra e criar um portfólio sem precisar sair de casa. Acesse o site WeLancer.com e participe!