5 livros que os empreendedores devem ler

A Nascente, de Ayn Rand (1943)

 

 

Segundo o chefe do fundo First Round Capital, Charlie O’Donnell, A Nascente é um livro que mostra a paixão e os dilemas enfrentados por qualquer empreendedor. O romance é baseado em Howard Roark, arquiteto obstinado e intransigente que precisa lidar com aqueles que o invejam e tentam destruí-lo.

 

Out of the Crisis ( sem versão em português), de W. Edwards Deming (1982)

 

 

Roger Ehrenberg, sócio da IA Capital Partners, conta que qualquer negócio, independente de seu tamanho, pode se beneficiar com as lições do livro, que passam desde o respeito para com os funcionários até a coleta e análise de dados.

 

O autor W. Edwards Deming (1900-1993) foi um consultor internacional em gestão da qualidade e da produtividade. Em Out of the Crisis detalha 14 pontos da gestão, de forma simples e objetiva, para transformar a administração de seu negócio.

 

The Four Steps to the Epiphany, de Steven Gary Blank (2005)

 

Para Babak Nivi, fundador da Venture Hacks, é muito próximo a um manual de como criar startups. O livro procura mostrar o que diferencia uma startup de sucesso daquelas que não dão certo, além do um passo a passo de como organizar as vendas, o marketing e o desenvolvimento de negócio de uma nova empresa ou produto.

Reality Check, de Guy Kawasaki (2011)

 

 

Guy Kawasaki é um veterano empreendedor do Silício. No livro Reality Check oferece dicas de como as empresas são fundadas e administradas. Para a fundadora do Brazen Careerist, Penélope Trunk, o livro é como o post de um blog a cada página surge um novo aprendizado.

 

Blink, A Decisão Num Piscar De Olhos, de Malcolm Gladwell (2005)

 

 

De acordo com Paul Jozefak, sócio da Neuhaus Partners, o livro traz ótimas orientações para o momento em que é necessário tomar uma decisão. Escrito pelo jornalista Malcolm Gladwell, o livro discute a capacidade de tomar decisões sem recorrer a um raciocínio lógico ou uma profunda análise. Através de casos reais mostra os primeiros segundos de reação a um estímulo podem ser decisivos e, até mesmo, definitivos.

Fonte: Exame