Como fazer um bom anúncio de imóveis novos à venda online?

Os jornais e os anúncios tradicionais já não são o bastante para sanar as necessidades dos consumidores ao procurar por imóveis novos à venda disponíveis para comprar. Você, como corretor imobiliário, já está presente na internet? Quais as técnicas utilizadas por você para atrair os clientes em potencial até os seus anúncios? Algumas perguntas como estas devem ser feitas, sempre que possível, para si mesmo. E, em caso de resposta negativa, é preciso ter ciência de que algo deve ser feito para mudar essa realidade.

Mesmo com toda a concorrência do mercado e com as novas técnicas que os profissionais do ramo vêm utilizando, é válido saber que sempre é possível encontrar a melhor saída para estar à frente dos outros corretores, sem precisar derrubar ninguém, apenas se destacando por mérito próprio.

A descrição de imóveis é um dos pontos fortes para as vendas e pode fazer com que, cada vez mais, os consumidores se sintam atraídos por seus empreendimentos. Na hora de preencher as informações vale usar a criatividade, empatia, empenho e, principalmente, transparência, transmitindo realmente o que o domicílio é.

Descrição é o alvo

Antigamente, os corretores de imóveis eram quase obrigados a reduzirem a descrição de seus imóveis, já que os anúncios eram feitos em jornais de papel e cada palavra era cobrada. Diferente de hoje que quanto mais texto na descrição, melhor – desde que tenha relevância. A internet não só modificou a maneira de negociação dos produtos disponíveis no mercado, mas também a maneira como as pessoas usam a tecnologia para encontrar imóveis para alugar e comprar.

O que não pode faltar no anúncio?

Algumas informações, que às vezes são esquecidas pelos corretores imobiliários mas são necessárias, devem estar presentes na divulgação dos empreendimentos, como:

  • Metragem da área privativa.
  • Uso das áreas sociais – em caso de apartamento.
  • Quantos carros cabem na garagem ou quantas vagas são disponibilizadas por apartamento.
  • Número de dormitórios.
  • Valor do condomínio.

Quanto mais informações a descrição apresentar, mais fácil será para os consumidores localizarem seu imóvel. Fazer uma lista com as características e infraestrutura do empreendimento também serve para alavancar suas vendas.

Escrita do texto de divulgação

Como dito anteriormente, os corretores não precisam mais reduzir o número de palavras dos anúncios. Portanto, evite o uso de abreviações na escrita da descrição dos imóveis, visto que muitos consumidores podem se confundir, levando em conta que nem todos conhecem o significado das abreviações.

O ponto de exclamação também é outro item que não deve ser usado em excesso, já que isso não passa uma boa impressão para o cliente, pois pode, muitas vezes, indicar uma frase “gritada”. Depois de produzido, vale colocar o texto no Microsoft Word, já que essa ferramenta indica algumas palavras que estão com a ortografia errada e o espaçamento incorreto, auxiliando na revisão gramatical do conteúdo.

Convide o cliente para uma visita

Faça com que o cliente sinta vontade de conhecer mais profundamente o imóvel. Abordagens do tipo “conheça este lindo imóvel”, “agende uma visita conosco”, “converse com um de nossos corretores”, podem transmitir uma sensação de liberdade para que o comprador marque uma ida ao local.

Divulgação

As redes sociais são uma das melhores formas para quem quer divulgar sem precisar gastar muito e ainda atingir uma grande quantidade de pessoas. Facebook, Twitter e Instagram são boas ferramentas para segmentar os seus clientes em potencial. Por isso, não perca tempo e crie uma Fan Page para a sua marca e deixe seus seguidores cada vez mais informados sobre o mercado imobiliário.

Agora que tem essas dicas, basta começar a fazer bons anúncios para os seus imóveis na internet. Caso ainda tenha qualquer dúvida, deixe um comentário para nós.