Cinco conselhos de Abilio Diniz aos novos empreendedores

 

Abílio Diniz é presidente do conselho de administração do grupo Pão de Açúcar e foi um dos palestrantes do evento CEO Summit 2011, evento organizado pela Endeavor e pela Ernst & Young Terco.

 
Diniz tem anos de experiência no mercado e pode ser considerado um ícone do empreendedorismo brasileiro. Durante a apresentação o empreendedor citou três episódios marcantes em sua vida: a briga com a família, a quase quebra do Pão de Açúcar nos anos 90 e o sequestro que sofreu.

 
“Não vou fazer uma lista enorme dos erros que cometi. O importante é meditar sobre os seus erros e, se tiver que cometer, que cometa novos erros. Eu acredito muito que as pessoas crescem na adversidade” disse aos participantes.
Leia cinco conselhos do empresário aos novos empreendedores.

 

 

Complexidade do varejo
Foi uma surpresa para os participantes ouvirem Diniz falar que não saberia que tipo de negócio abriria nos dia de hoje, e mais ainda quando falou que certamente não seria o varejo.
“Eu amo o que faço, mas não faria de novo. Estou nessa há 52 anos. Tem muita inspiração, mas muito mais transpiração. É um negócio complexo demais”, para ele sobrevive na área quem for bom em TI e logística.

 

 

Sócios
“Eu sempre convivi com sócios e não vejo nenhum problema nisso. A chave para ter sucesso e viver bem em parceria é fazer um bom contrato”, diz. Abílio também aconselha a colocar tudo no papel. “Escreva tudo, vá à exaustão e discute tudo que tem que ser discutido ali. As chances de brigar são mínimas”, afirma.

 

 

Crescimento
Apesar das crises, as empresas devem ter em mente progredir com o negócio e não parar onde como está e a internacionalização faz parte disso, porém ressalta: “É importante atacar novos desafios, enfrentar as coisas. Antes de internacionalizar precisa ser referência no seu país e saber por que você vai sair.”

 

 

Equilibre trabalho e lazer

 

Diniz sugere e conta a importância de equilibrar o trabalho e a vida pessoal, pois conseqüente mente um irá refletir no outro. Quando o foco esta direcionado somente a uma área a outra fica prejudicada.
“Precisa ter equilíbrio entre trabalho e outras atividades. Não adianta focar em um só. Ou você olha para esse equilíbrio ou vai se atrapalhar. Precisa fazer seu esporte e ver seus filhos e sua mulher”, aconselha.

 

 

 

Atenção as pessoas e aos processos
Quando algo esta errado atente-se aos colaboradores e nos processo de trabalho. “Empresa é gente e processos. Se tem algo errado, procura direito que vai cair em um dos dois” diz.

 

(via)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *