Cloud computing: todos os segredos revelados!

Cloud computing é uma das grandes alternativas de produtividae nas empresas, atualmente.

Também conhecida como computação na nuvem, em português, está relacionada à:

Gestão e armazenamento de arquivos, de diferentes tipos, em servidores de empresas especializadas em oferecer espaço digital remotamente.

Mas o que isso quer dizer, afinal?

Quer dizer que muito daquilo que se fazia em máquinas isoladas, dificultando o compartilhamento de informações e a troca de ideias de forma colaborativa, agora etá ao alcance de todos, por meio dos mais diversos dispositivos móveis, de onde estivem e em tempo real.

Na verdade, muitas pessoas, sem saber, utilizam cloud computing todos os dias, por exemplo, ao usar o site do banco, usando o e-mail ou salvando arquivos na internet.

Todos esses exemplos configuram em modalidades de computação na nuvem, que veio para facilitar avida de to mundo!

Tecnicamente, é uma alternativa que  consiste na transferência de um servidor local (para atender as necessidades de armazenamento de dados da empresa) para um servidor externo, no qual é possível contratar apenas o espaço necessário (entenda melhor o conceito de armazenamento em nuvem – como funciona).

Quais as vantagens do cloud computing para PMEs?

O cloud computing oferece benefícios para empresas de diferentes tamanhos, mas para as PMEs, se apresenta como um negócio particularmente vantajoso, dada a economia que é possível com o recurso e a importância de reter custos operacionais nas pequenas e médias empresas.

A mudança de um servidor local para o computação em nuvem, entretanto, deve ser analisada pelo empresário para que possa efetivamente apresentar os resultados esperados.

Em outras palavras: chame uma empresa especializada em Cloud Advisor para te ajudar a decidir como fazer essa migração de tecnologia com os menores custos possíveis.

Segundo uma pesquisa realizada pela Oxford Economics (empreendimento comercial da faculdade de administração da Universidade de Oxford) e pela SAP (empresa alemã de softwares de gestão de empresas):

35% das migrações desta natureza são dificultadas pelo desconhecimento dos envolvidos no processo organizacional sobre os benefícios da mudança.

Para que esses riscos sejam eliminados na hora de mudar sua empresa para a nuvem e todos os seus benefícios, conheça algumas das vantagens proporcionadas pelo cloud computing.

As 5 principais vantagens do Cloud Computing:

1- Integração da equipe

Com os arquivos salvos na nuvem é possível que mais de um profissional acesse o material simultaneamente, realizando as alterações necessárias. Além do trabalho conjunto, também é simplificado o acesso de diferentes integrantes da equipe, que podem trabalhar colaborativamente, aumentando a produtividade.

O cloud computing se mostra vantajoso também para PMEs e trabalhadores autônomos que precisam com frequência enviar materiais para fornecedores, parceiros e clientes, pois não exige migrar o conteúdo de lugar para que ele possa ser acessado.

Com as limitações de e-mail quanto ao tamanho de anexos, o recurso simplifica o trabalho conjunto e a integração de equipes.

2- Acesso facilitado

Diferentemente de um servidor local, os arquivos armazenados na nuvem podem ser acessados de qualquer lugar com acesso à internet, tanto em computadores quanto em dispositivos móveis.

Essa facilidade de acesso aos arquivos de qualquer lugar proporciona mais agilidade na aprovação de materiais, por exemplo, assim como a edição e o acréscimo de comentários.

3- Segurança dos dados

Atualmente, os serviços de cloud computing são reconhecidos pela segurança que fornecem aos usuários. Os riscos de perda de arquivos devido a problemas no hardware local e mesmo no software são reduzidos, pois todas as alterações são automaticamente salvas, impedindo que trabalhos sejam perdidos e haja necessidade de retrabalho.

A segurança também se estende aos serviços investirem em plataformas criptografadas e com certificados de segurança, exigindo que cada usuário só tenha acesso com um login e senha individuais. Da mesma forma que registra todas as alterações realizadas e o autor de cada mudança, evitando que o recurso seja utilizado de forma inapropriada pelos colaboradores.

4- Economia de recursos

O cloud computing permite que a PME economize recursos financeiros e físicos.

Inicialmente, a adoção da alternativa extingue a necessidade de compra frequente de softwares e também os custos recorrentes para atualizações. Diversas plataformas oferecem editores online diretamente, evitando esses custos.

A necessidade de um servidor local e no-breaks ligados 24 horas para evitar perdas de arquivos também é extinta, fazendo com que haja uma economia tanto em número de aparelhos necessários para o desenvolvimento das tarefas, como em redução de custos adicionais — como energia elétrica e sistema de refrigeração desses equipamentos.

5- Custo-benefício

A computação na nuvem oferece redução real nos custos operacionais de uma PME, além de permitir mais agilidade e praticidade na edição de arquivos, armazenamento e compartilhamento desses dados. Isso permite que o negócio aumente a segurança financeira e só gaste com TI o realmente necessário, pois poderá adquirir pacotes de acordo com as reais necessidades da empresa.

É comum que empresas com servidores locais tenham um alto custo de manutenção para disporem de um espaço de armazenamento minimamente utilizado, impedindo que a PME invista em recursos que são realmente necessários para o crescimento saudável do empreendimento.

Como saber se está na hora de migrar para o cloud computing?

Para definir se essas vantagens se enquadram na realidade do seu negócio, pense sobre alguns aspectos da PME, tais como:

  • Atualmente existe um gasto excessivo para manter softwares;
  • O servidor local gera um gasto de manutenção desproporcional com sua funcionalidade;
  • As equipes têm dificuldades de integração dos trabalhos;
  • Perde-se muito tempo com transferência de dados para colaboradores, fornecedores e clientes;
  • Ocorrem perdas frequentes de documentos importantes por problemas no armazenamento desses arquivos.

Caso qualquer uma dessas situações sejam frequentes na empresa, a alternativa de migrar esses processos para o cloud computing deve ser investigada e algumas ferramentas podem ser pesquisadas.

Quais ferramentas de computação na nuvem eu posso utilizar?

Diversas empresas de tecnologia, como Microsoft, Google, Dropbox e outras desenvolveram serviços próprios de cloud computing. Normalmente o serviço pode ser selecionado pelo pacote que mais atende às necessidades da empresa, tanto quanto ao espaço disponível (que pode ser expandido), como aos recursos possíveis.

Se sua empresa precisar de uma consultoria para entender qual é a solução de cloud computing mais adaptada para sua empresa, é exatamente o proposito da Safetec (clicar aqui para acessar o site).

Dropbox

O Dropbox é da empresa norte-americana de mesmo nome e é utilizado principalmente para o armazenamento e compartilhamento de arquivos de diferentes tipos.

Entre os benefícios do recurso, ele pode ser acessado por dispositivos móveis e pode ser usado por diversas áreas da empresa. As pastas são protegidas por senha para áreas confidenciais, como o RH, por exemplo. Ele possui planos para pessoas e para equipes.

Google Drive

O Google Drive é o sistema de cloud computing do Google e usuários com e-mail do Gmail têm direito a 15 GB de armazenamento. Para empresas, são indicados planos profissionais que oferecem mais espaço e recursos.

A ferramenta também pode ser usada para serviços como documentos, planilhas e apresentações Google, que permite que o arquivo seja criado diretamente na nuvem e possa ser acessado de qualquer dispositivo que tenha permissão.

Office 365

O Office 365 é o serviço de cloud computing da Microsoft (office na nuvem) que inclui o OneDrive para armazenamento de arquivos, além de permitir a edição e compartilhamento de arquivos. Por ser da própria Microsoft, a ferramenta permite utilizar os editores mais tradicionais, como Word, PowerPoint e Excel, além de outros recursos da empresa.

O ideal é que, antes de optar por um dos serviços de cloud computing, o empresário faça uma avaliação minuciosa das necessidades da PME e quais recursos são necessários para otimizar os processos internos e aumentar a produtividade da equipe.

Isso permite escolher a ferramenta com melhores condições de atender às demandas da companhia e também um plano que ofereça um custo-benefício mais atraente.

O cloud computing é um dos recursos que podem fazer sua PME crescer; mas o empreendedor deve estar sempre buscando novas formas de melhorar o custo-benefício das estratégias que adota.

Quer conferir algumas dicas exclusivas? Confira nosso post Turbine seu negócio com estas 14 dicas de empreendedorismo!