Design – um grandes fatores de competitividade

Atualmente, o design se destaca como um dos principais fatores de competitividade para o sucesso de uma empresa, desde o desenvolvimento de produtos e serviços até sua comercialização, por meio da otimização de custos, embalagens, material promocional, padrões estéticos, identidade visual, adequação de materiais, fabricação e ergonomia. Além disso, também é um fator essencial de estratégia de planejamento, produção e marketing.

Entenda por que o design é um dos grandes fatores de competitividade

A globalização e o aumento da concorrência acirraram a briga pela preferência do consumidor o bombardeado, cada vez mais, com excessos de informações, superexposição de marcas, serviços e produtos e nesse cenário, talvez uma das perguntas mais frequentes seja: qual a percepção que o cliente tem da minha empresa, dos meus produtos e dos serviços que ofereço? Como crio grandes fatores de competitividade?

influencia do design no processo de compras

Para respondê-la, é preciso entender e analisar a importância de uma boa identidade visual, assim como entender que o design pode ser um fator de competitividade e de diferencial para as organizações nos dias atuais.

Afinal, uma boa identidade visual não é apenas um logotipo ou um símbolo bonito. É todo um conjunto de aplicações que visa transmitir para os consumidores e para o mercado a real personalidade da empresa.

Um design impactante que converse bem com todos os públicos é um grande fator de competitividade, assim como os materiais de papelaria, catálogos, pintura de frotas (verdadeiros outdoors ambulantes), sinalização, assinatura de anúncios e peças promocionais, identificação dos produtos etc. são peças fundamentais na criação de uma identidade visual única e coerente com a cultura da organização.

O design tem também uma enorme importância na gestão. Valorizar o design é garantir competitividade ao produto e desenvolvimento à empresa, desde que realizado por profissionais experientes, que saibam adequar recursos da empresa, necessidades do mercado e metas a serem alcançadas.

Como conquistar meu público com o design certo?

Já vimos que o design é um dos fatores de competitividade que vão influenciar o sucesso da sua marca e a popularização e identificação do público com a sua identidade visual. Isso também quer dizer o design certo irá diferenciar sua marca frente aos concorrentes e pode ser um dos fatores de sucesso do seu empreendimento.

A identidade visual, e aí estão inclusos as cores, formas e traços escolhidos, é o meio pelo qual o público irá identificar a marca. Acertar na identidade escolhida, sendo capaz de transmitir os valores, diferenciais e objetivos da empresa, despertando empatia no público, é o primeiro passo para criar um vínculo com o cliente, que a partir de então será capaz de identificar a empresa por um único elemento da identidade visual.

Por exemplo, um cliente da Lacoste, ele precisa de um único estímulo visual para que despertem as sensações experimentadas com aquele produto. Essa capacidade da marca de se comunicar com seu público por meio de um único símbolo ou traço é, por si só, um diferencial de mercado.

Mas para que haja essa empatia com a identidade visual ela deve possuir uma série de cuidados que remetam a fatores que sejam capazes de despertar sensações positivas. Confira algumas dicas!

Crie uma identidade visual atraente!

O design é um fator de competitividade, mas o que tornará sua identidade visual competitiva? Vamos acompanhar algumas dicas que podem fazer diferença na hora de criar uma identidade mais assertiva.

quanto-custa-um-logo

  • Tenha auxílio profissional: criar uma identidade visual não deve ser uma tarefa amadora, pelo contrário, exige muito profissionalismo para transmitir as ideias desejados de uma maneira clara e objetiva.
  • Saiba quais valores quer transmitir: é na identidade visual que a empresa terá condições de transmitir os próprios valores e visão. Para isso deve contar o auxílio de um design que será capaz de comunicar esses valores utilizando traços, símbolos e cores adequados.Conheça seu público-alvo: saber quem aquela identidade visual pretende atingir é fundamental para que ela carregue os elementos necessários para atingir determinadas características do público. Por exemplo, uma empresa com público adolescente deverá ter elementos distintos de uma companhia que queira atingir um público de meia idade.Tenha em mente seu diferencial: a identidade visual não deve ser algo com milhares de elementos que traduza cada um dos objetivos da companhia, entretanto deve ser capaz de transmitir os valores principais e o diferencial, como agilidade, tempo de mercado, inovação etc.

Veja mais dicas no post “Como criar uma nova identidade visual”!

Coloque a identidade visual em prática!

Não adianta elaborar com todo o cuidado a identidade visual da sua empresa e não a colocar em prática no dia a dia do negócio. Além da presença fundamental no produto ou serviço que será entregue ao cliente, a identidade deve ser utilizada em outras situações, como no próprio espaço físico do empreendimento, nas campanhas tanto internas quanto externas, no marketing, publicidade, comunicação interna etc. isso porque a identidade deve ser enaltecida tanto para os clientes quanto para os próprios colaboradores e fornecedores.

Um cliente que se identifique com o design da empresa, espera encontrá-lo em todos os contatos com a empresa. É essa presença contínua que irá permitir que o cliente se identifique e crie laços com a companhia no processo conhecido como encantamento e fidelização do cliente, quando ele passa de um mero comprador da marca, para uma pessoa que promove a marca nos seus círculos.

Beleza é fundamental!

Não espere pelo futuro. Crie suas oportunidades e faça com que o design de sua marca e de seus produtos sejam um fator de competitividade presente em seu negócio.

Conte com a ajuda de profissionais para fazer a comunicação visual de sua empresa e abrir grandes vantagens competitivas através de um design atraente e impactante. Utilize os serviços de uma plataforma de concorrência criativa. Este tipo de plataforma coloca em concorrência vários profissionais para realizar um projeto. No caso da criação de uma identidade institucional, por exemplo, vários redatores e designers enviarão propostas para seu projeto, de acordo com suas exigências.

Gostou da ideia? A We Do Logos conta com mais de 85.000 designers e redatores cadastrados prontos para atender empresários e donos de empresa. Leia um pouco mais para entender melhor todos os benefícios de criar um projeto de sucesso na We Do Logos:

Se você gostou desse conteúdo achamos que você também pode gostar do post “Design como fonte de inovação e competitividade” onde explicamos um pouco mais sobre a relação entre os fatores de competitividade da empresa e o design!

Rodapé-conheça-a-WDL

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.