Inadimplência das empresas pode subir nos meses seguintes

Inadimplência das empresas cresce 21% em abril de 2011, o sexto avanço mensal consecutivo. Já a perspectiva da inadimplência do consumidor avançou 1,7% no mês, o sétimo avanço mensal seguido.

“Este resultado sinaliza que, a exemplo do que vem ocorrendo com a inadimplência do consumidor, a inadimplência das empresas também deverá exibir um ciclo de elevação nos próximos meses”, afirmou a Serasa.

Os economistas do Serasa avaliam que os juros elevados, devido ao aperto monetário em vigor, manterão pressões sobre os custos financeiros das empresas, principalmente no segundo semestre deste ano. No caso do consumidor, os especialistas avaliam que os indivíduos possuem mais dificuldade de honrar seus compromissos, já que fatores como o maior grau de endividamento, a alta da inflação, o encarecimento do crédito e as perspectivas de um crescimento da economia e do mercado de trabalho neste ano geram mais dificuldades.

“A rodada de renegociações salariais de importantes categorias profissionais neste segundo semestre e o patamar baixo, em termos históricos, do desemprego deverão impedir um crescimento mais acentuado da inadimplência do consumidor, sinalizado pela manutenção ainda abaixo do nível 100 do indicador de perspectiva”, ressaltam os economistas, em nota.


Fonte: http://g1.globo.com

http://economia.uol.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *