Conheça diferentes tipos de acabamentos para materiais

Todo material impresso tem como principal objetivo comunicar: desde a criação do layout, passando por todas fases, até o acabamento gráfico. Obter a melhor qualidade deve ser a maior preocupação do designer e também dos clientes. Cada vez mais a diferenciação qualitativa, visual e sensorial torna-se uma vantagem competitiva. A obtenção de contrastes e combinação de materiais pode ser a chave para conseguir esse complemento tão desejado.

Capas de livros, cadernos, catálogos, folders e embalagens são algumas das aplicações que mais usam os recursos de acabamento gráfico a seu favor. Conheça agora os principais recursos que você deve conhecer para tornar seu produto ainda mais bonito.

Corte e Vinco

carinhas1

O acabamento mais comum é o refile ou corte. As folhas de impressão comportam diversas unidades do impresso que normalmente são impressas em conjunto. Para a separação delas, o refile é feito usando guilhotinas ou estiletes. Essa técnica é usada em cartazes, folders, folhetos, ou seja, todo material em formato linear.

Algumas peças, como revistas e folhetos, precisam ainda ser dobradas. Esse tipo de acabamento é feito de forma automatizada em dobradeiras quando a gramatura do papel é pequena. Para os mais grossos, em geral acima de 150g, é necessário antes fazer o vinco no papel para que ele não quebre ao dobrar.

Laminação

É um dos recursos mais conhecidos para acabamento. Consiste na aplicação de uma película plástica sobre o papel usando uma mescla de cola e calor. Essa película pode ser fosca ou brilhante, ter padrões de cores, texturas, etc. No entanto, ela não pode ser retirada após a aplicação sob o risco de danificar o material.

Com um custo um pouco mais elevado, ele é usado para proteger o impresso e também conferir maior nobreza. Na versão fosca o toque fica mais agradável, com aspecto acetinado. Esse tipo de acabamento é amplamente usado em capas de livros e revistas, capa de catálogos e cartões de visita.

Aplicação de verniz

cartao_de_vista_com_verniz_localizado2

Também chamado de “coating”, a aplicação de verniz pode ser feita em toda a superfície do material ou de forma aplicada, conhecido como aplicação de verniz localizado. Esse recurso confere alto brilho ao impresso, um aspecto visual mais atrativo e de maior durabilidade. A vantagem em relação à laminação é que pode ser usado em baixas gramaturas, e por isso é um acabamento muito usado em capas de revistas.

Ainda em comparação à laminação a durabilidade é um pouco menor, assim como custo. Existem vernizes de alto brilho, texturizados e até mesmo com aroma.

O verniz localizado é muito utilizado após a aplicação da laminação fosca, gerando maior contraste nas áreas de aplicação. É muito usado em capas de livros, capas e miolo de catálogos, embalagens e cartões de visita.

Outros acabamentos

Há ainda uma enorme variedade de acabamentos especiais, que fazem impressos diferenciados como: Hot Stamp, Relevo Seco, Aplicação de raspadinha e numeração e flocagem.

Mas esses nos vamos falar em uma próxima vez…

saiba qual o melhor acabamento para seu material

Se inspirou com esta explicação? Conte mais para gente o que achou. Se ainda não tem o material da sua marca mas com as dicas acima já ficou ansioso para ver o resultado, conheça a We Do Logos, a maior plataforma de design da América Latina.

É a melhor opção para você construir a identidade completa da sua marca, desde criação do Logo até um site completo. Faça como outras 15.000 empresas, acesse a We Do Logos e receba no mesmo dia propostas de dezenas de profissionais e se nada te agradar, devolvemos o seu dinheiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *