Top Designer – Minho Design

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[abaixo]

 

Nome: Alex Mitsuo Hirakawa
Cidade: São Paulo
Estado: São Paulo
Apelido no WDL: Minho Design
Projetos: 488/ Vitórias: 26

Resuma-se em uma frase:  “ Faça a sua parte, sem se preocupar com a dos outros…”

 

 

We do Logos – Como você começou no design?

Alex Mitsuo Hirakawa. Interessei-me apenas na época que prestei o vestibular e estava pesquisando sobre as profissões e, até o momento, fazia apenas ilustrações/quadrinhos por diversão e não conhecia o design. A escolha em prestar essa área, foi por acaso e pelo interesse nas matérias. Após ingressar na faculdade, fui conhecendo todas as ramificações da área e fiquei empolgado com os materiais que eram criados. Com o tempo o interesse foi aumentando, conforme aprendia as teorias e suas aplicações. Após isso, atuando no mercado, fui procurando mais referências e conhecimento. Em busca de especialização fiz a pós-graduação em Design Gráfico.

 

 

WDL – Onde você busca inspiração?

AH. Em tudo. Pela diversidade de material e de público-alvo, acho necessário estar buscando inspiração em tudo (não apenas visual, mas, o que você toca ou escuta, pode ser representado visualmente) e em todos os lugares. Além do conhecimento teórico, é necessário ter repertório visual, por isso, frequento diversos tipos de lugares, diversos públicos, a partir disso você adquiri referências que ajudam na inspiração.

 

 

WDL – O que levou você ao We do Logos?

AH. O início de uma carreira como autônomo, ví a oportunidade de uma renda extra, quando lí a reportagem sobre a WDL. A visibilidade alcançada pela empresa pode impulsionar a carreira do profissional.

 

 

WDL – O Que os designers devem fazer para ter sucesso no We do Logos?

AH. Percepção! Ler atentamente, o briefing e os comentários do cliente, para entender o que ele deseja, sua necessidade e pesquisar sobre a área de atuação da empresa (produtos, concorrentes, público alvo, entre outros).

A paciência e ética são fundamentais. Muitas vezes, o projeto vai ser parecido com o do concorrente ou algum logotipo que já existe (porém, não tinha conhecimento do mesmo) e, nessas horas, é preciso reconhecer o erro e voltar para a mesa com o mesmo desejo de criar um conceito novo e melhor do que o anterior.

Aprimorar é necessário, saber analisar as performances em cada projeto que participa, independente se é o vencedor ou não, sempre existem lições que possa levar para outros projetos.

 

 

WDL – O que você mais gosta em ser designer?

AH. A influência que ela possui no mercado, atuando nos “bastidores” de uma empresa, essa força atua de forma convincente em cima dos clientes e, principalmente, público alvo. Ter o conhecimento necessário para satisfazer todos eles, é algo que me satisfaz muito, traz muita inspiração e vontade de continuar produzindo, cada vez mais, materiais melhores.
Trabalhar com design gráfico me faz bem. Chegar a boas soluções me motiva, independente de aprovação ou não do cliente.

 

 

WDL – Quais são os 5 projetos criados por você no We do Logos que o resultado mais lhe agradou?
AH. Dudow,  WD.ME!,  Multiplic,  Lmotos,  Skill

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[abaixo]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[abaixo]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[abaixo]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[abaixo]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[abaixo]

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *