Você sabe o que é crowdfunding?

Quando alguém tem uma boa ideia para um projeto, nem sempre ela tem o dinheiro para colocá-lo em prática. Antigamente, as formas mais populares de conseguir verba eram com o financiamento de instituições financeiras ou a divisão de investimentos por sócios.

No entanto, com o advento da tecnologia, todo este processo de coleta de dinheiro se tornou mais simples. Você já ouviu falar do crowdfunding? Esta ferramenta vem ganhando cada vez mais espaço na internet e no coração dos empreendedores.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue lendo o texto!

O que é exatamente esta ideia?

O crowdfunding é um termo usado para falar de “financiamento colaborativo”. Ou seja, diversas pessoas que se identificam ou acreditam em um projeto contribuem com pequenas quantias para sua realização.

Esta é uma forma de arrecadar o dinheiro que você precisa através de pessoas que estão dispostas a participar.

O modelo de negócio funciona por meio de uma plataforma on-line em que o autor expõe sua ideia e o valor necessário para a realização. Assim, pessoas que se interessam podem colaborar com o valor que dispuserem.

Em troca o financiador recebe uma recompensa que varia de acordo com o negócio. Se o projeto for um filme, o investidor pode ganhar entradas para a pré-estreia ou uma cópia gratuita, por exemplo.

Na maioria das plataformas, o montante acumulado é entregue apenas quando as doações batem a meta do projeto em prazo estipulado. Caso contrário, o dinheiro volta automaticamente para os financiadores. O site fica, geralmente, com uma comissão de 5%.

Quais as vantagens do crowdfunding?

O crowdfunding vem revolucionando a forma de se fazer negócios nos dias atuais. Por conta de sua praticidade e comodidade, a ideia vem ganhando cada vez mais popularidade, especialmente entre os jovens. Veja aqui algumas de suas vantagens!

Mais variedade para investir

Antigamente, era muito mais complicado investir em um projeto em que você acreditava. A polarização de investimentos em grandes cidades ou em empresas específicas acabou se tornando um problema para os pequenos empreendedores.

No entanto, com o crowdfunding este cenário muda consideravelmente. Isso porque, graças à internet, um fiador de qualquer lugar do mundo pode financiar aquele projeto em que acredita, sem ter que estar, necessariamente, envolvido com aquilo. Esta atitude facilita a vida tanto do empresário quanto do financiador.

Maior segurança para seu dinheiro

Investir via crowdfunding é extremamente seguro, sobretudo porque as plataformas afins costumam oferecer um sistema de segurança dentro de seus sistemas.

Para receber o dinheiro, a meta final do projeto deve ser batida e, durante todo o processo, é preciso dar provas de seu desenvolvimento. Assim, não existe o risco de você ter investido em uma furada ou de não receber aquilo que o site coletou.

Diminuição do custo inicial

Publicar sua ideia on-line é uma ação que não custa nada e pode atrair investidores. Se antes era necessário comprar espaços em revistas e jornais, com o crowdfunding é possível encontrar investidores para o seu projeto sem gastar um centavo.

Flexibilidade de investimento

Acabaram os dias em que era preciso investir alto em um projeto. O crowdfunding permite que o fiador aplique uma quantia que caiba em seu bolso e que irá ajudar na produção daquela proposta.

É possível coletar dinheiro de várias pessoas para um mesmo projeto, não é preciso que cada uma delas desembolse uma quantia muito expressiva (a menos que ela queira) para fiá-lo.

Maior afinidade com a atividade a ser desenvolvida

O diferencial do crowdfunding é o fato de ser investido por pessoas que possuem afinidade com suas ideias e desejam participar dessa realização. Trata-se de uma oportunidade para quem deseja tirar um projeto do papel e colocá-lo em prática.

E como funciona?

A lógica de funcionamento do crowdfunding é simples: uma pessoa que acredita ter uma boa ideia para empresa ou um projeto se cadastra em uma plataforma de captação de dinheiro on-line e publica sua proposta.

Neste post, é preciso explicar detalhes do projeto (com a ajuda de vídeos e infográficos), além estipular qual será o valor total para ser arrecadado e em quanto tempo.

Também é preciso especificar em quais áreas determinadas quantias serão aproveitadas. Dependendo da política da plataforma, este projeto precisa ser pré-aprovado.

Após a publicação, o conteúdo fica disponível no website para que investidores o conheçam e, caso gostem, doem determinada quantia para a proposta indicada. Ao arrecadar o valor necessário, o projeto é finalizado e o empreendedor pode começar a colocar sua ideia em prática.

Caso não bata sua meta, o empreendedor sai da plataforma, sem receber nenhuma quantia de dinheiro; mas também sem pagar nada ao site.

Quais são as plataformas mais conhecidas de crowdfunding?

Mundo afora, a cada dia aparecem mais e mais plataformas on-line de crowdfunding. Veja aqui aquelas que já estão mais estabelecidas no mercado!

Kickstarte

Uma referência do crowdfunding é o site americano Kickstarte, que já atingiu a marca de mais de 380 mil pessoas na busca de recursos para realizar suas ideias. As propostas são diversas e vão desde filmes independentes a discos com produção caseira. O Brasil já começa a se adaptar ao novo modelo de financiamento.

Kickante

No país, uma das plataformas mais usadas é o Kickante, que oferece ao empreendedor a opção de receber a quantia arrecadada apenas caso a meta seja batida, ou independente de bater a meta. Caso escolha a última opção, a taxa administrativa a ser paga, se a meta não for alcançada, é de 17,5%.

Esta é uma opção especialmente atrativa para artistas e pequenos empreendedores que já possuem algum tipo de patrocínio ou fundo inicial, e poderão tocar o projeto mesmo sem o financiamento integral via crowdfunding.

Vakinha

O Vakinha on-line é um dos sites mais conhecidos pelos brasileiros e também é de fácil entendimento. Seu nome já diz tudo: ele é uma espécie de vaquinha entre aquelas pessoas que acreditam em um projeto. Sua taxa de administração é relativamente menor do que a das outras empresas, variando entre 2,99% a 6,4%, além de R$ 0,40 sobre o valor de cada contribuição.

Catarse

O Catarse é a segunda plataforma brasileira de crowdfunding e um dos mais populares. No site, há apenas a opção de campanhas “tudo ou nada”, ou seja, em que a pessoa leva o dinheiro apenas se alcançar a meta estipulada. Os projetos precisam ser aprovados pela plataforma, o que leva até 4 dias para acontecer.

Você está precisando de financiamento para colocar sua ideia de negócio no mercado? Já pensou em aproveitar o crowdfunding? Compartilhe o post nas suas redes sociais e troque ideias com outros empreendedores sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *