5 motivos para webdesigners entenderem de SEO

Atualmente, há fortes indícios de que webdesigners precisam aprender as boas práticas de SEO e utilizá-las no design de websites. Com a disputa por atenção na internet cada vez maior, não adianta apenas ter um produto excelente, é preciso que ele seja visto quando alguém digita um termo relacionado no Google. E mais: é preciso que apareça nos resultados de busca orgânica, e não em links patrocinados. Por quê? Mais de 72% dos usuários deposita mais confiança nos links orgânicos. Fora isso, há pelo menos 5 razões para webdesigners aprenderem sobre SEO. Falaremos delas abaixo:

1. Mais Backlinks recebidos

As pessoas adoram projetos bem desenhados e adoram falar sobre eles. No mundo virtual, “falar sobre um site” equivale a um backlink para seu site, o que melhora sua posição no ranking dos motores de busca. Vai dizer que você nunca indicou um site no qual sua experiência de navegação foi positiva? Ou amaldiçoou e falou mal para todo mundo daquele site horrível, lento e confuso? Seus clientes agem da mesma forma.

2. Mais interações nas mídias sociais

A validação social de uma marca é importante, em um contexto de SEO, pelo menos. Mesmo assim, a maioria dos designers vai decorar quase que automaticamente seu conteúdo com os botões obrigatórios de “curtir” e “compartilhar”, quando poderiam dedicar um pouco mais de tempo pensando em como tornar o usuário mais suscetível a compartilhá-lo. E o melhor: você pode utilizar a ferramenta de compartilhamento para compreender melhor os processos de pensamento do usuário.

webdesigners entenderem seo

Digamos que você divida a sessão de compartilhar em duas partes: primeiro para quando o leitor termina o artigo e possa demonstrar que gostou do conteúdo com a contagem de likes e um botão de compartilhamento. Compartilhar algo é a forma de demonstrar o apreço pela página e a vontade de ser associado a este artigo. Ou seja, é o melhor dos mundos. Quanto mais compartilhamento, mais próximo dos usuários sua empresa estará. Além disso, o número de “shares” de uma página ajuda no posicionamento, já que aumenta o tráfego para determinado link e aumenta a exposição dela.

3. Maior tráfego de pesquisas para keywords cauda longa

Pessoas encontram sites através de uma variedade de termos de pesquisa e não apenas por uma simples palavra. Um webdesigner que entende de SEO está consciente disso e acomoda os termos na estrutura do site. Ele vai pensar nas fontes, por exemplo, levando em conta Tag Heading (H1, H2, H3). Além disso, vai cuidar para que no código fonte da página esteja de acordo com as regras do PageRank do Google. Vejamos o bom exemplo abaixo, de uma empresa hipotética que desenvolve plataforma para e-commerce:

No H1, há palavras-chave que incluem: “carrinho de compras seguro”

No H2, há palavras-chave que incluem: “PCI-DSS carrinho de compras”, “carrinho de compras seguro”, “seguro loja on-line”

Dessa forma, o Google vai ‘ver” seu site com bons olhos. O resultado? Pontos no PageRank.

Veja também!
Veja como subir seu site para o topo das buscas do Google 
Transforme o modo que a sua empresa trabalha as redes sociais com o Google Analytics

4. Responsividade

Tem coisa pior que tentar acessar um site no celular e não conseguir encontrar o que estava procurando por causa da configuração da tela? Além de espantar usuários mobile do seu site você não será bem visto pelo Google. Desde o ano passado, o Google começou a incluir seus rótulos “mobile-friendly” ao lado de sites nos resultados de busca. Já neste ano, o Google anunciou oficialmente que sites não responsivos serão automaticamente punidos e superados por páginas mobile-friendly no ranking de buscas orgânicas. Seu site é mobile-friendly? Clique aqui para descobrir.

google-main

Confira: 5 motivos para fazer e-mails responsivos

5. Rapidez e melhor classificação

Pergunte a qualquer webdesigner se ele otimiza as imagens para web e ele provavelmente dirá que sim. No entanto, ainda vemos sites com imagens grandes e pesadas, que tornam as páginas mais lentas na hora de carregar. De acordo com o próprio Google, “sites de alto desempenho levam a um maior engajamento dos visitantes, retenção e conversões”. Não é a toa que o Google premia sites mais rápidos com pontuações maiores no PageRank. Se o webdesigner está usando JPEGs 150KB, por que não perguntar se ele poderia reduzi-lo para 80KB no formato PNG? Além do tamanho, é preciso saber “taguear” as imagens corretamente. Não dá muito trabalho salvar suas imagens com palavras-chave quando se pensa nos benefícios que o uso de uma boa Alt Tag traz para o SEO da sua página.

webdesigners entenderem seo

A disputa pelo posicionamento nos resultados debusca orgânica vai se tornar cada vez mais competitiva e sua empresa precisa ganhar uma vantagem sobre os concorrentes. Uma dessas maneiras é que seus webdesigners a estudarem e aprenderem sobre técnicas de SEO para que eles incorporem essas práticas no desenvolvimento dos produtos. Caso encontre resistência, explique as vantagens que um bom SEO pode trazer para os negócios no ambiente digital.

Você concorda que há motivos suficientes para webdesigners entenderem de SEO? Comente!

Esse conteúdo foi produzido pela nossa parceira Contentoolsempresa que oferece um Software de gestão da produção de conteúdo da estratégia à publicação.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.