Identidade visual: o que é e como criar para o seu marketplace

Comunicação é a base do sucesso para qualquer empresa, e não é diferente quando falamos sobre marketplace. Para ter uma boa comunicação, é necessário não só escolher bem as palavras, mas também saber muito bem qual será a sua identidade visual para o seu marketplace.

Julgue o livro pela capa! Ou seja, na hora que estiver montando o seu marketplace ou e-commerce, lembre-se que a aparência pode definir se as pessoas vão escolher você ou o seu concorrente. 

Por isso, neste artigo, vou te ajudar a entender melhor o que é uma identidade visual, como ela se aplica no marketplace e como criar uma identidade visual.

O que é identidade visual?

Logo, cores, fontes, tudo isso faz parte da identidade visual. Mas será que é só isso? Não! A identidade visual é o conjunto de elementos visuais que expressam a personalidade, o posicionamento e os valores de uma empresa.

Entre os elementos que compõem a identidade visual, podemos destacar: 

  • Paleta de cores
  • Tipografia
  • Mascotes
  • Imagens
  • Ícones

Se você pensava que a identidade visual se resumia ao logo, já viu que não é bem assim. Mas o logo é a matriz da identidade, pois é a partir dele que se desenvolve todas as outras peças, sejam físicas, como panfletos, ou virtuais, como posts das redes sociais.

Quando uma identidade visual é bem construída, é possível que as pessoas reconheçam a empresa sem precisar usar todos os elementos visuais da marca. Por exemplo: se você vê um M amarelo, automaticamente lembrará do Mcdonald ‘s. Nesse caso, foi preciso a tipografia e a cor, para que a comunicação visual fosse efetiva.

identidade visual para marketplace

Outro exemplo de força da identidade visual é a Nike. Ao ver um símbolo de “certo”, você já lembraria da marca. Nesse caso, só foi preciso um ícone para que a comunicação fosse concluída. Assim, fica claro que não é preciso usar todos os elementos visuais para passar a mensagem de forma eficiente. Quando a empresa tem uma identidade visual forte, um elemento só basta.

Para que o seu marketplace atinja esse patamar, é necessário investir e planejar bem a sua estratégia de marketing. Mas, antes disso, é necessário entender cada um dos elementos visuais que devem ser explorados no layout do seu marketplace. É sobre isso que vamos falar no próximo tópico.

Veja também: evite 5 erros na hora de criar a identidade visual da sua empresa.

Elementos de identidade visual para marketplace

Agora que você já sabe o que é identidade visual, está na hora de conhecer cada um dos elementos que devem ser explorados no seu marketplace, para ter um negócio digital de sucesso.

A forma de configurar os elementos no layout depende da tecnologia utilizada. Na plataforma do Ideia no Ar, muitos aspectos podem ser personalizados diretamente pelo empreendedor(a) de forma fácil pelo painel administrativo. Outros, mais complexos, é possível customizar por meio de códigos avançados em HTML. 

Dica: descubra o passo a passo para criar um marketplace de sucesso neste checklist completo e gratuito!

Logotipo

Profissionais de design ouvem o tempo todo de empreendedores: “quero um logo para a minha empresa”. Logotipo ou logo, é o símbolo gráfico que representa uma empresa.

Quando você vê uma letra F em um fundo azul, você imediatamente pensa no Facebook, não é verdade? Esse é um bom exemplo de logotipo. Há outras empresas como Google, Coca-Cola e Uber que também possuem logotipos reconhecidos por todo mundo.  

Estar na mente das pessoas ajuda  no processo de compra, pois a tendência é as pessoas confiarem em empresas que estão presentes de alguma forma em suas vidas, seja consciente ou inconscientemente.

Você pode estar agora se questionando: “mas eu ainda estou começando, ainda nem tenho clientes direito, preciso mesmo me preocupar com logotipo?”

Claro que sim. O logotipo, bem como todos os elementos da identidade visual, vai te ajudar a se diferenciar dos concorrentes e a construir o seu espaço no mercado. 

Recomendamos que, no início, você até pode pedir para o designer construir um logo mais simples, pois o seu foco deve estar no modelo de negócios e na rentabilidade dele. Mas, com o tempo, você deve separar um orçamento para melhorar a representação do seu negócio.

Onde vai ficar o logo no seu marketplace?

Em um marketplace, o logotipo, geralmente, fica em destaque em um dos cantos superiores da página. Além disso, é comum que ele apareça no rodapé do site. Esse posicionamento vai depender de como será a estrutura das páginas do site.

Além do site, o logotipo vai estar presente em outros canais de comunicação, como as redes sociais. Nesse caso, o logotipo vai aparecer nas artes dos conteúdos (feed, stories, reels, etc.) e também nas imagens de destaque (capa e perfil).

Tipografia

É a definição da fonte que vai representar o seu marketplace. Para fazer uma boa escolha é fundamental levar em consideração:

  • A legibilidade da fonte, ou seja, se as pessoas vão ter facilidade para ler o que for escrito nas peças de comunicação do seu marketplace.
  • A intenção que deseja passar, ou seja, se a fonte está passando os valores que a sua empresa deseja transmitir. Exemplo: lojas de brinquedos, por terem como valor a diversão, podem brincar com fontes mais desenhadas.
  • A variedade da fonte, ou seja, se a família da letra tem negrito, itálico e normal.

Levando esses pontos em consideração, você terá uma comunicação verbal clara e alinhada com os valores da empresa. Portanto, escolher a tipografia adequada ajuda o (a) empreendedor(a) a ser entendido(a) mais facilmente pelo seu público e, consequentemente, ajuda a gerar clientes mais facilmente.

Exemplos de tipos de fontes:

  • Serifada
  • Não serifada
  • Caligráfica
  • Decorativa

Na tipografia do seu marketplace, você pode combinar esses tipos de fonte, para conseguir diferenciar da melhor forma possível os títulos, subtítulos e corpo do texto. Mas não exagere: menos é mais sempre. A tipografia deve servir ao público, ou seja, as letras devem ser bem compreendidas pelas pessoas e não serem enigmas que o leitor precisa desvendar.

Paleta de cores

Todos os elementos da identidade visual são capazes de transmitir significados. Com relação à paleta de cores, você deve prezar pela harmonia e a escolha de tons que estejam alinhados com a essência da sua marca.

Por exemplo, se você tem um marketplace de fast food, a sua paleta de cores pode conter vermelho e laranja. Isso porque o vermelho transmite velocidade e o laranja transmite calor. 

Na hora de montar a sua paleta de cores, o(a) designer vai aplicar a Teoria da Harmonia de Cores do Design. A teoria envolve um círculo composto por 12 cores e que possui 6 tipos de combinações. Entre elas, temos: 

  • Monocromática: uma única cor da roda de cores
  • Análoga: uma cor principal e duas cores vizinhas a ela
  • Complementar: união de cores opostas
  • Triádico: união de três cores do diagrama
  • Complemento dividido: união de uma cor da roda com duas cores adjacentes opostas à primeira
  • Complementar tetrádico: usa dois pares de cores complementares entre si

Ícones e imagens

É fundamental ter um padrão nos ícones e imagens na comunicação do seu marketplace. Você deve definir se usará ícones 2D ou 3D, coloridos ou em preto e branco, fotos de bancos de imagens ou próprias, imagens com pessoas ou ilustrações, etc.

Uma vez escolhido que tipo de ícone e imagem serão usados na comunicação, é preciso seguir esse padrão em todos os canais. Assim, é possível fazer as pessoas diferenciarem o seu trabalho dos concorrentes de forma fácil.

Alguns usos dos ícones e imagens em uma plataforma de marketplace:

  • Posts de redes sociais
  • Artigos em blog
  • Produtos cadastrados
  • Banners de ofertas
  • Botões

Para te ajudar a encontrar imagens e ícones, indicamos alguns sites onde você pode baixar de graça. Por exemplo, Flaticon, FreePik, Unsplash, Pexels, Pixabay, Nappy, Canvas e Vecteezy.

Mascotes

Um mascote pode ser um animal, pessoa ou objeto animado que é escolhido como representante visual de uma marca. O uso dos mascotes como um elemento da identidade visual é bem comum no mundo esportivo. Por exemplo, o Fuleco, o tatu bola da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

O uso de mascotes têm se tornado cada vez mais comuns no universo do marketplace. Um bom exemplo é a Lu do Magalu, que interage com o público nos canais digitais da marca. 

A importância de ter uma identidade visual para seu marketplace

Você já sabe o que é identidade visual e quais elementos compõem a identidade visual de um marketplace. Está na hora de saber quais são as vantagens de ter uma identidade visual atraente.

A primeira impressão que formamos sobre qualquer coisa é baseada naquilo que vimos, ou seja, na aparência. E é aí que entra a importância da identidade visual para um negócio. Afinal, é ela que vai transmitir os valores e a essência da empresa de forma não verbal. Ou seja, com uma identidade visual bem construída, a marca consegue passar uma boa impressão já nos primeiros instantes. 

Além disso, uma identidade visual bem construída, contribui para o fortalecimento da marca no imaginário das pessoas. Ou seja, as pessoas são capazes de reconhecer uma empresa por meio de um único elemento da identidade visual. Claro que para isso também é necessário tempo e investimento em marketing, mas uma identidade visual bem pensada é fundamental para que isso aconteça.

Dica: acesse já o kit completo de marketing digital para marketplace!

Como criar uma identidade visual para seu marketplace

Você já viu como é importante ter uma identidade visual para conseguir causar uma boa impressão e ganhar um espaço na mente das pessoas. Agora, está na hora de criar uma identidade visual para o seu marketplace. Confira o passo a passo:

1- Conheça seu público

Todos os elementos da identidade visual são pensados para comunicar a essência do seu negócio ao público. E para que isso seja feito da melhor forma possível, é preciso conhecer quem é exatamente o seu público, desde informações mais objetivas (sexo, faixa etária, localização geográfica) até questões mais subjetivas (interesses, hobbies, necessidades, sonhos).

Para conhecer seu público de forma mais aprofundada, você pode desenhar as personas do seu negócio, por meio do mapa da empatia. Essa ferramenta ajuda a coletar informações sobre o que a pessoa vê, ouve, fala, sente, quais são as dores e os sonhos.

Tendo as informações do mapa da empatia, você conseguirá pensar em qual linha seguir nas cores, fontes, imagens, da sua identidade visual. Por exemplo, se o seu público for mais jovem, vale a pena investir em elementos visuais mais descontraídos.

2- Faça pesquisas internas e externas

É necessário coletar informações não só do público (com quem vamos nos comunicar), mas também com os colaboradores da empresa, que são pessoas mergulhadas na missão, visão e valores.

Monte um formulário, para rodar internamente, com perguntas sobre a empresa, que englobam a história, missão, visão e valores. As respostas vão ajudar a entender quem é a empresa, como ela está no mercado agora e como ela quer ser reconhecida. Com essas informações, você conseguirá entender o negócio por meio de diferentes perspectivas e todas elas baseadas em conhecimento prático.

É necessário também fazer uma pesquisa externa, para compreender o que está sendo feito pelos concorrentes. Então, anote os pontos fortes e fracos, para saber exatamente o que deve ou não ser feito na sua identidade visual.

Lembrando que cada empresa tem seus valores e uma identidade visual deve refleti-los. Sendo assim, não leve essa pesquisa externa ao pé da letra. Inspire-se mas também mantenha a originalidade.

3- Documente as informações 

Agora que você já levantou informações sobre o seu público, concorrentes e colaboradores, é necessário colocar tudo em um único documento. Isso vai facilitar a sua vida na hora de falar as suas necessidades para o profissional de design, que vai criar a sua identidade visual.

4 – Contrate um profissional

Com todas as informações documentadas, você deve entrar em contato com profissionais especializados (designers) para criarem a sua identidade visual. Geralmente, os designers vão te mandar um briefing, que é o documento onde ficam todos os dados necessários para a criação de um projeto. 

No briefing, você deverá colocar informações como objetivo, orçamento, prazo, quem é o público alvo, missão, visão, valores, materiais que a empresa já possui, diferenciais, principais concorrentes e referências.

Quanto mais informações e detalhes você colocar no briefing, maiores serão as chances de ter uma identidade visual que reflita exatamente a essência do seu marketplace.

Na We Do Logos podemos te ajudar a ter um profissional de criação de forma simplificada, sem stress e garantimos um bom atendimento, qualidade e artes entregues dentro do prazo.

5 – Mostre às pessoas

Em um primeiro momento, você deve apresentar a identidade visual ao seu time. Peça feedbacks aos colaboradores e faça ajustes caso necessário.

Você e o time conseguem enxergar a essência do negócio na identidade visual? Se sim, crie um planejamento de comunicação com ações para implementar a identidade visual. Isso envolve montar o layout do seu marketplace e personalizar as redes sociais, por exemplo. 

Lembrando que a identidade visual não é imutável. Ou seja, ela pode sim ser modificada, quando houver necessidade. Um exemplo de situação na qual  é possível mudar a identidade visual, é quando há a fusão da sua empresa com outra.

Conclusão 

Nesse artigo, você percebeu que identidade visual vai muito além de logo, pois significa conjunto de elementos visuais que expressam a personalidade, o posicionamento e os valores de uma empresa.

Também entendemos a importância do design e como criar uma identidade visual para o seu marketplace.

Lance seu shopping virtual: simples, prático e rápido

Quer lançar seu próprio marketplace com uma identidade visual atraente e ainda ter apoio de uma consultoria estratégica? Agende já uma conversa gratuita com a nossa equipe.

E para cuidar da identidade visual, não só do marketplace, mas de toda comunicação visual da sua empresa, a We Do Logos te ajudar a criar logo, itens de papelaria, material gráfico, e muito mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.