Conheça os logos mais conhecidos do mundo e porque eles se destacaram

Quem não se lembra de hambúrgueres ou batatas fritas ao olhar para um “M” amarelo sobre um fundo vermelho? Eis o poder de uma arte gráfica. Essa é a prova de que uma identidade visual forte é a chave de um reconhecimento instantâneo pelo olhar de qualquer consumidor. A partir dos 3 anos de idade, já somos capazes de saber que determinado desenho (um logo), representa um produto. Por volta dos 7 ou 8 anos, podemos nos lembrar ativamente dele em qualquer situação. Um logotipo é como uma assinatura da marca. Para isso ele precisa seguir um padrão visual que reforce a sua personalidade e provoque esta associação mental de imagem produto aonde quer que esteja estampado.

Conheça alguns dos logos mais conhecidos do mundo e entenda porque eles são tão famosos!

Apple

applelogos

Como não associar a maçã mordida a algum eletrônico moderno? Há quem diga que a fruta foi escolhida a dedo para passar a mensagem de saudável (leve, simples) e ter a letra “A” como inicial do seu nome em inglês (por ser a primeira do alfabeto, dando a impressão de estar sempre na frente das outras marcas). A mordida trata-se de um trocadilho (“bite” em inglês, similar ao termo tecnológico “byte”), e quando foi criado, o logo era muito colorido com listras horizontais. A versão que conhecemos hoje é mais limpa, gerando a ideia de formalidade e luxo por ser monocromática.

Google

thumb-99968110945-google-novo-logo-resized

 

Há tanta confiança na marca que o logotipo é alterado constantemente com as datas comemorativas (os famosos “doodles”) e mesmo assim nunca passou despercebido. As letras do logo atual apresentam uma sequência de cores primárias repentinamente rompidas pelo verde da letra “l” e sua última letra “e” levemente inclinada. O padrão quebrado representa inovação e autenticidade, a ideia de que o Google não é uma empresa igual as outras, “como manda o figurino”.

Nike

NIKE_logo

O swoosh da Nike é um logo de elite tão valioso que nem precisa de palavras para complementar sua associação. Modesto e discreto, é apresentado como um case de sucesso na defesa de que um logo simples é sim impactante e memorável, já que todo mundo consegue identificá-lo facilmente.

Coca-Cola

Coca-Cola-Logo

 

O logotipo foi criado pelo co-fundador da empresa, que acreditava que os dois Cs ficariam bonitos nas propagandas. Com o passar do tempo e o imenso trabalho de investimento em branding, muitas pessoas conseguem reconhecer o logo apenas visualizando uma parte dele. A cor vermelha, que tem papel fundamental, exerce a função de transmitir energia, emoção e intensidade, harmonizados com a letra cursiva e os loopings da fonte.

Pepsi

New-Pepsi-Logo1

As cores representam intencionalmente a bandeira americana, e foi até criticado por ser muito parecido com o logotipo da campanha de Barack Obama à presidência. A Pepsi gastou cerca de US$ 1 milhão no design de sua logo atual, que apesar de ser bem semelhante a suas anteriores, foi ajustada de forma que (aparentemente) signifique muito mais. A agência de branding contratada pela empresa apresentou um documento de 27 páginas explicando as (muitas) conotações de sua concepção. De acordo com o novo manual, o novo logotipo pode representar o campo magnético da Terra, Feng Shui, Pitágoras e até apresentou referências a Leonardo Da Vinci.

Agora que já conheceu logos famosas no mundo inteiro, entende que o reconhecimento de um grande logotipo vai muito além de uma simples ilustração de desenhos, cores e fontes. O conceito e concepção da marca interfere significativamente em sua composição!

Gostou do texto? Qual logo você acha que não poderia faltar em nossa lista de inspirações? Comente e compartilhe com a gente!