Qual o momento ideal para investir no redesign do seu site?

Há 20 anos, em 1996, a internet era um lugar bem mais pacato do que é hoje em dia. Veja bem: naquela época, de acordo com o Internet live stats, existiam pouco mais de 250 mil páginas online, que dividiam a sua atenção com algo em torno de 77 milhões de usuários ao redor do mundo. Um número que não chega nem perto dos mais de 1 bilhão de sites publicados atualmente e dos mais de 3 bilhões de usuários conectados em 2016.

redesign site

E com tanta página por aí, é difícil encontrar alguma empresa que ainda não tenha seu endereço na web — e como já dissemos por aqui: sim, sua empresa precisa de um site. No entanto, encontrar alguma que não esteja precisando de um redesign digital urgente já é bem fácil.

Isso acontece porque, com mudanças significativas acontecendo praticamente todo ano — a última, em 2015, partiu do Google com sua política de priorizar nas buscas os sites que fossem responsivos —, a web acaba sendo um tipo de ambiente que precisa de muita atenção do lado de quem deseja lucrar com ele. Atenção essa que muitos empresários se esquecem de dar, por desconhecimento ou por despreparo.

Mas, se esse for o seu caso, não se preocupe porque vamos mostrar para você qual é o momento ideal para investir em um redesign do seu site e como atacar certeiramente o ponto mais problemático do seu endereço na web. Confira!

Antes de irmos adiante se você precisa ou não fazer um redesign, deixa eu te perguntar algo básico. Você já tem uma política de privacidade? Isso vai ser essencial para seu site e para suas pretensões online! Sem uma boa política sua empresa estará sujeita a processos e até mesmo a ter seus e-mails na caixa de spam!

Os principais sinais de que passou da hora de você fazer um redesign do seu site

Bem, primeiramente é interessante entendermos quais são os sinais que mostram que, sim, já passou da hora de você fazer um redesign do seu site. Os principais são:

  • Seu site não funciona em aparelhos móveis;
  • Seu site não está conseguindo converter visitantes em leads ou em clientes;
  • Seus concorrentes estão conseguindo atingir resultados online melhores do que você;
  • O desempenho de algumas de suas páginas está abaixo do esperado;
  • Você ainda não tem um blog;
  • Sua empresa mudou, mas o site ainda não.

Identificou alguns desses itens na sua página da internet? Se sim, não tem problema, ainda é possível resolver isso. Mas antes, para que eles possam ser resolvidos, é necessário que você entenda o impacto que cada um deles pode ter em seu negócio. Preparado? Então vamos lá.

A importância de se ter um site mobile-friendly

No dia 21 de abril de 2015, Maile Ohye, a gerente de tecnologia do Google, publicou oficialmente no blog da empresa um post onde falava sobre as mudanças que a ferramenta de buscas sofreria dali em diante e como elas afetariam os endereços da web que ainda não funcionassem corretamente em aparelhos móveis. E quais seriam esses efeitos?

Primeiro, o site perderia pontos dentro das páginas de resultados do Google, depois, por consequência disso, perderia acessos e até vendas. E por que o Google resolveu fazer essa mudança? Porque percebeu que hoje as pessoas estão cada vez mais usando os celulares e tablets como computadores pessoais, fazendo mais pesquisas por ali do que nos próprios PCs.

redesign site

A experiência do usuário e as conversões

O segundo problema indicado na lista e que diz respeito às conversões de uma página tem a ver com a experiência que o usuário pode ter com um site — e tem tudo a ver com o tópico anterior.

Se um visitante não consegue navegar corretamente em uma página (ou porque ele fica perdido por ali, porque ela demora muito para carregar, ou até mesmo porque ela não abre no celular), sua experiência com aquela marca acaba sendo prejudicada e isso faz com que ele vá procurar por um determinado produto ou serviço no concorrente.

Leia também!

Analise de perto a concorrência

No ponto que diz respeito aos concorrentes e sua performance na web, é necessário fazer uma boa análise para ver se os resultados deles realmente estão afetando os números do seu negócio.

Se o seu site não estiver apresentando nenhum dos problemas listados no começo, talvez a (boa) performance digital da concorrência tenha a ver com outros detalhes, como maior investimento, redução dos seus preços, etc. Mas se eles têm um site que funciona em qualquer dispositivo, carrega rapidamente, apresenta um bom design e entrega um bom conteúdo, bem, aí sim talvez seja hora de você se posicionar melhor no jogo e fazer o mesmo.

O desempenho das páginas e o teste A/B

Algo que também pode acontecer é a empresa ter um site que performa bem na web, mas que peca em apenas uma determinada página dali. E aí, nesse caso, o melhor a fazer é criar alguns testes A/B para encontrar uma saída para aquele problema.

O teste A/B é um sistema onde você produz duas páginas bastante semelhantes, mas com algumas mudanças pontuais em cada uma (como uma cor diferente para um botão, uma foto de destaque diferente em cada uma e até um texto distinto em cada endereço). Daí, com as duas páginas produzidas, você entrega cada uma para uma metade dos seus visitantes e mede o resultado obtido separadamente.

redesign site

Encontrada aquela com melhor resultado, basta fazer o redesign de todas as telas problemáticas de acordo com o que foi visto nos testes.

Vale dizer que na corrida presidencial de Barack Obama em 2008, esse teste foi o responsável por aumentar em 40% o número de doações para a sua campanha!

Os blogs e o marketing de conteúdo

Não tem jeito: se a sua empresa ainda não tem um blog online, provavelmente ela está perdendo acessos e clientes. O motivo?

Bem, além de ser uma excelente ferramenta de SEO para o seu site, os blogs ajudam a atrair mais visitantes e conversam com usuários de uma forma que possibilite transformar aquelas pessoas em possíveis clientes.

Uma nova identidade visual

Por fim, se a sua empresa mudou e ganhou uma nova identidade visual, nada justifica manter o site com uma cara antiga e diferente da que a marca tem hoje. Sites desatualizados não são bem vistos pelo público digital!

Como você viu por aqui, ter um site que funcione em qualquer tipo de aparelho, com qualquer tipo de tela e que entregue a melhor experiência para o usuário é de suma importância para o seu negócio. Por isso, se ele estiver errando em algum desses pontos, talvez seja mesmo a hora de fazer um redesign e acabar de vez com esse obstáculo, não é mesmo?

E se além do site, você achar que o logo da sua empresa também parece desatualizado, nada melhor do que conferir este post onde mostramos qual o momento ideal para investir no redesign do logo da sua empresa!

redesign site

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.