Rebranding: o que é, motivos para fazer e 6 cases de sucesso!

rebranding

Antes de mais nada, é interessante analisarmos a palavra rebranding pelo ponto de vista etimológico, o prefixo “re”, origina-se do latim, e possui o sentido de significar, já a palavra branding, origina-se do inglês, e significa marca. Ou seja, rebranding é a resignificação de uma marca.

rebranding o que é

Rebranding: o que é?

O rebranding é uma técnica utilizada para renovar uma marca, baseado em alguma estratégia do marketing que aponta uma mudança necessária na comunicação, seja para modernizar ou sofisticar a marca da empresa.

A ideia por trás do rebranding é deixar a marca mais próxima do público consumidor atual, ressignificando alguns valores da empresa para que estejam mais condizentes com a forma atual da sociedade.

Implementar a estratégia de rebranding pode funcionar tanto para revitalizar a marca da sua empresa, quanto para criar novas oportunidades num mercado cada vez mais competitivo, reposicionando sua empresa na disputa.

rebranding entendendo

Entendendo rebranding

A gestão do rebranding ocorre através de um conjunto de processos com a finalidade de criar valor para a marca e/ ou potencializar os resultados esperados. 

A partir do entendimento das necessidades de cada negócio, é traçada uma estratégia. Essa estratégia guiará a escolha do tipo de mudança no branding. Após essa definição, iniciam-se as mudanças operacionais, as ações de marketing/ comerciais, ações de comunicação, entre outras. 

Diante disto,  faz-se necessário  o acompanhamento destas ações para analisar os resultados e caso algo esteja em desconformidade, tenham oportunidade de fazer os ajustes necessários.

Motivos para fazer rebranding

Há uma série de motivos para se tomar a decisão de realizar o rebranding de uma empresa. Entre os motivos mais frequentes, estão: a mudança de posicionamento da empresa; a alteração do público-alvo; imagem da empresa afetada negativamente; e a mudança da estratégia comercial.

Apesar de muita gente ligar rebranding à parte visual, esse processo envolve muito mais que isto.

Estes são alguns tipos de mudanças de um rebranding:

  • Alteração de Nome
  • Modernização de Logo (redesign)
  • Alteração da Identidade Visual
  • Modificação das cores institucionais
  • Variação de elementos visuais
  • Transformação na linguagem e abordagem junto aos stakeholders

Marcas que fizeram rebranding

Acredite, até marcas gigantes e bem estabelecidas no mercado passam por rebranding, justamente para se encaixarem com o que o novo público tem consumido.

Por isso, separamos alguns exemplos recentes de grandes marcas que deram uma repaginada nas suas marcas para se conectar com uma audiência moderna e bem mais digital.

Confira os exemplos:

Skol

rebranding skol

A Skol é uma das maiores marcas de cerveja presentes no Brasil, ainda assim, não ficou ilesa das críticas de seus consumidores. Nesse sentido, seus comerciais adotavam um viés machista, em que as mulheres eram colocadas como objeto de desejo. Nos dias atuais, isso é inaceitável.

Por isso, a Skol precisou ressignificar a sua marca (rebranding), e ficar de acordo com o mercado atual. Em 2016 a empresa realizou uma grande mudança no seu posicionamento, adotando uma nova linguagem e modernizando seu logotipo. Podemos observar essas transformações por meio das suas campanhas publicitárias e das redes sociais.

Ponto ( Ponto Frio)

rebranding ponto

Em abril de 2021, o Ponto Frio surpreendeu a todos com o rebranding da empresa – sendo este o caso mais famoso que vamos apresentar nessa lista.

O Ponto Frio tornou-se simplesmente Ponto. A mudança ocorreu devido à alteração de sua estratégia comercial que agora é focar no segmento de tecnologia e deseja atingir um público-alvo mais jovem. Esta nova estratégia resultou, portanto, na troca do nome, assim como na mudança gigantesca da identidade visual, e da linguagem adotada em sua comunicação.

Visualmente, observamos que houve alteração tipográfica, em que a fonte passou a ter traços mais arredondados, alteração nas cores, tiraram o predomínio do vermelho e o preto passou a ter maior destaque, e alteração no tradicional símbolo do pinguim, que passou a ser mais abstrato e minimalista, o que é uma tendência mercadológica.

Hotmail | Outlook

rebranding outlook

Voltando um pouco no tempo, em 2012, visando uma ressignificação da marca, ou seja, o rebranding, a Microsoft ‘aposentou’ o famoso Hotmail e nos apresentou o Outlook – uma nova plataforma de gerenciamento e-mails, com um outro nome e uma identidade visual totalmente nova e moderna.

A decisão da empresa para a mudança aconteceu pois a antiga plataforma já estava um pouco ultrapassada tecnologicamente. E, com a chegada do Gmail, seu maior concorrente, precisou ser totalmente modernizada e assim continuar atingindo novos públicos.

Burger King

rebranding burguer king

O Burger King ficou uns bons anos sem mudar a sua logo que é um clássico dos fast foods mundiais, mas no último ano, a empresa entendeu que seria necessário fazer um rebranding para ficar mais adequada ao mercado digital.

Por isso, o Burger King optou por uma ideia mais minimalista porém muito clara, com uma logo nova que remete aos lanches cheios de sustança que diferencia a empresa de seus concorrentes.

A Nova marca traz essa ideia de hambúrguer bem grande de uma forma tão simples mas tão bem executada que enche os olhos de quem vê. 

Globo

rebranding globo

A maior emissora do Brasil sempre foi muito discreta na atualização da sua marca, desde a grande mudança feita pelo designer Hans Donner há décadas atrás.

Porém no último ano (2021) a Globo resolveu abraçar de vez a modernidade e repaginou a sua marca para algo que tem muito mais conexão com as mídias digitais.

Sem abandonar o gradiente que é tão icônico para o logo, a marca conseguiu um rebranding interessantíssimo que mostra o porquê do alto padrão de qualidade da emissora.

Nubank

rebranding nubank

O Nubank é uma fintech brasileira que se tornou a primeira start-up unicórnio do país, ou seja, atingiu a marca de 1 bilhão em valor de mercado.

Isso tudo ocorreu em poucos anos, então aquela pequena instituição financeira que começou oferecendo cartão de crédito, cresceu e muito e acabou se tornando um dos bancos digitais líderes do mercado nacional, com abertura de IPO e tudo mais.

Claro que a marca iria precisar passar por ajustes para se adequar a esse novo momento de sucesso da empresa, e a nova marca do Nubank traz essa leveza e ideia de algo hi-tech que estão em acordo com tudo que empresa vem entregando para o mercado.

Quais são os tipos de rebranding?

O rebranding pode ser feito de várias formas e em vários níveis, mas o objetivo é sempre dar uma oxigenada na marca.

O primeiro tipo que podemos destacar é o rebranding parcial, que é aquele onde a marca faz alterações sutis no seu logo e identidade visual. O da Skol que apresentamos lá em cima pode ser considerado como um rebranding parcial.

O segundo é o rebranding evolutivo, ou seja, aquele que acompanha a mudança da tecnologia e passa a ficar mais condizente com os tempos atuais. 

O rebranding da Globo que mostramos pode ser considerado evolutivo, pois se você lembrar do logo anterior vai ver que a nova marca é de fato um aprimoramento.

Já o rebranding revolucionário é aquele onde muda tudo, cores, nome, logo, identidade e etc, e o exemplo disso que trouxemos é o Hotmail que se tornou Outlook, então é realmente uma repaginada pensando na mudança de posicionamento da marca.

Rebranding no posicionamento de marca

A ideia do rebranding mais básico é de fato modernizar a marca para que ela converse melhor com o público atual, mas também é possível aplicar uma mudança para reposicionar sua empresa no mercado.

O rebranding do Nubank por exemplo, veio para reposicionar a empresa como uma referência tecnológica e a partir da sua entrada na bolsa de valores dos Estados Unidos, se tornou uma gigante mundial, então foi necessário acompanhar esse salto.

Por isso, um rebranding bem feito, pode ser uma maneira eficiente de mudar o patamar da sua empresa.

Você pode ir além fazendo o rebranding da sua empresa

Ao fazer o rebranding, a sua empresa pode adquirir vantagens competitivas em relação aos concorrentes.  Essas vantagens podem ter relação com aumento da lembrança da marca, familiaridade com o nome, identificação da sua marca em meios as outras, aumento no volume de vendas, fidelização na experiência de consumo.

Ademais, é notório que no processo de definição da mudança na marca é preciso analisar a estratégia. 

Nós, da We Do Logos, somos especialistas em design e há mais de 10 anos ajudamos empreendedores a realizar o rebranding de suas empresas. 

Por isso, podemos te ajudar no rebranding nos seguintes aspectos: redesign da logo, definição de slogan, nova identidade visual, novo nome, definição das cores institucionais, embalagem ou rótulo do seu produto, padronização nos elementos visuais das redes sociais, criação de uniformes, layout de itens personalizados e artes de todos materiais que possuem ponto de contato com o público-alvo que você deseja atingir.

Nós te ajudamos a ter uma marca conectada com o seu público.

Por fim, entre em contato com a gente clicando no botão abaixo e converse, pelo chat, com um de nossos consultores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.