Passo a passo: como montar um restaurante delivery

O mercado de restaurante delivery tem crescido de forma exponencial no Brasil. Visto que, só em 2021, 78% das pessoas que fizeram alguma compra online, pediram comida ao menos uma vez.

Desse modo, a preferência caiu do gosto dos brasileiros e se tornou um hábito, expandido ainda mais as possibilidades da atuação daquelas empresas que estão no ramo da alimentação.

Se você está se preparando para montar seu restaurante delivery, continue a leitura deste post e confira nossas dicas!

Escolha o espaço

Um dos diferenciais dos restaurantes delivery é que eles não precisam estar em espaços com grande tráfego de pessoas, como avenidas ou shoppings. Com isso em mente, você pode partir em busca de locais com preços mais acessíveis.

Mas apesar de não estar localizado em espaços com grande tráfego de pessoas, sua cozinha precisa estar instalada em regiões residenciais ou comerciais. Por isso, evite áreas distantes dessas regiões, em que não haja um grande número de pessoas para pedir comida na sua loja.

Isso porque, ao vender pelo delivery, você precisa determinar o raio de distância que fará as entregas. Quando mais distante do cliente você estiver, mais difícil será.

Formalize sua empresa

Desse modo, a etapa de formalização do negócio é muito importante na vida de qualquer empreendedor. Isso significa que você precisa fazer seu CNPJ, um CNAE do ramo alimentício e contar com o alvará de funcionamento da prefeitura da sua cidade. Isso trará benefícios, como:

  • um negócio mais profissional;
  • mais poder de barganha com fornecedores;
  • muito mais acesso a créditos e produtos financeiros;
  • acesso a aplicativos de delivery.

Nesse sentido, caso você esteja começando seu negócio agora, considere formalizar-se na modalidade de Microempreendedor Individual (MEI). Assim, de forma fácil, você se formaliza e conta com condições específicas para empreendedores iniciantes.

Construa seu cardápio

Por outro lado, a construção do seu cardápio é uma etapa que deve ser trabalhada com atenção. Haja vista que o cardápio do delivery apresenta especificidades que o diferem do cardápio de um salão. No caso do delivery, você deve sempre levar em conta que o prato será embalado e transportado.

Por isso, lembre-se de avaliar quais pratos poderão ser embalados, transportados e, ainda assim, permanecerem com a qualidade que você quer entregar aos seus clientes.

Vale a pena evitar pratos que precisam ser consumidos de forma imediata após o preparo, ou pratos muito delicado, que pode ser danificado na rota de entrega.

Prepare as embalagens

Diante disso, a embalagem é um item que vai conectar sua loja ao seu cliente. Lembre-se de que, além de oferecer uma boa comida, seu restaurante precisa embalá-la de forma adequada.

Pratos entregues frios ou danificados, como com a comida vazando, prejudicam, de forma direta, a experiência do cliente. Por isso, escolha embalagens em tamanhos adequados com seus produtos, capazes de preservar a temperatura dos alimentos.

A escolha do material é um assunto importante no que diz respeito aos seus valores de marca. É uma boa prática evitar o uso de plástico e preferir embalagens biodegradáveis. Além de evidenciar a iniciativa de consciência ambiental, você contribui com o futuro do planeta.

Desse modo, outra adaptação que você pode fazer é criar embalagens personalizadas com a sua própria marca. Busque por fornecedores de confiança, capazes de atender o material, qualidade e estética que você busca.

Passo a passo: como montar um restaurante delivery
Passo a passo: como montar um restaurante delivery

Encontre bons fornecedores

Os fornecedores interferem diretamente no produto que você vai entregar ao cliente final. Se você quer preparar pratos de qualidade, contar com ingredientes de qualidade é o primeiro passo.

Mas lembre-se também de ter uma boa relação comercial com eles. Na rotina de gestão do negócio, você precisa negociar preços, condições de pagamento e prazos. Por isso é tão importante ter fornecedores que sejam, na verdade, parceiros.

Construa sua marca

A marca do seu restaurante é responsável por fazer com que seu público lembre de você. Assim, na etapa de construção da marca, você deve valorizar sua categoria de cozinha, além da própria personalidade que você quer incluir nesse elemento.

Busque por cores que combinem com o ramo de atuação e também com sua proposta de valor. Depois, vale pensar nos dados visuais e fontes que vão compor a marca.

Nesse sentido, não deixe de contar com o apoio de uma equipe com designers e criativos que vão entender o seu negócio e seus diferenciais. Com isso, você terá uma marca que represente bem a mensagem que você quer passar ao público.

Divulgue seu negócio

Com cardápio e marca construída, chegou a hora de iniciar a divulgação do seu negócio. Essa etapa é responsável para atrair os clientes e, enfim, gerar suas primeiras vendas de delivery.

Então, invista tempo na criação de redes sociais, como Instagram e Facebook. Aproveite também os contatos que você tem no WhatsApp para compartilhar a novidade.

Seja em qualquer rede social que estiver utilizando, compartilhe seus pratos, conte sua história, divulgue promoções e convide sua audiência para conhecer sua marca.

Escolha um app de delivery

Você pode optar por fazer suas vendas pelo WhatsApp ou algum outro canal de comunicação. No entanto, ao escolher um aplicativo de delivery para inserir sua loja, você permite que mais clientes encontrem você.

Diante disso, o aplicativo de delivery conecta seu restaurante aos clientes que estão dentro do seu raio de entrega. Assim você economiza tempo de divulgação do cardápio em outros canais e pode focar em outras demandas importantes para o negócio.

Otimizar a operação é um dos principais benefícios ao vender por apps de delivery. As melhores marcas do mercado trazem ferramentas para gerenciamento dos pedidos, gestão financeira e gestão de marketing. Você também consegue criar promoções e oferecer condições especiais aos clientes, atraindo ainda mais vendas.

O iFood é uma das empresas do segmento que mais se desenvolveu desde o início da pandemia. Já são mais de 270 mil estabelecimentos parceiros cadastrados na plataforma, entregando mais de 60 milhões de pedidos mensalmente. Os restaurantes delivery que trabalham com o iFood contam com:

  • iFood Decola, que apoia no desenvolvimento pessoal e profissional dos parceiros;
  • iFood Shop, reúne fornecedores de ramos diversos, facilitando a gestão de compras do restaurante;
  • Vantagens do Chef, programa que ajuda os restaurantes delivery a economizarem nas principais contas do negócio.

Assim, há diversos outros benefícios oferecidos pelo iFood aos restaurantes parceiros. Por isso, o iFood pode ser o parceiro ideal para seu negócio.

O desenvolvimento de um restaurante delivery demanda dedicação e estudo do empreendedor. No entanto, o mercado está aquecido para o setor, possibilitando que bons frutos sejam colhidos.

Agora que você já sabe o passo a passo para montar seu restaurante delivery, conte com a We Do Logos na construção da sua marca. Aproveite para baixar o e-book de Marketing para Restaurantes.

We do Logos e Ifood

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.