Tudo sobre Redesign: como atualizar sua logo, site e marca!

redesign

O redesign é um dos processos mais sensíveis de uma marca. Sabemos que a identidade visual gera valor e novos negócios para uma empresa, mas ela torna-se obsoleta caso não se adapte às novas tendências.

Uma empresa é um organismo vivo, que naturalmente passa por processos de mudanças, e a modernização do logotipo também precisa ser entendida como tal.

Mas a atualização de design não pode ser interpretada como um movimento aleatório: é preciso saber como, quando e por qual motivo mudar.

O que é redesign de uma marca?

O redesign, como o nome sugere, consiste em refazer o design de uma marca, seja para que ela fique mais apresentável para um novo público, ou para reposicionar a marca no mercado.

Um exemplo disso são as mídias sociais e principalmente os smartphones, pois nessa nova mídia, algumas marcas com logos mais rebuscados não se adaptavam muito bem, como veremos mais à frente nos exemplos.

Portanto, fazer esses ajustes não é apenas uma decisão estética, mas também comercial, pois quando bem feito, ele pode mudar o posicionamento da marca junto aos seus consumidores e do mercado.

Ou seja, quando uma empresa passa a atender um público com maior poder aquisitivo seu design pode precisar ser alterado para condizer com as novas personas, que já falamos aqui.

Redesign x Rebranding

Essa é uma confusão que muitos fazem, pois realmente é parecido, porém são formas diferentes de revitalizar uma marca.

O rebranding é uma mudança mais profunda e mais completa, onde a marca é totalmente alterada para atingir algum objetivo específico, enquanto o segundo pode servir apenas como uma modernização.

Essencialmente, todo rebranding também é um redesign, mas o contrário não é necessariamente assim.

Um exemplo recente disso foi o Facebook, a empresa no caso, que passa a se chamar Meta, então foi feito um rebranding total, principalmente para que seja diferenciada a marca mãe de seus produtos que são Facebook, Instagram e WhatsApp.

Portanto, agora o Facebook é um produto da Meta e não mais a marca da empresa.

Para ver exatamente o que é um rebranding, inclusive com vários exemplos, confira nosso artigo completinho sobre o assunto.

momento de fazer redesign

Avaliando o momento para fazer o redesign da sua marca

Como vimos no exemplo do Facebook que virou Meta, houve uma mudança completa que veio com objetivo principal de desassociar um produto da marca maior, mas também para se adequar ao Metaverso que vem surgindo.

E isso é um dos motivos que muitas empresas buscam um redesign, para modernizar a marca e poder ter aplicações digitais mais vastas, mas esse não precisa ser o único motivo.

Muitos empresários quando começam seus negócios, é normal fazerem tudo por conta, inclusive criar a sua própria logomarca, e claro que com o passar do tempo e conforme a empresa cresce, é natural que você queira deixar sua marca mais profissional, então isso também é um motivo.

O que você precisa ter sempre em mente é a identificação do público com a sua marca, para que a mudança não se desconecte com os elementos que eles já estão familiarizados.

Como funciona a aplicação do redesign

Quando a gente pensa em fazer esse processo vem mudanças radicais na cabeça, mas na verdade não é bem isso, pelo contrário, tanto que algumas marcas fazem alterações bastante sutis e muitos clientes fiéis nem percebem que houve uma mudança.

Um exemplo muito presente na vida dos brasileiros é a alteração do escudo da CBF que vai na camisa da seleção brasileira, que teve uma leve alteração na faixa e apostamos que para muitos aqui, essa mudança não foi bem percebida.

Isso é só um exemplo do que chamamos no design de redesign parcial e é geralmente o que mais notamos, e para algumas marcas tradicionais, você só nota uma grande mudança quando compara logos atuais com logos de anos atrás, como veremos nos exemplos mais a frente.

Por ora, vamos ver as diferenças das mudanças parciais e totais das marcas.

Redesign parcial

O parcial é muito utilizado principalmente para aquelas marcas de maior tradição, onde uma mudança muito grande pode descaracterizar demais e gerar uma rejeição por parte do público alvo.

Também há uma questão afetiva por parte dos proprietários da marca, e alguns detalhes precisam permanecer por serem importantes para a história da empresa.

Então é comum vermos grandes empresas fazendo mudanças bem leves na marca, para aos poucos trazer elementos modernos.

Suavização ou adição de cores em gradientes, alteração de fonte, reorganização de elementos, modernização do ícone gráfico, e por aí vai, por isso sempre que a mudança é sutil e preserva grande parte do logo original, chamamos de redesign parcial.

Redesign total

Neste modelo temos aquela renovação mais robusta, onde toda a marca muda em cores, ícones, fontes e outros elementos, destoando completamente da versão prévia.

Isso também tem a ver com modernização das técnicas, tanto para criação das marcas quanto avanço das tecnologias gráficas que permitem impressões em tons de cores diferentes.

Por isso, o redesign total tem que ser muito bem planejado, pois invariavelmente vai acontecer um rompimento com parte do público que já estavam apegados aquela marca antiga.

E isso não tem a ver com a qualidade estética da marca nova, é algo puramente emocional, e se a transição for realmente bem feita, eventualmente o seu público se acostuma com ela.

Então, não se arrisque na hora de fazer uma modernização de marca, seja total ou parcial, busque profissionais que garantam uma entrega que encante, e na We Do Logos, temos um time de profissionais incríveis para criar, modernizar ou transformar a sua marca, é satisfação garantida ou seu dinheiro de volta.

Como fazer o redesign da logo e logotipo

Como já falamos aqui no blog, a identidade visual de uma empresa começa a partir de uma logo, então quando você começa a pensar em um redesign, tem de levar em conta que isso vai alterar toda a comunicação visual da sua marca.

Ao mesmo tempo, você precisa saber que a sua logo não deve ficar parada no tempo, pois isso pode fazer você perder competitividade no mercado, uma vez que marcas modernas podem passar uma ideia de inovação e sua empresa pode ser trocada por isso.

Então realmente é necessário ter esse equilíbrio para fazer uma mudança que revitalize e modernize a marca, sem que ela se desconecte com o público cativo.

E cá entre nós, muitas vezes uma atualização pode piorar uma marca que já é boa, por isso procure sempre um profissional antes de fazer essa mudança.

Quando é necessário

Se a logo da sua empresa está realmente muito antiquada, de forma que as pessoas mais novas não se conectem com ela, pode ser o caso de uma leve modernização.

Já para mudanças mais bruscas, pode ser ideal quando alguma mudança relevante acontece no seu público, seja relativo a poder aquisitivo, idade, ou até uma expansão para novos mercados.

Vale reforçar que para mudanças completas, será necessário também um bom investimento em comunicação para que seu público cativo entenda essa mudança e o mercado também possa reposicionar a marca, para uma transição mais suave.

Modernização x redesign de logos

Modernizar a marca é de fato um tipo de redesign, mas às vezes é sutil demais para ser notado pela maioria.

O Carrefour mesmo, fez uma modernização na sua marca que contou com pequenos ajustes nas fontes, espaçamentos e proporções, então, para o público em geral não houve alteração, mas do ponto de vista do design, o novo logo tem uma harmonia visual muito melhor.

Quando você pensa na sua empresa na internet, num website e redes sociais, é preciso ter um logo que mesmo bastante reduzido seja facilmente identificável, por isso algumas marcas invariavelmente precisaram se modernizar para atender as necessidades do mundo virtual.

O processo para o redesign da sua logo

Algumas empresas e alguns profissionais têm formas diferentes de executar uma atualização do logo, mas em geral, é preciso ter certeza de que essas mudanças são realmente necessárias e de fato vão atingir o seu objetivo planejado.

Então, geralmente a pessoa pode começar o processo respondendo 3 perguntas que vão guiar de fato as alterações que serão feitas.

Primeira coisa é se perguntar: por que minha logo precisa de um resultado? É para modernizar? É para ficar mais próxima do público? Ou só não estou gostando mais do visual?

Toda resposta é válida, mas algumas vão demandar mais mudanças do que outras, então entenda o que está motivando essa mudança.

Segunda coisa é se perguntar quais elementos manter, e aí pode ser tanto numa mudança parcial quanto numa total, pois mesmo mantendo elementos, você pode modernizá-los.

Por fim, a terceira pergunta que você deve se fazer é: quais elementos da minha logo são os mais identificáveis pelo público?

Essa é uma questão importantíssima, porque temos marcas que são mais reconhecidas pelas suas cores, outras pelas suas fontes e outras por um símbolo característico.

Imagina se a Disney para de usar aquela logo com a assinatura do fundador? Todo mundo iria estranhar sem dúvidas, mas isso não os impediu de renovar seu design, tanto que se você pegar filmes antigos, verá que nas aberturas atuais a logo deles é bem mais simples, e não perdeu a essência mais icônica dela.

walt disney logo evolution

Exemplos de sucesso: o redesign das logos de 5 grandes marcas

Algumas empresas se destacam positivamente quando o assunto é modernizar a marca de seus logos, pois cumpriram os requisitos que citamos, e apesar de algumas serem bem diferentes das originais, ainda sim consolidaram a marca ainda mais no mercado.

Você verá que cada uma delas tem um motivo diferente para a mudança da marca, mas todas ainda são bastante reconhecíveis e fiéis ao propósito original que a marca se propõe.

Confira 5 exemplos de grandes marcas que foram um sucesso e podem inspirar a mudança da logo da sua empresa.

1. Google

google redesign logo

O logo do Google passou por uma mudança bastante sutil, mas poderosa e hoje a marca tem muito mais a ver com a ideia que ela se propõe.

Lembrando que nos primórdios, o Google tinha um funcionamento que se assemelhava ao de uma enciclopédia onde os usuários iriam pesquisar dúvidas mais simples, tanto que, todo novo site era automaticamente indexado ao buscador.

Por isso, quando a empresa passou a ser uma referência em inovação digital a logo que antes utilizava serifas, como de uma escrita formal de livraria, ganhou uma fonte mais moderna, de linhas retas e sóbrias.

Note que as cores se mantiveram, pois esse era o ponto de identificação mais forte da marca, tanto que se estende para seus outros produtos, como Gmail, Ads e Chrome.

2. Coca-Cola

A Coca Cola é um exemplo de mudanças parciais na logo, que ao longo do tempo ficam perceptíveis, mas de uma para outra são alterados poucos detalhes.

Se pegarmos as versões da marca do final do século XIX e compararmos com a atual é uma mudança gritante, porém, a fonte utilizada para escrita é praticamente a mesma desde 1905.

Isso reforça o que falamos antes, que a tradição é importante mas mesmo assim não impede que você possa modernizar a sua marca sem perder o que a torna icônica.

coca cola logo evolution
(Fonte: Turbologo)

3. Uber

Diferente da Coca Cola que foi mudando aos poucos ao longo de 100 anos de existência, a Uber fez alguns ajustes na sua marca em pouco tempo de história.

Isso porque, na internet nós temos os fenômenos das startups, que são empresas que partem de ideias inovadoras e disruptivas e crescem muito em pouco tempo.

Então, é normal que ajustes sejam feitos num curto período de tempo, e claro que a logo reflete essa evolução dessas marcas.

A Uber testou algumas opções, mas há algum tempo já se decidiu por uma logo que usa apenas fontes, sem um ícone gráfico destacado.

É uma ideia de design minimalista simples e elegante.

uber logo history
(Fonte: 1000logo.net)

4. Starbucks

O Starbucks foi mudando sua logo à medida que a empresa foi atingindo algumas marcas importantes, então era necessário um reposicionamento de marca.

Na verdade, o design do logo é bastante curioso, pois traz uma sereia de duas caudas, o que a princípio não tem muito a ver com café.

Há algumas versões que dizem que o motivo é pelo fato das sereias serem associadas a sedução de marinheiros, portanto, isso remete ao aroma sedutor dos grãos de café da empresa.

O que é interessante notar, é que no primeiro logo a sereia estava com os seios à mostra e as duas caudas bem visíveis, à medida que foi mudando, o foco foi ficando mais no rosto, com os seios cobertos pelo cabelo e as caudas quase que escondidas.

Então, mesmo sendo um logo considerado confuso, se tornou icônico, por isso a empresa manteve esses elementos.

starbucks logo redesign
(Fonte: Cs Monitor)

5. Airbnb

Dessa lista, sem dúvidas o Airbnb é o que teve a mudança mais radical, pois como vimos, o novo logo não tem nada a ver com o antigo, tanto em cores, como elementos e fontes e isso tem um motivo.

A empresa surgiu por acaso, quando amigos que precisavam de uma grana, alugaram um cômodo vazio da sua casa, então, para isso se tornar um negócio como é hoje, foi um longo caminho, mas a ideia que deu o start foi essa simples solução para ocupar um quarto vazio da sua casa.

Como a empresa foi feita praticamente no improviso, a logo foi algo rápido, mas quando o negócio se tornou uma startup e atraiu grandes investimentos, uma mudança total foi necessária para que a marca atingisse o mercado global.

airbnd logo history
(Fonte: 1000 Logos)

Como fazer o redesign do seu site

O redesign de um site passa pelos mesmos questionamentos que o redesign da logo, porém, por ter mais elementos, tem mais coisas que você precisa considerar.

Primeiramente que um website precisa ser leve e responsivo, então o design não pode inventar muito e tem que se adaptar aos acessos via celular e computador.

Quando é necessário

Alguns elementos de um site podem simplesmente ficar obsoletos, como as aplicações em flash que não funcionam mais, então nesses casos uma atualização é imprescindível.

E quando você mudar a logo, vale a pena modernizar o site também, assim como outras peças de comunicação para que haja de fato uma coesão.

Processo para o redesign

Basicamente, o redesign de um site começa já da linguagem de propagação, pois aqueles construídos em HTML antigo, precisa urgente ser atualizados até para uma performance melhor em SEO.

A dica é optar por utilizar CMS como WordPress, pois facilitam ações de mudanças maiores e também entregam o desempenho necessário.

Como a We Do Logos te ajuda a fortalecer a sua marca

Quando for começar a vislumbrar a ideia do seu redesign venha aonde tem exemplos práticos de mudanças de sucesso.

Como o logo da Nith Treinamentos que transformamos em algo moderno, com visual impactante.

Também tem essa versão da Belluno Semijoias, que nosso time conseguiu transmitir toda a elegância que as peças incríveis da empresa tem.

E isso são só dois exemplos dentro de nossos vários cases de sucesso, aliás, se você quiser, pode ver modelos de logos do seu segmento ou de qualquer outro entrando aqui no nosso portfólio.

Na We Do Logos, trabalhando com nosso inovador método de concorrência criativa, onde mais de um designer recebe o briefing para que sejam criadas opções incríveis e muito rápidas para você já ter um visão da sua nova marca.

Vem conhecer mais do nosso trabalho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.