Veja alguns pontos na hora de trocar de plataforma

Ao abrir uma loja virtual o empreendedor precisa escolher uma plataforma para o seu e-commerce. Por este motivo deve-se elaborar muito bem o seu plano de negócio. Muitas empresas, por não possuir uma noção da dimensão que seu negócio pode chegar, acabam optando por uma plataforma mais barata e sem muita flexibilidade.

 

O problema é que ao passar do tempo essas empresas percebem que podem expandir e vender mais, necessitando consequentemente de uma plataforma que suporte o aumento da carga. Porém essa mudança não é tão simples quanto parece, pelo contrário, pode dar mais dor de cabeça do que se imagina.

 

Veja pontos importantes desse processo, apontados por, Carolina Soares é Consultora de Vendas da VTEX, empresa especialista em e-commerce.

 

1 – A migração ou alteração dos dados é um passo longo e delicado. Muitas vezes os dados da plataforma antiga não seguem o mesmo modelo da nova, sendo assim é preciso todo um trabalho de re-cadastro, análise e adequação dos conteúdos.

 

2 – Se o lojista tiver um ERP integrado – sistema de informação que integram todos os dados e processos de uma organização em um único sistema, o problema pode ser minimizado.

 

 
3 – Os clientes devem ser informados sobre a nova plataforma, para que não estranhe ao acessar seu site e acabar não realizando a compra. Os funcionários devem receber um treinamento para aprender a manuseá-la.

 

 
4 – A nova ferramenta pode trazer lucros em médio e longo prazo, porém é importante estar ciente que devido a troca e o investimento realizado, podem causar uma queda no faturamento.

 

 

Fonte: vtex

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *