Vocabulário do empreendedor

Sabemos que cada profissão possui termos específicos para certos assuntos. Saber alguns dos jargões mais usados em sua área possibilita uma melhor comunicação com fornecedores, novos sócios e investidores. Algumas linguagens são usadas mais para internet, outras para o planejamento de negócios e finanças e umas para o próprio ambiente de trabalho.

Conheça algumas definições importantes utilizadas por empreendedores em seus negócios.

Buzz
O termo é utilizado para expressar “barulho”. Quando uma empresa promove alguma ação no Twitter, por exemplo, e recebe muitas respostas, RTs e muita participação, aquela ação gerou um Buzz.

Capital de giro
Para encontrá-lo é preciso se basear no fluxo de caixa. O capital de giro consiste no quanto está disponível na conta para ser usado. Ele é analisado desde o momento de contratar um novo funcionário até para fazer compras de papelaria para o escritório.

CTR
O “Clique sobre impressão” é calculado a partir da diferença entre o número em que o banner ou anúncio é impresso e o quanto ele foi clicado. É considerado impressão toda vez que alguém abre o site ou blog em que o anúncio está presente. Para acompanhar de perto essa amostragem é preciso acessar o gerenciador de conteúdo e instalar um aplicativo que calcula os cliques.

E-business
Esse tipo de negócio ocorre em uma plataforma eletrônica. Com o avanço da internet várias empresas e lojas entraram para o meio virtual, enquanto algumas só existem online. Esse tipo de negócio supre a interação face a face com o cliente e torna compras de roupas, aparelhos e reservas de viagens e shows muito mais simples.

Fluxo de caixa
É o trabalho de acompanhar o que entra e sai diariamente do caixa da empresa. Com base nessa análise é possível observar em qual dia o saldo estará positivo ou negativo

Joint venture
Quando não vale a pena investir isoladamente as empresas procuram firmar um contrato de parceria, conhecido como joint venture. Esse acordo estabelece o que cada uma das empresas irá fazer e qual será o benefício para cada uma delas. Essa operação conjunta pode ocorrer entre empresas de quaisquer portes e acontecem principalmente quando uma empresa possui uma boa competência em certa área e a outra é mais debilitada nesse quesito.

Outsourcing
É o ato das empresas buscarem fornecedores de matéria-prima, equipamentos e etc fora de seu país. Geralmente isso ocorre, pois essas empresas internacionais oferecem condições mais vantajosas para os empreendedores.

Pay Back
É o ponto no tempo em que o investimento que foi realizado para abrir um novo negócio é recuperado. Quando empresa consegue atingir o pay back é porque o investimento inicial foi pago pela diferença de margem entre as receitas e o que é pago para gerar toda a operação. As fórmulas para calcular o pay back estão disponíveis na internet e são feitas a partir do momento que o empreendedor tem que calcular o seu plano de negócio.

Plano de negócio
É durante essa ação que o empreendedor escolhe onde irá investir o dinheiro que tem, em quanto tempo quer recuperá-lo e outros parâmetros para verificar se vale a pena apostar nesse novo negócio ou não.

ROI
O “Retorno sobre Investimento” é usado para fazer diversos cálculos, dentre eles a eficiência de uma campanha publicitária. Para calculá-lo é preciso observar o número de vendas e o quanto foi investido na publicidade. O ROI também pode ser calculado com relação à contratação de mão de obra, mas neste caso as contas são mais complexas por depender da estrutura da empresa.

Stakeholder
O termo significa “parte interessada”, isto é, todas as partes que tem interesse que o negócio opere. Em empresas que visam lucro há várias partes, como sócios, os próprios empregados, fornecedores, município e até mesmo a comunidade local. O governo também pode ser considerado um stakeholder, pois interessa para ele ter bons negócios funcionando para arrecadar mais impostos.

Sustentabilidade
No mundo dos negócios a palavra não é só usada em termos de recursos ambientais. Ter um negócio sustentável é prever quais serão os impactos que o seu negócio gerará não só para o meio ambiente, mas também para os seres humanos e a comunidade em volta da empresa. No balanço da equação, é preciso verificar se até mesmo as relações com os funcionários e fornecedores está sendo sustentável, de forma que os impactos sejam positivos tanto para eles quanto para o empreendedor.

VPL
O Valor Presente Líquido consiste em um cálculo no qual o empreendedor junta todos os gastos e investimentos e insere em equação para atualizar esse dinheiro. Por exemplo, um empreendimento que existe há dois anos já desembolsou uma certa quantia, mas ao longo desse tempo houve inflações e outras variantes. Portanto esse cálculo serve para comparar se o retorno esperado foi alcançado ou não.

Glosário retirado do site: http://www.santanderempreendedor.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *