Como escolher nome para empresa: 3 obrigações e 9 proibições

Como escolher nome para empresa é uma dúvida muito comum que aflige diversos empresários.

Na verdade, esta até pode ser uma atividade bem divertida, no início. Mas com o tempo, conforme você percebe que os nomes que você escolhe para a empresa, muitas vezes, já existem e estão sendo usados por concorrentes, o desânimo e a frustração podem tomar conta.

Um caso que costuma se repetir com frequência é quando o empresário teve uma ideia muito legal para seu negócio e já emplacou de cara uma sacada para um nome para a empresa super criativo. Fica todo satisfeito e orgulhoso. Mas qual não é sua surpresa ao perceber que aquele nome já foi registrado…

Realmente, nada como escolher um nome para empresa e não poder usá-lo para ficar um pouco chateado no início de um negócio…

sugestões nome de empresa

Para ajudar você a não passar por isso e ter ideias criativas de como escolher o nome de uma empresa, selecionamos uma série de dicas tanto do que transmitir para o público neste nome, quanto um checklist para verificar se algumas questões importantes não passaram despercebidas.

Como escolher nome para empresa 

O que não pode faltar no nome da empresa

Nome e logo são duas peças intimamente ligadas. Isso porque, na maioria dos casos, o logo tem o nome incluído nele. Ou pelo menos existe uma opção de logo com o nome. Dizemos isso para lembrar que o nome decidido vai fazer parte da história da empresa, de seu patrimônio, assim como o logo. O ideal é que este nome seja o mais perene possível e que passe as mensagens certas para o público-alvo.
Por isso, não há como escolher um nome de empresa sem levar em conta:

1. O perfil de seus clientes

Quem compra de você? Quem é seu cliente ideal? É claro que pode haver mais de um ‘tipo” de cliente, mas é necessário conhecê-los através de pesquisas e de sua experiência no mercado para poder definir seus valores, suas crenças, as atitudes que valorizam, seu jeito de ser, enfim.

É preciso saber também sua idade, sexo, como é sua família, onde moram, quais suas profissões e atividades de lazer, entre tantas outras informações.

Depois, é necessário buscar elementos neste perfil de consumidor que possam ser usados no nome da empresa para que o público se identifique e veja algo em comum com a marca, criando um sentimento de pertencimento.

Portanto, conheça profundamente seu consumidor antes de começar a pensar no nome de sua empresa!

Veja também: Qual a melhor solução para criar meu logo para loja virtual?

2. Diferencial de seu negócio

Muita gente fala em diferencial competitivo, mas será que a gente tem mesmo este conceito na cabeça?

A definição que eu mais gosto para ele é: diferencial competitivo é o motivo que faz seu cliente comprar de sua empresa e não de seu concorrente.

Veja mais características do diferencial competitivo:

– Tem que ser um benefício importante para seu cliente.

– Sua empresa deve se diferenciar das outras exatamente porque oferece este benefício de forma superior a elas e seu cliente percebe isso.

– Este benefício tem que ser difícil de ser imitado.

É por isso que preço baixo não é considerado um diferencial. É fácil de imitar, basta seu concorrente baixar o preço.

Bom, na hora de fazer algo tão importante como escolher o nome da empresa, lembre-se de que seu diferencial deve de alguma forma estar associado a ele.

3. Posicionamento de sua empresa

Vamos lá, mais uma vez: posicionamento é o lugar que você quer ocupar nos corações e mentes de seus clientes. É a definição clara de sua oferta para o público-alvo.

O melhor jeito de entender isso é com exemplos.

McDonald’s e Burger King tem posicionamentos parecidos (mas não idênticos): Fast foods de hambúrgueres com preços razoáveis e padrão internacional.

Já outras hamburguerias de rede, mais finas, tem outro posicionamento, mais voltado para um atendimento refinado e sabor superior, com preço igualmente mais alto.

Poderíamos dar como exemplo a rede “The Fifties” com restaurantes em diversos estados do Brasil.

Um outro posicionamento pode ser o de uma boa hamburgueria de bairro, que só tem uma loja, mas com deliciosos sanduíches, clima mais próximo, atendimento personalizado e um preço um pouquinho mais baixo.

Portanto, seu nome tem que de alguma forma passar seu posicionamento para seu público.

Checklist: o que evitar em um nome de empresa

Para saber como escolher o nome da empresa, você deve conhecer algumas características que NÃO devem constar do nome:

  1. Nomes muito longos.
  2. Nomes difíceis de pronunciar.
  3. Nomes parecidos com de nomes de concorrentes ou de marcas muito famosas.
  4. Nomes com significado impróprio ou ofensivo em outras línguas.
  5. Nomes com duplo sentido que podem ser pejorativos ou de mau gosto.
  6. Nomes complexos e de significado obscuro.
  7. Nomes difíceis de lembrar.
  8. Nomes que atendem ao seu gosto pessoal e não ao do seu público-alvo.
  9. Nomes já registrados no INPI.

Que acha, já sabe como criar o nome para sua empresa?

Quer saber como escolher nome para empresa com agilidade, rapidez e um ótimo preço? Faça parte do We Do Logos, o maior site de concorrência criativa da América Latina, com mais de 85 mil designers cadastrados.

Depois de fazer seu pedido de criação de nome, já definindo um preço a partir de valores mínimos, você começa a receber em 24 horas dezenas de propostas de nomes.

Você analisa e pede ajustes, até encontrar o nome ideal para sua empresa. O processo é muito ágil e acontece online. E tem mais: além de poder pagar em 10 vezes no cartão, caso você não goste de nenhuma nome enviado, pode pedir a devolução do seu investimento!

como escolher nome para empresa

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.